5 Lançamentos da Globo Livros que quero muito ler

6 de fevereiro de 2024

Hello meu povo!
Este ano fomos selecionados como parceiros da editora Globo Livros, uma conquista muito comemorada e que nos deixou muito orgulhosos. A Globo Livros é uma editora incrível e possui um acervo diversificado capaz de atender todo tipo de leitor, sendo assim estejam preparados para ler muito a respeito deles por aqui. E para começar esta parceria com o pé direito, decidi trazer pra vocês os cinco principais lançamentos publicados por eles que lideram minha lista de próximas leituras. Eu estou muito empolgada e feliz com a oportunidade  que nos foi dada com esta parceria e a garota que vai trabalhar para o vilão, a mãe que acredita que seu filho corre perigo, a esteticista que se torna testemunha chave em uma investigação de assassinato, o garoto que é esquecido todos os anos em seu aniversário e os dois ex-amigos que disputam a vaga de orador da turma, são apenas os primeiros de muitos personagens incríveis que vamos conhecer nos próximos meses. Dito isso, vamos a lista?

Releases FEV/2024: Uma enorme variedade de histórias para atender todo tipo de leitor

2 de fevereiro de 2024

Hello meu povo!
Vamos começar o mês por dentro das principais novidades do meio literário? Pois bem, o feriado de carnaval está chegando e com ele desponta uma ótima oportunidade para maratonar histórias incríveis, isso para aqueles que assim como eu não irão pra folia. E tempo livre pra ler combina perfeitamente com livros novos, é ou não é? Então aqui estou, contribuindo com suas futuras novas aquisições. Depois de me apaixonar perdidamente por A paciente silenciosa, eis que eu planejo ler tudo que o Alex Michaelides publicar, então A fúria já está mais do que garantido em minha lista de desejos. Me interessei por A rainha negra desde o primeiro anúncio de seu lançamento e mal posso esperar para me deixar envolver por este mistério promissor. E pensando em voltar a ler romances de forma mais frequente, pretendo me atentar a Como ser lembradoA aposta do coração e mais.  

[HH074] Corações domados - Denise Lynn

30 de janeiro de 2024

Olá pessoal!
Contrariando todas as minhas expectativas eis que estou apaixonada por uma história da Denise Lynn, depois de ter tido uma experiência pobre com Noite de Núpcias e de considerar Renascer do Desejo mediano, preciso admitir que Corações Domados, terceiro livro da trilogia Escravo, me ganhou completamente. Eu acho que no fundo eu estava sentindo que esta seria uma boa trama, Sarah e William chamaram a minha atenção desde a primeira cena juntos, e grande parte do meu esforço para seguir lendo estas histórias se deu graças ao meu desejo de saber mais sobre eles. E como foi gratificante acompanhar a jornada desses dois, diferente de Adrienna e Elizabeth, Sarah é verdadeiramente forte e determinada, e William, embora tenha sido escravizado ainda muito jovem, possui uma nobreza dentro de si que faria inveja a qualquer lorde bem treinado. Graças a esta boa leitura, sigo empolgada para continuar lendo os de Históricos da Harlequin.

Conheça os principais lançamentos literários previstos para 2024

26 de janeiro de 2024

Olá galerinha!
Janeiro está chegando ao fim, mas antes de nos despedirmos decidi trazer algumas publicações que estão previstas pra chegar por aqui ao longo dos próximos meses. Já adianto que este ano promete ser um arraso, as editoras capricharam e estão trazendo uma infinidade de livros incríveis que vão mexer com os bolsos dos leitores de todos os gêneros. Eu tentei reunir o máximo de títulos possível, e mesmo assim muita coisa ainda ficou de fora. Quem curte fantasia ou as já populares "romantasias" não vai passar vontade, mas também teremos muitos suspenses e romances de todos os tipos pintando na área. Além dos gêneros queridinhos das grandes massas há os escritores que arrastam multidão, então se você é fã de Rebecca Ross, Ali Hazelwood, Harlan Coben, Stephen King, Geroge R. R. Martin, Jennifer L. Armentrout, Holly Black e Brittainy Cherry, se preparem por que tem novidades vindo por ai. Mas se você não curte a linha de publicação de nenhum desses autores citados, não se preocupem pois tem muitos mais.

[Resenha] A sombra da terra do nunca - Nikki St Crowe

20 de janeiro de 2024

Hey meu povo!
Como anda o ritmo de vocês neste comecinho de ano? Por aqui as coisas estão fluindo preguiçosamente, este mês eu já criei e recriei várias metas, já organizei e desorganizei vários cronogramas e por ai vai. Estamos em fase de ajustes e, como eu assumidamente possuo uma enorme dificuldade com planejamentos a longo prazo, não consegui definir nada ainda. Dito isso, vamos ao que interessa! Não faz muito tempo que finalizei a leitura de A sombra da terra do nunca, e por ter várias considerações a fazer decidi não esperar para falar dele aqui. O segundo livro da série Vicious Lost Boys começa exatamente onde O Rei da Terra do Nunca parou, e embora este nos apresente um pouco (bem pouquinho mesmo) mais do universo fantástico de Neverland, Nikki segue deixando a desejar em pontos cruciais da história. Obviamente este não é o primeiro dark romance que leio, mas acredito que seja o primeiro cuja execução me desagradou tanto. Ainda assim, não posso negar que mesmo quando o enredo se mostra odioso, a escrita da autora ainda consegue te manter cativo.

A sombra da terra do nunca (The Dark One) 
Coleção: Vicious Lost Boys #02
Autor (a): Nikki St Crowe @NikkiStCrowe
Publicação: Universo dos Livros 
ISBN: 9786556096209 | Skoob
Gênero: Fantasia +18
Ano: 2023
Páginas: 256
Minha avaliação: 2/5★
O segundo volume da série Vicious Lost Boys dá sequência à releitura sombria, perversa e sexy da história de Peter Pan, Wendy e os Garotos Perdidos – todos já mais velhos –, perfeita para fãs de romances dark com relacionamentos quentes e conturbados e com personagens impiedosos ​​e moralmente ambíguos. Winnie Darling passou a maior parte da vida se sentindo morta por dentro. Mas quando conheceu Peter Pan e a Terra do Nunca, tudo mudou e ela finalmente se sentiu viva. Mas nem tudo são flores na mágica e ensolarada ilha. Há algo mais sombrio e sinistro assombrando a floresta, e uma guerra se aproxima. Se Peter Pan não conseguir recuperar sua sombra e assumir seu trono de direito, toda a Terra do Nunca estará em perigo, assim como o sombrio coração de Winnie.

Eu sou completamente apaixonada por narrativas dinâmicas e enredos cheios de reviravoltas que te obrigam a devorar capítulo após capítulo, mas ao contrário do que pode parecer, a agilidade da trama nem sempre remete a uma leitura de qualidade. A Nikki possui uma escrita aprisionadora, e apresenta plots twists dignos de atenção, contudo ela não consegue manter e/ou equilibrar todos os elementos que se propõe a escrever. Temos aqui um dark romance se desenvolvendo em um universo fantástico, um mundo cheio de possibilidades as quais a autora não parece disposta a explorar. A impressão que eu tenho é que a terra do nunca, suas sete ilhas, o povo das fadas, os piratas e toda a magia mencionada, são apenas um reles pano de fundo para a história que a Nikki realmente quer contar, e neste caso seria uma mulher sem qualquer propósito de vida, completamente desesperada para chamar e manter a atenção de quatro homens através do sexo. A relação partilhada por Winnie, Peter Pan e os meninos perdidos, é tão vazia, superficial e muitas vezes humilhante que dificilmente trará ao leitor contentamento. O comportamento degradante da protagonista é só um dos inúmeros fatores desta equação que tinha tudo para ser um sucesso mas que a cada novo livro se torna ainda mais desastrosa.

IlustraLivro: Pawel Kuczynski

18 de janeiro de 2024

Hello guys!
Hoje é dia de conhecer mais um ilustrador incrível. Eu sou completamente apaixonada por ilustrações que retratam a beleza e demonstram adoração pelos livros, contudo quando o artista tem um olhar crítico e satiriza com inteligência situações cotidianas, aí meus amigos, não tem pra ninguém. Eu gosto de pensar que sou perfeitamente capaz de observar uma imagem e perceber pelo menos um pouco do que o artista quis transmitir, e se não percebo de imediato gosto de procurar/imaginar um significado menos óbvio. Quando o assunto é Pawel Kuczynski, temos material de contemplação de sobra. O desenhista possui um talento inegável, e usa e abusa de suas habilidades para tecer críticas que mesclam história, política e questões sociais. No que se refere aos livros, muitas vezes Kuczynski constrói paralelos entre literatura e tecnologia, e ao mesmo tempo em que deixa claro as limitações fomentadas pelo uso indiscriminado das telas, ele condecora aqueles que priorizam a leitura em detrimento aos eletrônicos. 

Sociedade das Relíquias Literárias: O clube do livro da editora Wish

10 de janeiro de 2024

Olá meu povo!
Agora que eu já sou fã assumida do Clube do Livro Sociedade das Relíquias Literárias, decidi que já era hora de organizar uma lista com todas as publicações aqui. Descobri o clube recentemente em um grupo de leitores e simplesmente não consigo parar de pensar em suas obras. O trabalho editorial da equipe Wish está impecável e eu mal consigo conter minha empolgação, é meio impossível não querer ler todo o material que já está disponível, da mesma forma que a ansiedade para descobrir quais serão as próximas publicações cresce a cada dia que passa. Um clube do livro voltado exclusivamente para literatura clássica que reúne uma quantidade considerável de histórias curtas, médias e longas, é  sem sombra de dúvidas uma ótima pedida para leitores que, assim como eu, desejam ler mais deste gênero. A SRL, conta com um acervo diverso em títulos, escritores e nacionalidades, e isso é um diferencial que agrega ainda mais qualidade e valor ao projeto

Sociedade das Relíquias Literárias (#10) O experimento do doutor Heidegger - Nathaniel Hawthorne

8 de janeiro de 2024

Hello meu povo!
Minhas experiências tem sido tão incríveis que estou pensando em dar uma acelerada na leitura dos contos da Sociedade das Relíquias Literárias pra quem sabe assim conseguir correr atrás do prejuízo. Então em janeiro tentarei ler o maior número de histórias que foram lançados neste mesmo mês nos anos anteriores e assim farei até que tenha lido todos, vamos ver no que vai dar, né? O experimento do doutor Heidegger possui uma construção deveras interessante, Hawthorne conduz o leitor durante uma experimentação única, como resultado disso evidencia particularidades do comportamento humano e desperta questionamentos pertinentes referentes ao assunto em questão. E de modo geral eu posso dizer que gostei do que me foi apresentado, ainda assim preciso admitir que, dentre todos os títulos das Relíquias Literárias que li até aqui este foi o que menos me entusiasmou. Isto obviamente não trás ônus a obra, cuja qualidade comprovada não se sustenta apenas pelas minhas impressões, que deixo claro, foram mais positivas que negativas.

O experimento do doutor Heidegger (Dr. Heidegger's Experiment)
Autor (a): Nathaniel Hawthorne
Publicação: Wish
ISBN: B08ZH32D2K | Skoob
Gênero: Ficção Científica / Conto
Ano: 2021
Páginas: 20
Minha avaliação: 3/5★
Você teria coragem de beber da fonte da juventude? Em O experimento do Doutor Heidegger, o convidamos a participar de um experimento misterioso e sombrio. Nathaniel Hawthorne, notável novelista americano, nos guia através dos milagres providos pela água da Fonte da Juventude através de quatro personagens. O que eles irão fazer com a juventude restaurada, resta à história nos dizer.

Quando soube que este conto havia sido escrito por Nathaniel Hawthorne, mal pude conter minha empolgação. A Letra Escarlate é um dos clássicos que pretendo ler em breve e por isso vi diante de mim a oportunidade de ter uma prova, mesmo que breve, do que me espera. A escrita do autor se mostrou deveras descritiva e isso me preocupou um pouco. Não costumo me incomodar com apresentações detalhadas do cenário, por exemplo, mas na minha humilde opinião Hawthorne perdeu um pouco a mão, ainda mais se tratando de uma história tão pequena. Mesmo assim, considero que algumas minúcias expostas em O experimento do doutor Heidegger foram fundamentais para a imersão do leitor, com o avançar da leitura somos apresentados a real importância de alguns elementos cuja menção inicial parecia desnecessária, e isso me causou certa satisfação. No mais, este enredo que parece girar em torno dos poderes mágicos da água oriunda da fonte da juventude, nos guia por caminhos mais complexos e nos desafia a examinar o lado obscuro da humanidade e da juventude.