Utilidade pública: Livros guardados na horizontal estragam mais rápido?

10 de maio de 2021

Olá pessoas!
Eu já disse pra vocês que ultimamente ando bem atenta a tudo o que vocês leem por aqui e essa semana percebi que um post em especial tem sido bem visitado, sendo assim, resolvi trazer uma versão atualizada dele e espero que vocês adotem este da mesma forma que fizeram com o anterior. Quando o assunto é arrumar a estante, quase todo mundo tem um jeitinho especial de dispor os livros, há quem os organize por cores, por tamanhos, por autores, gêneros, editoras e por ai vai. Existe também aqueles que encaixam onde dá, afinal não é tão fácil encontrar espaço livre para nossa crescente pilha de livros, né? Claro que a doação é sempre uma opção, mas por experiência própria sei que não são todos que estão preparados para esta conversa. Então, na tentativa de aproveitar todos os espaços possíveis, é comum que alguns leitores se obriguem a empilhar os livros deitados um sobre o outro. A grande questão é, guardá-los dessa forma pode estragá-los mais depressa?

Conheça o universo de "Destruidor de Mundos" nova fantasia de Victoria Aveyard

6 de maio de 2021

Olá personas!
Este mês chega ao Brasil Destruidor de Mundos, primeiro volume da nova série homônima de Victoria Aveyard, autora de A Rainha Vermelha. E como as expectativas por aqui estão altíssimas, reuni algumas informações e vim correndo dividir com vocês. Antes de tudo quero dizer que, estou apaixonada por cada detalhe que acabei descobrindo nessa minha busca, a Victória é bem meticulosa e preparou tudo com muito cuidado. É impossível não notar o carinho que ela dedicou a este novo projeto e o quanto cada detalhe foi bem pensado para fazer desta uma história inesquecível, admito que isso potencializou meu desejo de conhecer esse universo mais a fundo. O livro que está em PRÉ-VENDA no Brasil, e que será lançado por aqui em 15/MAI, já está disponível no exterior. Uma estranha escuridão cresce em Allward. Quer saber mais? Então segue lendo.

[Resenha] Isso que a gente chama de amor - Maurene Goo

4 de maio de 2021

Olá cariños!
Hoje vamos falar sobre uma história bem gostosinha e divertida que me prendeu bastante e tinha tudo pra ser maravilhosa, contudo despertou algumas ressalvas importantes. Eu tive a oportunidade de ler Isso que a gente chama de amor, bem antes do seu lançamento, mas após a leitura precisei de tempo para digerir e entender melhor a proposta da autora. Confesso que mesmo sendo apaixonada por YA's, sempre sinto um medinho de opinar sobre. Já estou chegando nos trinta e, teoricamente, não fazer mais parte do público alvo de tais narrativas, me dá um certo receio de ser rígida demais com situações que teria considerado perfeitamente plausíveis alguns anos atrás. A vida tem dessas, né? A gente cresce e muitas vezes aquela urgência adolescente deixa de fazer sentido. Mas depois de muito pensar a respeito, e de inclusive tentar justificar algumas questões, meu incômodo não diminuiu, eu diria até que foi o contrário. No final das contas eu aceitei, que mesmo esta sendo uma leitura que arrancou alguns sorrisos e que fluiu divinamente, também possui seus problemas, e tudo bem falar sobre eles. Dito isso, vamos ao que interessa.

Isso que a gente chama de amor (I Believe in a Thing Called Love)
Autor (a): Maurene Goo @maurenegoo
Publicação: Seguinte *ARC
ISBN: 9788555341328 | Skoob
Gênero: Romance
Ano: 2021
Páginas: 304
Minha avaliação: 3/5★
Desi nunca se deu bem no amor ― até decidir transformar a própria vida em uma novela coreana. Desi Lee acredita que tudo é possível, basta ter um plano. Foi assim, com método e disciplina, que se tornou a aluna mais brilhante do colégio e uma atleta talentosa. É apenas no amor que Desi nunca se dá bem, colecionando uma sucessão de desastres quando se trata de garotos. Depois de protagonizar mais um desastre na frente de Luca, um jovem recém-chegado à cidade que logo atrai seu interesse, a garota passa um fim de semana assistindo a k-dramas, certa de que os finais felizes só existem nas novelas coreanas que seu pai tanto ama. É aí que ela se dá conta de que naquelas histórias também existe uma fórmula, um passo a passo que ela poderia seguir ― e conquistar Luca. Em pouco tempo, sua vida se transforma em um enredo digno de um dorama. Mas ao contrário do que acontece na TV, isso pode não ser o suficiente para ela alcançar seu final feliz.
Apesar dos k-dramas terem explodido por aqui há um tempo considerável, a procrastinadora que existe em mim ainda não se permitiu assistir a nenhum, e por isso, andei fugindo de leituras que abordassem esse universo. Contudo, Isso que a gente chama de amor despertou meu interesse, não pela questão do dorama em si, mas porque essa jovem dedicada e perfeccionista me fez querer conhecê-la. Em meu primeiro contato com a escrita da Maurene Goo, encontrei uma trama cativante que me conquistou no ato, personagens carismáticos pelos quais é impossível não torcer e um enredo fofinho, ideal para passar o tempo. Em resumo, essa é uma daquelas histórias juvenis, sem muito apelo, baseadas em romance adolescente e com uma dose considerável de drama familiar. No entanto, apesar da leveza já descrita, confesso que certas atitudes da protagonista acenderam um alerta vermelho. Sempre pairando no limite entre o aceitável e o inadmissível, Desi pesou a mão em alguns momentos.

Releases MAI/2021

2 de maio de 2021

Olá pessoal!
Estamos começando o quinto mês do ano com tudo, e antes de falarmos sobre os vários lançamentos que estão por vir, me permitam babar o novo layout do blog. Está ou não está uma gracinha? Ainda estamos realizando alguns ajustes, mas já da pra notar as várias melhorias realizadas, né? Em breve faço um post falando mais a respeito de tudo o que mudou e o porque dessas escolhas específicas, até lá, deixo registrado que finalmente possuímos um lay responsivo, HEEEEEEE \o/. Dito isso, vamos ao que interessa! Papel e caneta na mão porque é chegada a hora que crescer essa listinha de desejados. Em maio, também teremos livros para todos os gostos, e inegavelmente os apaixonados por romances de época e fantasia, estarão muito bem servidos. Surtos leves e tênis por ai também? Então chega mais, porque isso aqui tá muito bom.