Utilidade pública: Livros guardados na horizontal estragam mais rápido?

10 de maio de 2021

Olá pessoas!
Eu já disse pra vocês que ultimamente ando bem atenta a tudo o que vocês leem por aqui e essa semana percebi que um post em especial tem sido bem visitado, sendo assim, resolvi trazer uma versão atualizada dele e espero que vocês adotem este da mesma forma que fizeram com o anterior. Quando o assunto é arrumar a estante, quase todo mundo tem um jeitinho especial de dispor os livros, há quem os organize por cores, por tamanhos, por autores, gêneros, editoras e por ai vai. Existe também aqueles que encaixam onde dá, afinal não é tão fácil encontrar espaço livre para nossa crescente pilha de livros, né? Claro que a doação é sempre uma opção, mas por experiência própria sei que não são todos que estão preparados para esta conversa. Então, na tentativa de aproveitar todos os espaços possíveis, é comum que alguns leitores se obriguem a empilhar os livros deitados um sobre o outro. A grande questão é, guardá-los dessa forma pode estragá-los mais depressa?


Existe uma série de fatores que comprovam que sim, guardar livros na horizontal pode causar sérios danos a eles. Com o passar dos anos, o peso dos livros que ficam em cima prejudicam o miolo, a capa e a lombada dos que estão na parte inferior da pilha, levando a tinta de impressão a grudar nas páginas e transferindo-a de uma para a outra, também, pode causar rasgos durante o processo de abertura, e a pressão pode "cansar" a lombada mais rapidamente, levando ao descolamento das páginas. E dependendo da disposição, amassar ou entortar as capas

Além disso, precisamos admitir que esta é uma forma pouco funcional de organização, não é? Tem coisa mais chatinha do que tentar pegar um livro guardado na base de uma pilha dessas?

O ideal é que, assim como nas livrarias e bibliotecas, os livros sejam guardados em fileiras verticais, localizadas em lugares arejados, longe do sol e da umidade. É importante também manter um espaço razoável entre um livro e outro, nem muito próximo a ponto de comprimi-los e nem muito afastados para que não fiquem inclinados. Em último caso, se não houver a possibilidade de por em práticas tais medidas, aconselho que estejam atentos, a disposição incorreta trará danos, mais cedo ou mais tarde. Entretanto, um pouco de cuidado e atenção podem atrasar esse processo. Folheá-los de tempos em tempos durante a limpeza e empilhar mantendo os livros maiores e mais pesados na base, são medidas que podem ajudar a retardar a degradação das obras.

4 comentários

  1. Olá, tudo bem? Eu sempre tento prestar atenção em dicas assim pois sei que armazenar os livros de maneira correta faz ele durar anos e anos. E sou prova disso pois tenho livros de 5/6 anos atrás que parecem novos de tão bem conservados estão. E guardo todos eles na horizontal, quando o espero dá hehehe Ótima postagem!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gosto de estar atenta a dicas de conservação. É tão difícil montar uma coleção, né? O que nos resta é cuidar desses preciosos da melhor forma possível sempre.

      Excluir
  2. Tenho uma estante em que a maioria está na horizontal e esse post me deu vontade de chorar... rs
    Suoer útil e quase ninguém fala disso
    Bj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ô Ivi, é bem complicado conseguir armazenar uma coleção grande do jeitinho que tem que ser, né? Mas diante da impossibilidade de colocá-los na vertical, segue as diquinhas do final do post, já ajuda em alguma coisa.

      Excluir