Resenha #25 Reencontros - Linda Howard

quinta-feira, abril 11, 2013

Este livro conta uma estória impressionante que tem como foco a força de uma mãe para lutar sozinha quando todos já desistiram. Confesso que me surpreendi com o livro, que possui, além de uma linda estória, uma leitura super agradável.

Titulo: Reencontros
Autor: Linda Howard
Editora: Bertrand Brasil
N° de páginas:  362
Em uma manhã ensolarada no México, Milla Edge vê sua maior paixão desaparecer num piscar de olhos: seu bebê recém-nascido é literalmente arrancado de seus braços, num rapto violento e inexplicável. Carregando a angústia de não saber o paradeiro de seu filho, Milla funda uma organização especializada em encontrar crianças desaparecidas. Dez anos mais tarde, apesar de ter ajudado várias famílias desesperadas, ela continua sem ter qualquer pista sobre o crime que a marcou profundamente. Desde então, sua vida pessoal desmoronou e sua sanidade por pouco não foi afetada. Mas as coisas começam a mudar de figura quando Milla recebe um telefonema anônimo... A partir de então, a cada passo ela parece estar mais perto de seu filho - e também mais próxima da morte. "Reencontros", um thriller hipnotizante de Linda Howard, é uma história para mexer com os nervos e com o coração.

Não havia lido nenhum livro de Linda Howard, e acredito que comecei com o pé direito. Já que essa estória mexeu muito comigo (gosto disso nos livros, gosto de me sentir envolvida pelo enredo), a leitura desse livro fluiu rapidamente, e me vi desesperada para terminá-lo logo. Com tantos afazeres na faculdade tive que mergulhar madrugada a dentro para concluir a leitura logo e matar minha curiosidade.

Inicialmente conhecemos Milla Edge, uma mulher simples e delicada que está vivendo um momento de realização plena. Ela é casada com David Boone um homem maravilhoso, (cirurgião, com QI de gênio) e estão completamente apaixonados um pelo outro. Não poderiam estar mais felizes com a chegada de Justin o primeiro filhinho do casal. 

Tudo parecia perfeito e inabalável até que algo terrível acontece, Justin é roubado dos braços de Milla de forma brutal, mesmo ela lutando com todas suas forças ela não consegue impedir o sequestro do seu bebê.
Um véu negro começou a turvar sua visão e ela conseguiu gritar várias vezes: - Meu bebê! Meu bebê! Alguém salve o meu bebê! Ninguém o salvou.  
A partir desse dia trágico Milla abre mão de tudo em sua vida para ir em busca do seu filho desaparecido. Passam-se dez anos e ela perde muita coisa, David divorcia-se dela a partir do momento em que percebe que Milla não tem mais espaço para ele em sua vida. Milla também se afasta de seus familiares que insistem que ela deve seguir em frente e parar de lutar por uma causa perdida. Mas como "mãe é mãe" Milla nunca desiste nem perde a esperança de um dia encontrar seu filho, ou pelo menos saber o que houve com ele.

É durante essa busca incansável que ela conhece James Dias ou simplesmente Dias, um homem misterioso, com uma fama de assassino e um olhar mortal. Ele dedica sua vida para exterminar os criminosos que as leis falhas deixam livres. Temido por todos ele não poupará esforços para ajudar Milla a encontrar seu filho e por fim desmanchar essa quadrilha que põe em risco a vida de tantas pessoas. Dias é um personagem que transpira força e sensualidade, e estou completamente ciente de que um homem assim só se encontra em livros. Ele não é apenas alguém que ajuda, ele é indispensável e fundamental para o desenrolar da estória, em outras palavras o típico "macho alfa". (Confesso que me apaixonei um pouco por ele, um pouco porque eu sei que ele não é de verdade e me esforcei pra manter os pés no chão rsrs)

Dois personagens fortes e marcantes cada um a sua maneira, que juntos viverão a busca desesperada pelo destino do filho dela e de muitas outras crianças. 

Ler as cenas de Milla e Dias, foi algo extremamente agradável, (por diversas vezes que peguei sorrindo enquanto lia, inclusive na faculdade, os meus colegas de turma ficavam perguntando se eu estava ficando louca e tal), eles tinham uma ligação muito forte com senas de tirar o fôlego.

Este livro retrata temas fortes e reais como sequestros, tráfico de bebês e de órgãos, assassinatos, que prendem o leitor durante todo o desenrolar da trama. O livro é tão intenso e completo, que ao virar a útima folha não pude evitar a sensação de que ainda não devia ter acabado, que ainda faltava mais coisa e me peguei desejando uma continuidade, ou até mesmo inventando uma continuidade na minha mente. 

Me apeguei aos personagens e me envolvi em suas lutas e agora estou sentindo uma falta enorme, como se tivesse perdido meus amigos de infância que conhecia tão bem.

Bom é isso super recomendo a leitura, porque este é o tipo de livro que deve ser lido e apreciado, agradeço a Débora Sena que me indicou e emprestou o livro pra que eu pudesse lê-lo. Termino essa resenha com uma das frases que mais me marcou nesse livro e que retrata bem todo o enredo.
Dê valor as coisas que você possui: elas podem ser levadas em um piscar de olhos.
PS: Eu só trocaria "as coisas que você possui" por "pessoas que você ama".

Ótimo

Confira Também

11 comentários

  1. Oi, eu não conhecia o livro, ainda. Gostei de saber de alguns temas abordados no livro. Parece algo bem real e interessante....e com cenas lindas, hein?

    Beijinhos no coração.

    Marli Carmen
    Blog:http://marlicarmenescritora.blogspot.com.br/
    Livro: Amazônia- Um Caminho para o Sonho.

    ResponderExcluir
  2. Não conhecia o livro nem a autora. Adoro histórias fortes que mexem com a gente. Valeu pela dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  3. Deve ser uma historia comovente..de emocionar mesmo..pela descrição!!
    Um Filho raptado..nossa!
    Quem sabe um dia eu possa lê-lo..
    Valeu a dica..
    beijos

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. A hiwstoria parece boa... vai entrar pra minha lista.

    bjs

    http://compradoraweb.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Perfeito esse livro...Quando Li tive a mesma sensação..rsrs É mesmo pefeito os livros dela.

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia esse livro ainda. Parece ser muito bom. Gosto de livros que tenham temas fortes. É bom de vez em quando sair "do felizes para sempre" e ler algo que se aproxima mais da nossa realidade. Já cansei de me apaixonar por personagens de livros, mesmo sabendo que não são reais hehehe.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nunca ouvi falar nesse livro. Parece ser bom. Não o estilo que prefiro, mas não deixa de mostrar que seria uma ótima leitura.
    Te espero lá no meu de novo. Beijão.

    - VITAMINA DE PIMENTA -

    ResponderExcluir
  8. Oi Delmara, não conhecia o livro mas achei bom saber o tema, achei diferente e certamente interessante! Gosto de livros no gênero.

    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Nossa, o livro pareceu bom mesmo. Espero um dia poder lÊ-lo, é interessante que ele não é muuito conhecido, nos potes velhos há o melhor conteúdo.
    clicandolivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia esse livro e com certeza me interessei bastante!

    Beijos,
    biblioteca-de-resenhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Ah, eu preciso ler.
    Que história que deixa curiosidade, quero saber o final e me deliciar com a leitura.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir