Capas pelo Mundo #11 Os Bridgertons

14 de abril de 2022

Hello pessoal! 
Depois do estrondoso sucesso que a série Bridgertons vem alcançando nos últimos anos, decidi atualizar este post. O Capas pelo mundo, é o espaço onde eu costumo reunir o maior número possível de capas nacionais e internacionais distintas, sejam elas de edições atuais ou antigas, contudo, no que diz respeito aos Bridgertons, eu tive que ser menos ambiciosa. São tantas capas e em tantas versões, que pra conseguir finalizar esta publicação precisei focar nas edições mais atuais de cada país, e é isto que vocês vão encontrar aqui. Desde já, quero deixar claro que não disponibilizei todo o material de que disponho, alguns países ainda estão em processo de republicação, e estas coleções só serão disponibilizadas por aqui quando estiverem completas, já as versões mais antigas e consequentemente mais feinhas talvez ganhem um post especial algum dia. No que diz respeito ao que reuni aqui, confesso que a grande maioria das capas me causou muita satisfação. Acredito que essa melhoria considerável na identidade visual destes livros se deve ao hype mundial que estas histórias vem recebendo após uma adaptação tão bem sucedida. E por isso, nós fãs, agradecemos. Agora chega de papo, né? Desfrutem.


Os Bridgertons é uma série de romance de época cuja história se passa no período regencial, possui oito livros oficiais, todos já disponíveis aqui. No Brasil e em alguns outros países, existe ainda um nono título, E viveram felizes para sempre que reúne um compilado de epílogos extras, que permitem ao leitor enxergar além do ponto final. Mesmo que cada livro possua seu próprio casal protagonista, a leitura deve respeitar a ordem de publicação, uma vez que as tramas paralelas e sua cronologia são fundamentais para a composição do enredo.

BRASIL




Edição Pop Chic




Edição de Luxo (em publicação)



Atualmente no Brasil, dispomos de três edições de Os Bridgertons, a primeira foi lançada há vários anos quando os livros começaram a ser publicados por aqui. A segunda edição nacional compõe a coleção Pop Chic, cuja estrutura foi pensada para proporcionar uma experiência de leitura de qualidade e menor custo que as convencionais. Já a terceira, é uma edição de luxo e surgiu em comemoração ao aniversário de vinte anos do lançamento de O Duque e Eu, e trás um trabalho gráfico todo especial, possui características que arremetem a estrutura dos livros publicados nos séculos passados, seu tamanho é menor que o dos livros da atualidade, possui capa dura, corte lateral dourado e fitilho. Uma beleza só!

ALEMANHA ・AÚSTRIA ・SUÍÇA




Esta é a edição mais recente publicada na Alemanha, Áustria e Suíça, a versão anterior tinha um apelo muito menos atraente. As imagens que compõem estas capas também foram utilizadas por vários outros países.

CANADÁ




CROÁCIA




DINAMARCA




ESPANHA ・MÉXICO




FINLÂNDIA ・SUÉCIA




FRANÇA

Edição de bolso




Edição dois em um 



Edição de Luxo


GRÉCIA




HOLANDA




HUNGRIA




INDONÉSIA




ITALIA




SÉRVIA E MONTENEGRO




Eu sou uma apaixonada declarada pelas edições nacionais, tenho todos os livros da primeira edição na minha estante e estou aos pouquinhos comprando as edições de luxo, e sonhando em conseguir todos na versão Pop Chic, um dia eu chego lá. Já no que diz respeito as capas internacionais, eu gostei muito de quase todas, mesmo assim quero dedicar toda a minha cobiça as edições alemã, canadense, dinamarquesa, francesa (bolso) e holandesa, compraria qualquer uma destas sem pensar duas vezes. Não entendi muito bem o conceito da capa grega, quando penso em flores e Bridgertons acredito que as edições indonésias retratam muito melhor o espirito da coisa, mesmo assim, não é o tipo que capa que faz meus olhos brilharem. As edições Italianas e Sérvias foram, sem sombra de dúvidas, as que menos gostei mas admito, há algumas muito piores guardadas no meu hd. De modo geral, existe um fato inegável, no que se diz respeito à  publicações estrangeiras as novas versões são infinitamente mais belas que as anteriores, e isso demonstra claramente a atenção e o cuidado que as editoras internacionais tem dedicado a esta série. Sucesso que fala, né meu povo? Agora eu quero saber, se houvesse uma quarta edição nacional (que a arqueiro não leia isso), qual dessas versões seria a escolhida, por vocês, para brilhar aqui no BR? Eu escolheria a dinamarquesa, porque simplesmente não consigo parar de olhar pra ela, pra mim está perfeita, sem defeito algum. 

14 comentários

  1. Heey, tudo bem?
    Achei as capas muito bonitas, mas as que mais gostei foram as da Eslovênia e Indonésia.
    Gostei muito do seu blog, o conteúdo é fascinante! Já estou seguindo, não quero perder as novidades!
    Abraços, tenha um bom fim de semana!
    http://enjoythelittllethingss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Guilherme,
      até gostei da capa da Indonésia, mas não achei a da Eslovênia muito legal não :p Ah! Que bom que gostou do conteúdo do blog, fico muito feliz mesmo... Volte sempre que desejar.

      Excluir
  2. Oieee.

    Nossa isso sim são capas lindas.
    Sinceramente a do Brasil ficou super apagada dentre as outras.
    A 2,3 e a penúltima são perfeitas.

    Beijos
    http://fernandabizerra.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Fernanda,
      que bom que curtiu as capas estrangeiras, eu sou apaixonada pela capa do Brasil e só consegui gostar mesmo da capa do Vietnã além da nossa nacional, as demais não me chamaram muito a atenção hehe

      Excluir
  3. Olá, Delmara
    Tudo bem?
    Adorei todas as capas, achei a de Portugal super fofinha, foi a que mais me interessou!
    Todas são lindas mesmo, amei
    Beijos*-*
    Território das Garotas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Poliana a de Portugal é muito fofa mesmo...
      A única coisa que me desagradou nela, foi a incoerência com o enredo.

      Excluir
  4. Oi, Delmara!
    Gostei do post!
    Além da capa brasileira, pra mim a mais bonita foi a espanhola.
    Beijos,

    Priscilla
    http://infinitasvidas.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Priih?
      Achei a capa espanhola, bem sem gracinha, mas que bom que você gostou...
      Estou adorando ver o quanto os gostos dos leitores do blog são super diversificados.

      Excluir
  5. Oi Delmara!
    Realmente..a capa brasileira é a melhor.
    Achei as versões da França e Itália com cara de romance de banca.
    Como não li o livro, não sei ver quais estão de acordo com os personagens e enredo e quais não estão, mas a escolha da Editora Arqueiro me parece ter sido uma escolha adequada.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Mariana,
      Concordo com você em todos os pontos do seu comentário, sem sombra de dúvida a editora arqueiro acertou na escolha da capa, além da nossa nacional gostei apenas da americana e da capa do Vietnã. Mas prefiro o padrão de capas nacional.

      Excluir
  6. Oi Delmara!
    Mesmo estando afastada do gênero romance de época, não tem como negar, as edições publicadas aqui no Brasil contém as capas mais bonitas. A Editora Arqueiro trabalha muito bem com as capas. Eu tenho alguns livros da Arqueiro que não é romance de época e gosto bastante delas. As capas da Indonésia também achei fofas, cheias de flores.

    Bjos
    https://consumidoradehistorias.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Delmara!

    Ando um pouco afastada do romances de época, mas não posso negar, as edições brasileiras contém as capas maravilhosas. Também gostei das capas da Indonésia, elas estão fofas e cheias de flores.

    Bjos

    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem? Apesar de não ler tanto romance de época, por causa da Editora Arqueiro sempre sei quando eles lançam algum livro. O que dizer das edições? Uma mais linda do que a outra. Essa nova versão, edição de luxo, ficou lindíssima. O tamanho, o fitilho, o corte, o que elogiar primeiro? Agora as edições dos outros países também não ficam atrás, não é mesmo? O que dizer das edições da Espanha? Que coisa mais fofinha. Já quero um desse pra mim. As da Itália também gostei. Impossível escolher uma favorita. As capas da Indonésia são tão delicadas, ficariam lindas na estante. Ainda tenho esperanças de assistir a série. Um abraço, Érika =^.^=

    ResponderExcluir
  9. Oi Delmara!
    São muitas capas diferentes lançadas aqui, não sei se estou certa mais um meio para ganhar mais dinheiro e fico frustrada porque quero todas elas kkk. Vou ser sincera não sabia que tinha lançado em tantos países diferentes e não parei para pensar nisso, agora seu post me deixou curiosa para conhecer os demais, uma observação (espero que aqui não surge capas novas dos que já foram lançadas pois iremos a falência). Adorei seu post pois me fez pensar em como a Julia Quinn é famosa, só para constatar tenho apenas até o quarto livro ainda não consegui completar o resto. Adorei conhecer as capas de outros países, obrigado. Bjs!

    ResponderExcluir