20 de fevereiro de 2016

Resenha #172 O guarda - Kiera Cass

Hello peoples!
Okay, eu sei que deveria ter lido esse livro a um tempão e tals, mas eu não tinha conseguido antes. A cada dia que passa acredito mais e mais nesse lance de que cada leitura tem seu momento certo. Pois bem, eu nunca curti o Aspen, na verdade sou #TeAmMaxon desde sempre e O guarda sempre foi uma pedra no caminho do casal #Maxérica (shipo mesmo, rum) e por isso quando tentei ler esse conto, a mil anos atrás não fluiu de forma alguma. Maas, eu cresci e resolvi deixar a birra de lado e dar uma chance. Eis que eu tive uma surpresa. 

Titulo: O guarda (A Seleção #2,5)
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
Ano: 2014
N° de páginas: 102
Criado como um 6, Aspen Leger nunca sonhou que ele encontraria a si mesmo vivendo no palácio como um membro da guarda real. Em O Guarda, os leitores poderão ver a vida de Aspen dentro das paredes do castelo – e a verdade sobre o mundo dos guardas que America nunca saberá..
Após superar minha implicância inicial (acredito que o tempo ajudou bastante) e me sentir madura o bastante, resolvi voltar e ler esse livro. Não vou negar, estou orgulhosa por ter finalmente conseguido enxergar o Aspen como alguém que é mais que o rival de Maxon.

Aspen é um seis por nascimento, mas devido ao seu cargo de guarda no palácio de Illéa ele teve a oportunidade de tornar-se um dois, bem como estar próximo do seu grande amor, que participa da seleção para se tornar esposa do príncipe e futura rainha do país. O fato de América ter encantado o príncipe e aparentemente ter se deixado encantar por ele, coloca Aspen em um dilema perigoso, em um lado está o desejo de batalhar pelo amor da jovem, mesmo com os riscos de ser acusado de traição a coroa e em outro lado há a sua responsabilidade com sua família, que precisa que ele se mantenha vivo e focado. Além do principal triângulo amoroso da série, Aspen é protagonista pelos corredores do palácio, com carisma, disciplina e responsabilidade, ele conquista, se faz invisível e necessário, sempre que preciso. Agora ele é um guarda real e cumpre bem sua atribuição, presencia segredos de estado e os mantém com discrição. Um jovem pouco notado, mas de grande valor e intensos sentimentos.

Kiera cumpriu bem ao papel de mudar a imagem de Aspen perante os fãs de América e Maxon, pelo menos ela conseguiu me convencer de que o rapaz não tem culpa alguma de ter conhecido, amado e namorado América primeiro. Ele apoiou a jovem quando julgou necessário, colocou o bem estar dela e de sua família acima do próprio e não há como negar que apesar de confundir América as vezes ele também a confortava sempre que preciso. Maaaass diferente do que eu pensei, a vida do jovem guarda não gira exclusivamente em torno da participante preferida da seleção, ele também tem amigos e preocupações próprias, bem como deveres que cumpre com maestria e responsabilidade.

O guarda é um conto que mostra muito além do que América pode ver, os movimentos que ocorrem nos corredores do palácio e a interatividade entre os criados. Mostra um Aspen real e não apenas uma sombra pairando sobre a história principal. Gostei bastante de ter podido ler e absorver todas essas informações, mesmo agora depois de ter lido quase todos os livros da série. Se assim como eu você pulou o conto, recomendo que dê uma chance, vai por mim, não é tarde.

Skoob || Ebook grátis: SaraivaAmazon || Gênero: Romance, Juvenil, Distopia || Acompanhe a série.

Um comentário

  1. é interessante pode r acompanhar mais da rotina do palácio, mas ao mesmo tempo senti que Kiera quis fazer esse processo de escolher um dos dois homens de America algo para além da trama, meio que me vi dividida em alguns momentos, entende?
    pra mim essa foi a intenção central da autora: dra mais da história e dar a possibilidade de nos apaixonarmos um pouco por aquele que ouso dizer é seu personagem favorito
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir