Resenha #168 Mais uma chance - Abbi Glines

quarta-feira, fevereiro 03, 2016

Preparem-se...
Para uma resenha que transborda encantamento.

Talvez já tenha dito isso em algum momento lá atrás, se por acaso alguém se lembrar, aconselho que esqueçam o que eu disse antes, pois ESSE é sem dúvida o melhor livro da série, até aqui.

Titulo: Mais Uma Chance (Chance #02)
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
N° de páginas: 208
Grant Carter fez tudo em seu poder para convencer Harlow Manning que ele era um bom rapaz. Mais do que uma fala mansa e alguém em quem pudesse confiar. Ele teve de superar sua reputação como um playboy, e sua história com a meia-irmã de Harlow, Nan, uma mulher que é puro veneno. Harlow tinha agarrado a chance, caindo duro e rápido nos braços do cara que emocionou com o seu desejo que tudo consome. Depois de uma vida de evitar bad boys como Grant, ela abriu-se para as possibilidades de amor ... Mas um segredo rasgou-os, e agora Grant e Harlow devem decidir se eles podem lutar o suficiente para fazê-lo funcionar - ou se a dor da traição tem destruído permanentemente o seu futuro.

Quando pensei que a Abbi não me surpreenderia mais, eis que ela tira um "Ás" que estava guardado na manga. Além de uma escrita rápida e envolvente repleta de drama, intrigas e dificuldades a autora resolveu testar a capacidade cardíaca do leitor, digo isso com propriedade, já que nenhum outro livro da autora me causou tanta taquicardia como esse. Não apenas torci e vibrei com os personagens, como também sofri e desmoronei com seus dilemas, medos e angústias.

Após os segredos revelados e do final arrasador de A primeira chance, temos um Grant e uma Harlow destruídos. Ambos estão feridos e se encontram em uma situação extremamente delicada. Grant se vê acuado pelas decisões de Harlow, e terá que escolher entre recuar para sua antiga vida solitária e despreocupada ou seguir em frente ao lado da amada e correr sérios riscos de causar danos irreparáveis ao seu temoroso coração. Qualquer que seja sua decisão é nítido que ele não sairá ileso. Nada jamais voltará a ser como antes de Harlow.

Confesso que fiquei com muito medo de que o lado possessivo e controlador, tão presente nos homens de Rosemary, dominasse e consequentemente guiasse o Grant em suas decisões e ações durante esse livro. Mas felizmente fui presenteada (na verdade a Harlow que foi rsrs) com um Grant que se mostrou quase que totalmente o oposto. Mesmo estando visivelmente em conflito (entre o querer de Harlow e o seu próprio) ele soube respeitar a namorada e mesmo envolto em uma cortina espessa de medo ele priorizou o desejo dela acima do seu. E posso afirmar que ele não poderia ter tomado uma decisão mais acertada. Grant e Harlow viveram até agora o dilema mais complexo e perigoso, por se tratar de uma situação que independia do simples querer de ambos, eles foram capazes de me fazer viver longas horas de angústia sem fim. Composto de um misto de emoções intensas fui arrebata e devastada pela historia dos dois.

Após apostar todas as minhas fichas na historia de Woods e Della e me decepcionar, resolvi me reservar e por isso esperei muito pouco da história de Grant e Harlow e me descobrir gostando tanto da história foi uma feliz surpresa, acredito que esse possa ter sido um dos vários pontos que me levaram a gostar tanto desse livro em especial. Soma-se a isso a escrita excepcionalmente convincente da autora e todos elementos emocionantes extras que ela acrescentou ao enredo e voilà, eis o primeiro livro da Abbi que fez meus olhos marejarem. Os personagens secundários também foram contribuintes generosos para tornar essa história completa e agradável. Rush e Blaire estão a cada livro, mais maduros e acabaram se tornando exemplos a serem seguidos por todos que almejam viver um grande amor e ter uma família. Um ponto estarrecedor que temos acesso é que "nem só de infernizar o outro vive a Nan", a ruiva intragável não é completamente feita de pedra como sempre desconfiei. E tem o Mase, que satisfação conhecer o irmão Cowboy da Harlow, já gostei do personagem e estou ansiosa pela história dele. Em um contexto geral o livro está bem servido de personagens agradáveis, que souberam ser amigos e dar o apoio que nossos protagonistas precisaram.

Com um desfecho encantadoramente lindo, esse livro trouxe a série um toque mais dramático e doloroso com inúmeras reviravoltas capazes de fazer o sangue gelar ou até mesmo saltarmos de felicidade. Mais uma chance é o segundo livro da duologia Chance e o oitavo da série Rosemary Beach. Para facilitar a compreensão das histórias recomendo que leiam na ordem cronológica, mesmo que a série contenha diversas subséries, pois uma está diretamente ligada a outra.

Confira Também

6 comentários

  1. Oi, Delmara!
    Tenho muita vontade de começar a ler essa série da Abbi. Ela parece ser bem boa e muito linda. Mas, a quantidade de livros dela me assusta. E essa mulher é uma máquina de escrever. Parece que ela vai lançar mais um livro no fim do mês.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São muitos livros mesmo Luiza,
      mas não se assuste, a escrita da Abbi é tão boa, que nem percebemos que estamos devorando os livros, que são super curtinhos por sinal.

      Excluir
  2. Olá, tudo bem?
    Apesar dos livros da Abbi Glines não fazerem muito o meu estilo de vez em quando me bate uma vontade louca de lê-los para passar o tempo sabe?! Aquela leitura leve, que diverte, enfim, isso acontece geralmente depois de ver resenhas tão bacanas como a sua, de verdade, parabéns, me deixou na vontade, hahaha.

    ✩ Voando Sem Peter ✩

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tina,
      se estiver em busca de entretenimento e uma leitura rápida os livros da Abbi são uma boa pedida, pode confiar.

      Excluir
  3. Todo mundo fala tão bem dessa autora e desse livro que me desperta a curiosidade de lê-lo e sua resenha me convenceu hahaha, me fez colocar na lista de próximos livros que tenho que comprar!
    Beijos,
    Luana Agra - Blog Sector 12 - http://sector-12.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luana, que bom que decidiu dar uma chance aos livros da autora,
      depois volta pra me contar o que achou tá?

      Excluir