29 de março de 2014

Resenha #106 As Crianças Trocadas - Elle Casey

As Crianças Trocadas chegou de cortesia da Geração Editorial e eu já entendia que me esperava muita fantasia e uma leitura mais leve por se tratar de jovens como personagens do enredo; mas não esperava uma leitura tão divertida e de certa forma diferente dos demais livros juvenis que li, por ter uma protagonista tão corajosa e 'boca suja' como Jayne.

Titulo: As Crianças Trocadas
Autor(a): Elle Casey
Editora: Geração Editorial
N° de páginas: 288
Jayne Sparks, rebelde e língua afiada de dezessete anos e seu melhor amigo, tímido e estudioso Tony Green tem uma existência muito típica de escola secundária, até que vários incidentes aparentemente não relacionados convergem, causando uma cascata de eventos que mudam suas vidas para sempre. Jayne e Tony, junto com um grupo de adolescentes em fuga, são sequestrados e enviados para uma floresta, onde nada e ninguém são o que parecem. Quem sairá triunfante? E o que eles serão quando o fizerem?



Jayne está na escola e nem sabe o motivo, pois parece não haver nada ali que a interessa e a que faça realmente pensar em um futuro na faculdade, família e emprego estável. Ela não deseja essa vida, mas não sabe realmente o que deseja para si, apenas sabe que não pretende viver a vida que seus outros colegas de turma imaginam ter. Tony é o amigo que Jayne consegue, à muito custo, um pouco de bulliyng e algumas conversas estranhas, ter. Os dois, atualmente, depois de resolverem um mal entendido (Quando Jayne meio que forçou a amizade com Tony 'bulinando' o garoto nerd), são inseparáveis após as aulas e Tony parece entender muito bem sua amiga. 

Após um incidente com um valentão da escola, Tony num ato surpreendente, defende Jayne e os dois decidem fugir dali. Para onde? Nem Tony sabe. Mas os dois acabam em Miami, conhecendo um rapaz estranho no metrô que os convida para ir junto á ele para um abrigo ali perto. Lá, eles conhecem outros jovens que fugiram de suas casas e após um convite para um tipo de teste físico que pagará 500 dólares para os que concluírem, suas vidas mudam completamente. Absurdamente, na verdade. 

Jayne não é uma personagem menor de idade, indefesa, que se apaixona por seu amigo que a defende do valentão e decide fugir com ele para viverem uma estória de amor e perigo juntos. Tire isso da cabeça se você pretende ler este livro. Jayne é confusa em seus pensamentos, fala muito palavrão quando está com raiva ou mesmo quando está feliz e mesmo sem grandes experiências na vida, ela demonstra coragem e força nas horas certas. Além de Jayne, temos Tony, seu melhor amigo nerd que além de conhecer Jayne muito bem, também demonstra coragem quando precisa e muito respeito para com os outros. O grupo de jovens que já moram juntos em Miami são: Jared, Samantha, Becky, Chase, Finn e Spike. Todos parecem ter Jared como seu líder e confiam muito um no outro, como uma família. Os dois novos jovens que adentram esse grupo aos poucos vão fazer parte dessa família também.

O teste físico acaba sendo totalmente diferente do que imaginamos. Não pretendo me estender *mais ainda* na estória em si. Mas na Floresta onde os garotos irão ser testados há muitas criaturas estranhas e surreais. 

A narrativa não é difícil de entender, as descrições das criaturas e do espaço em que acontece a narrativa é simples, mas não deixa de ser fantástica aos olhos do leitor. O divertimento durante a leitura se faz por conta de Jayne, nossa narradora que através de seus pensamentos, suas confusões e suas reações nos faz rir e muito nas cenas descritas.  

As Crianças Trocadas consiste numa trama sobre fantasia, com mistérios que rondam os personagens e que só entendemos ao fim do livro, porém, esse fim ainda contém mais surpresas, instigando o leitor a querer desejar mais da leitura.

Enfim, o trabalho da editora na diagramação do livro está excelente. Não encontrei erros ortográficos e a primeira página de cada capítulo está na cor preta com detalhes remetendo a uma floresta, muito significante na estória. Os capítulos são curtos, outro ponto positivo, pois pareceu que a leitura foi rápida. Recomendo a todos os amantes de fantasia e personagens diferentes. As Crianças Trocadas é uma literatura juvenil que cativa a todo leitor admirador de uma narrativa divertida e bem escrita. Estou mais do que ansiosa para a continuação da série. 


3 comentários

  1. oi Jeniffer, tudo bem?
    não conhecia esse livro, mas gostei muito da resenha. É bom ver juvenis que fogem do clichê.
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oie, tudo bom?
    Fantasia não é meu gênero favorito, mas morro de curiosidade para ler esse livro porque um amigo meu sempre recomenda e diz ótimas coisas. Darei uma chance para ele em breve e sua resenha ficou bem explicativa.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá!!!!

    Adorei a resenha!! Lindíssima. Tenho muita vontade de ler este livro. E a cada resenha que leio essa vontade aumenta muito mais, rs.

    Eu gosto de fantasia!!

    Bjkas

    Lelê Tapias
    http://topensandoemler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir