31 de janeiro de 2013

Resenha #05 Um dia - David Nicholls

Este livro me apresentou uma leitura bem diferente, nada extraordinário mas que vale a pena ser lido. O autor retrata uma estória completamente voltada para a realidade, esta não é uma estória cheia de floreios e felizes para sempre, é mais como um dia na vida real, com situações reais. Super indico pra quem curte livro do gênero.

Titulo: Um dia
Autor (a): David Nicholls
Editora: Intrínseca
N° de páginas: 416
Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

Emma Morley é uma jovem linda que acaba de se formar em inglês e história, deseja mudar o mundo ao seu redor com palavras. Palavras estas que um dia escreverá, apesar desses planos tão amplos, Emma é super introspectiva e possui zero de autoconfiança. 

Já Dexter Mayhew, é o oposto de Em, esse carinha é o típico canalha (só um pouquinho heheh), só quer saber de festa, sabe que é bonito e não se importa de usar esse artificio para conseguir o que quer, se formou em antropologia na mesma universidade que Emma. Dex é autoconfiante e possui uma certa arrogância característica de sua personalidade forte. Passa sua vida em festas, viagens e farras com mulheres e amigos.

Duas pessoas completamente diferentes que tem seus destinos ligados em um dia. O dia 15 de julho de 1988, é o dia em que esses dois personagens se envolvem, após a formatura os dois dividem esse último dia antes de cada um seguir seu próprio rumo, eles conversam sobre suas vidas e planos para o futuro, compartilham ideias e pensamentos e sem querer criam uma ligação extremamente forte.

A partir desse episódio passamos a nos encontrar com esses personagens todo dia 15 de julho durante 20 anos, presenciamos o desenrolar da estória de cada um, em algumas situações eles estão juntos, em outras porém cada um em um lugar diferente, vivendo sua vida de forma diferente. Apesar disto em todo o livro é nítido que apesar da distância e do tempo, existe algo entre esses dois. O sentimento de amizade e companheirismo entre eles é bem notável. Mas há algo mais, seria amor??? Dex e Em, Em e Dex.

A principio não curti muito a leitura, mas com decorrer da estória fui me adaptando e entendendo a ideia do autor. Meus sentimentos com relação aos personagens foram bem contraditórios, não consegui ama-los ou odiá-los por completo já que apesar de achar o Dexter detestável algumas vezes, em outras ele até conseguiu conquistar minha simpatia. A Emma foi a mesma coisa, apesar de achá-la mórbida, sem nenhum amor próprio e sempre muito disposta a enumerar seus defeitos, as vezes eu gostava dela pela sua sensibilidade e desejo de melhorias para ela e para os outros.

Me identifiquei bastante com Emma, já que assim como ela fiz vários planos par a minha vida e não consigo colocá-los em prática, eis ai o momento em que passei a gostar do livro, pude ver a vida desses personagens durante 20 anos, suas escolhas, seus erros, acertos e arrependimentos e isso meio que foi como um balde de água fria na minha cabeça. Me imaginei daqui a tantos anos, como eu estaria?? Me arrependeria de não ter tentado mais cumprir meus planos?? Sim, acredito que a forma vegetativa que estou vivendo, me causará grandes arrependimentos no futuro e a partir desse dia, aprendi com esse livro que nossas decisões são importantes agora e mais ainda no futuro.

Super recomendo o livro, aconselho que leiam ele com a mente aberta, não leia a espera de um romance, mas vá certo (a) de que tirará grandes lições de vida, que talvez você não se apaixone pelos personagens, pelo simples fato deles não serem perfeitos (eles são apenas humanos falhos), mas você aprenderá muito com eles e no fim vai torcer bastante para que eles finalmente consigam ser felizes. 

Bom

2 comentários

  1. Oi flor, tudo bem? Bom, vc pediu conselho de blogueiro no grupo do face e cá estou eu. Eu só mudaria mesmo seu banner no cabeçalho, por algo mais fofinho, ia cair muito bem. O blog tá uma graça. Boa sorte, seguindo aqui.
    Oi, meu blog tá sorteando de forma bem simples o livro O Circo da Noite. Corre lá e participa.
    http://descobrindolivros.blogspot.com.br/
    Pode seguir e comentar?

    ResponderExcluir