3 de junho de 2016

Resenha #196 Cretino irresistível - Christina Lauren

Oi pessoal!
A série cretino irresistível está quase chegando ao fim no exterior e diante disso resolvi tomar vergonha na cara e comecei a lê-la, pra quem sabe estar em dia com a leitura quando o último título finalmente for lançado no Brasil. Felizmente a escrita das autoras é agradável e fluiu perfeitamente pra mim.


Titulo: Cretino Irresistível (Cretino Irresistível #01)
Autor(a): Christina Lauren
Editora: Universo dos Livros
Ano: 2013
N° de páginas: 252
Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração – e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, sensual e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra – ou quebrá-la de uma vez – para tê-la. Por todo o escritório! Mas o desejo que um sente pelo outro cresce tanto que Bennet e Chloe terão de decidir o que estão dispostos a perder para ganhar um ao outro.
Depois de uns dois anos lendo New adults, me peguei em uma fase negra, onde nenhum enredo era bom o bastante, era sempre mais do mesmo e acabei desanimando com o estilo. Passei por essa momento dando oportunidade a outros gêneros que me ajudaram a desintoxicar e desejar novamente me aventurar pelos romances sensuais. Cretino irresistível acabou tornando-se um marco do meu retorno as leituras de NA. Um livro que trás nitidamente todas as características marcantes do gênero. 

Chloe Mills é jovem e eficiente, está trabalhando duro em busca da sua ascensão profissional, e tudo ia muito bem até a chegada do seu novo chefe. Bennet Ryan é sem sombra de dúvida o cretino mais sexy que Chloe já conheceu, o que não chega a ser um problema de fato já que eles se odeiam e apenas convivem o suficiente para fazer um bom trabalho juntos. Pelo menos é isso o que ambos deixam transparecer, mas apenas alguns centímetros abaixo da superfície profissional existe um desejo profundo e intenso que está prestes a se rebelar e acabar de uma vez por todas com o autocontrole de ambos, tornando o mais inconveniente dos conflitos, em uma paixão arrebatadora.

Eu não ia ler essa série, primeiro porque ela possui muitos títulos e não estou em condições de acumular ainda mais livros na minha lista infinita de leituras, segundo porque o gênero New adult tornou-se massante nos últimos tempos, são tantos títulos diferentes, mas que trazem um enredo absurdamente parecido que sinceramente me vi prestes a desistir desse estilo de leitura. Mas como já havia dito antes, eu gosto do ritmo intenso e frenético que a narrativa desses livros possuem. E felizmente esse ainda traz de brinde alguns elementos interessantes.

Não vou negar que o livro está repleto de clichês, a atração entre patrão e funcionária que baseia a história, pode ser encontrada em inúmeras outras obras do gênero, mas não é apenas isso que temos aqui. Em paralelo a atração desenfreada partilhada por Chloe e Bennet, as autoras exploraram elementos importantes que deram um ar realístico a história, seja a preocupação com um trabalho de fim de curso ou um parente doente ou até mesmo os conflitos diários com o chefe que não reconhece o potencial profissional da estagiária, tais elementos associados a narrativa intercalada entre os protagonistas facilitaram o desenvolvimento de uma maior empatia entre o leitor e os personagens, pois possibilitou uma maior compreensão dos conflitos, dilemas e limitações de ambas as partes. Além disso, a escrita das autoras é agradável e envolvente, se da de forma limpa, sem enrolações desnecessárias, conferindo a trama um ritmo de leitura extremamente satisfatório.

Cretino irresistível, é um romance clichê e sem muitos dramas, mas vale ressaltar que trata-se de uma história adulta e que de certa forma trás um conteúdo mais explícito. O envolvimento inicial entre Chloe e Bennet ocorre exclusivamente no âmbito sexual, todavia também destaco que sexo não é um componente exclusivo desse enredo, comprometimento, dedicação são tão presentes quanto. Uma leitura informal, que pode facilmente ser lida de forma despreocupada e sem expectativas de grandes acontecimentos.

|| Skoob || Compare e compreSubmarinoSaraivaAmazon || Gênero: Romance, New adult || Acompanhe a série ||

19 comentários

  1. Oi, Delmara!
    Eu amo essa série. AMO AMO AMO! Acho que já percebeu porque já resenhei quase toda lá no blog.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oii Delmara

    Essa série parece ser bem legal, pena que sejam tantos livros, acabo desanimando já que tenho um monte de outras séries pendentes, vou esperar ter mais tempo pra poder conferir a história amsi tranquila.

    Beijos

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  3. Oi Delmara, eu só li três títulos dessa coleção, mas pretendo ler os outros tsmbem. Pelo que li a escrita é muito envolvente. O romance é mesmo clichê, mas é que nek você comentou, é preciso perceber o teor da obra.
    beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto bastante desse gênero mas concordo com você que a cada vez mais surgem novos títulos e todos com a mesma premissa, parece quase sempre o mesmo livro . Mas tem alguns que se sobressaem e acabam me fazendo amar a leitura. Eu ainda não li essa série, mas não é uma série que me chame atenção, não gostei muito dessa capa mas nem é por isso (que nojenta eu seria não ler um livro, só por causa da capa kkk) é que a trama mesmo que não me despertou interesse.

    ResponderExcluir
  5. Oi Delmara, essa serie nunca me interessou, acho que em função da sensualidade do romance que a narrativa traz. Então essa dica vou deixar passar.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi Delmara, tá aí uma coleção que não tenho nenhum interesse em ler, sorry! Depois da tua resenha, tive ainda mais certeza que não darei oportunidade a este livro. Sei lá, acho que estou numa fase mais exigente de dramas e romances mais complicados.... se é clichê então, aí mesmo que não fico com vontade de ler. Sua resenha está bem detalhada, adoro resenhas assim porque nos dão um parâmetro, obrigada por dividir! abraços!

    ResponderExcluir
  7. Oi
    Adorei a sinceridade em sua resenha.
    Confesso que perdi totalmente o time para ler esse livro. Sem falar que estou correndo de história clichês demais. Mas que bom que ainda assim você curtiu a leitura.
    Valeu a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  8. Oie, delmara. acho que me identifico com você no sentido de que estou cansada de tantos enredos parecidos, e foi justamente isso que não me chamou atenção nesse livro, mesmo que ele traga elementoso diferentes como não valorizar trabalho de estagiários, trabalho de fim de curso e etc, acho que o que me priva de ter vontade de ler mesmo é essa relação patrão-funcionária que está tão conhecida e o fato de ter vários títulos da série, que assim como você não posso me daro ao luxo de colocar na minha lista agora, risos. Então obrigada pela dica mas por agora não fiquei com vontade de ler, quem sabe quando passar o tédio com esses vários clichês.

    ResponderExcluir
  9. olá Delmara,
    Alguns gêneros começam a incomodar mesmo, se lemos com muita frequência.
    New Adults normalmente são livros rápidos e gostosinhos de serem lidos, mas com um enredo comum e extremamente parecido.
    Confesso que essa série não desperta em nada minha curiosa e nem o fato de a história ter partido para um lado realista me deixa mais curiosa.
    Sua resenha está incrível, parabéns!
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Delmara lindona eu já li esse livro adoro os personagens mas achei as cenas hot um pouco excessivas demais, senti o sentimento de ambos o que me agradou demais, pretendo ler os demais livros da série. Gosto das capas da série, e mesmo tendo muito clichês o livro me agradou. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  11. Oie! Eu não.gosto da capa, nem do nome é nem da premissa desse livro. E depois de ler sua resenha e ver que a história esta cheia de clichê que tenho a certeza de que não leria esse livro. Eu não gosto se romances e realmente para mim de uns tempos para cá os livros nesse gênero me parecem todos os iguais.
    Vou deixar a dica passar.
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Sai da frente que Bennet é meu marido kkkkkkkk
    Eu adoro um livro erótico, e a série Cretino foi a minha primeira (por isso ele é meu marido) e me apaixonei pela história.
    Sei que é clichê, sei que tem muito sexo, mas gente, a Chloe é uma personagem incrível! Adoro a garra que ela tem, adoro o jeito que ela tem que dá medo até mesmo em um homem e principalmente adoro o jeito fod*-se dela pra que os outros pensam.
    Esse ano preciso reler essa série porque amo de paixão o casal.

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Eu já li esse livro e não gostei muito, eu senti que só tinha sexo no livro, mais nada. Os personagens até são carismáticos, mas tinha tanta cena hot que eu já tava incomodada. Nunca corri atrás de ler o restante dos livros, até porque imagino que seja mais do mesmo...
    Ainda assim, ótima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Oie!
    Eu já li esse livro e gostei bastante da história! Mesmo sendo uma trama bem clichê, o que mais gostei é que a mocinha não tem nada de boba. la sabe o que quer, e não liga de provocar ou até mesmo ser do contra com mocinho. Eu gostei bastante.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  15. Olá Delmara!
    Eu ainda não li esse livro e desanimei por ser uma série. Gosto de enredos clichês, mas concordo com você quanto ao gênero New Adult ter enredos muito parecidos. Já li livros em que o patrão e a funcionária tem um caso e fico feliz de saber que não é só a relação entre eles que é explorada durante a leitura. Gosto de saber que as autoras deram um ar realístico no livro tornando a leitura mais despretensiosa. Vou colocar na minha lista de leitura.
    Beijos.

    Um Rascunho a Mais

    ResponderExcluir
  16. Oi Delmara,

    Eu olho para esse livro e vejo uma história recheada de machismo e opressão e mesmo lendo sua resenha, nada me tira da cabeça. Acho que é porque o gênero tá CHEIO disso e eu acabo ficando na defensiva. Eu não se leria por esse motivo, e também porque já li taaaantos parecidos que busco coisas novas e como ele é clichê, fica mais difícil. Enfim, parabéns pela resenha! <3

    ResponderExcluir
  17. Me identifico, havia cansado de ler NA, ainda não li a série mas fiquei angustiosa, também tenho muita preguiça de ler livros de séries muito longas, a escrita da autora parece ser um ponto alto da história, em meio a esses clichês

    ResponderExcluir
  18. Olá Delmara, tudo bem?

    “Cretino Irresistivél” , assim como você ressalta em sua resenha, trás para nós um “romance clichê”, e esse tipo de enredo não me atrai. De qualquer maneira irei passar a indicação.

    Beijos,

    Gabriel Albuquerque

    ResponderExcluir
  19. Oiiii

    Li esse livro já faz um tempinho e achei ele bem Ok também. Meioq ue ta virando um cliche essas estórias e nem me agrada mais, a persoangem é forte mas ela fica meio fraca quando estão juntas e esse mio que me irritou. Mas enfim, ele é bem sem dramas maiores mesmo, dá pra ler numa sentada sem problemas.

    Bjos

    ResponderExcluir