26 de abril de 2018

[Resenha] Submissa - Maya Banks

Olá pessoal!
Recentemente recebi este livro em parceria com o Grupo autêntica e embora narrativas sadomasoquistas não sejam minhas preferidas dentro do gênero erótico consegui alimentar certa empolgação para com esta leitura, associo isso quase que exclusivamente ao fato desta ser uma obra da Maya Banks, uma autora que sempre me surpreendeu positivamente, até aqui. Ainda não tinha lido nenhum título hot da autora e acabei não me contendo diante da oportunidade, contudo acabei não encontrando o que tanto procurava e dando ênfase a minha frustração me deparei com o que há de pior em histórias do tipo, o que me deixou inegavelmente decepcionada. Submissa é o primeiro livro da série The Enforcers, composta por três livros já publicados no exterior, os dois primeiros Submissa e Dominada já estão disponíveis no Brasil.

Submissa (Mastered)
Coleção: The Enforcers #01
Autor (a): Maya Banks @maya_banks
Publicação: Gutemberg *Cortesia
ISBN: 9788582354483 | Skoob
Gênero: Erótico +18
Ano: 2017
Páginas: 288
Minha avaliação: 2/5★
Evangeline nunca soube o que é viver no luxo, pois sempre teve que trabalhar duro para ajudar os pais e conseguir sobreviver em Nova York. Típica garota do interior, sente-se deslocada em meio à metrópole e percebe que ingenuidade e sinceridade, que sempre foram suas características mais marcantes, são vistas como defeitos pelos nova-iorquinos e, principalmente, por seu ex-namorado que a seduziu e a abandonou. Drake Donovan é um magnata do entretenimento e um dos milionários mais cobiçados do mundo. Ele e seus “irmãos” ergueram um império em Nova York, e o seu maior empreendimento é a badaladíssima Impulse, a casa noturna mais exclusiva da cidade. Acostumado a ter todos na palma da mão, Drake sente seu inabalável mundo balançar quando vê uma jovem com ar angelical e inocente perdida em sua boate. Quem era aquela garota? Ele não tem ideia, mas de uma coisa tem certeza: ela será dele!
Antes de tudo quero deixar registrado aos que não conhecem as obras da autora que este livro aqui não serve como parâmetro. "Pelamordedeus", esta história nem parece que foi escrita pela Maya Banks. Juro que até agora estou tentando entender o que aconteceu aqui. Tenho lido livros da Banks a algum tempo e esta é a primeira vez que me deparo com um que não me convenceu em âmbito algum. Quero deixar registrado que não associo minha decepção ao gênero em si, costumo ler livros hots com certa frequência e até então nunca desgostei completamente de nenhum enredo, talvez o fato desta trama ser muito fechada e não dar margem para outras histórias se desenvolverem em paralelo a dos protagonistas e esta por sua vez ser exposta de forma limitada, não abordando quase nada além do dia a dia atual do "casal" possa ser considerado um dos elementos determinantes para minha impressão final. Sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa!