2 de janeiro de 2018

Metas, flops e a certeza de que dá para fazer melhor

Hey!
Com a chegada de um novo ano é meio impossível não repensar nossos sonhos e objetivos. Somos seres em constante evolução e por isso não é nenhuma surpresa quando mudanças ocorrem, e é sobre isto que quero falar no primeiro post do ano. Quero contar um pouquinho das mudanças que vem acontecendo por aqui desde que voltei do hiatus forçado e quero compartilhar algumas novidades que pretendo por em prática neste novo ano. Eu sou apaixonada pelo blog e por tudo que ele tem me proporcionado e por isto estou sempre em busca de melhorar nosso desempenho. E neste ano não poderia ser diferente. Não é de agora que sinto a necessidade de melhorar algumas coisas por aqui, mas a rotina e o trabalho diário costumam minar estes pequenos rompantes de vitalidade, no entanto o inicio de um novo ciclo parece ter sido a força extra que eu estava precisando para enfim tirar alguns projetos da gaveta. 


Todo ano eu crio uma meta e me proponho a batê-la. No começo do blog, talvez por insegurança, optei por objetivos bem abaixo da minha capacidade, dessa forma eu teria a certeza do sucesso, mas conforme as metas nível fácil foram superadas decidi me arriscar em desafios mais ousados que evidenciariam meu verdadeiro potencial. Sabe aquele lance de testar os limites? Pois bem, cansei de me "medir por baixo" e coisas do tipo. O problema é que justamente na época em que meus limites foram postos a prova uma série de mudanças importantes aconteceram na minha vida (último ano da faculdade, TCC, gravidez complicada, filho pequeno, volta ao trabalho...) e conciliar minhas metas e obrigações parecia algo inviável. Em consequência disto acabei ficando um ano longe do blog e quando voltei me senti perdida. A sensação de que estava enferrujada me seguiu por alguns meses e quando retomei parte da empolgação inicial foi a vez da frustração me assolar com força total, as coisas não eram como antes e demorei um pouco para entender que jamais voltariam a ser.


Admito que isto mexeu muito comigo, me senti falhando por não conseguir retomar o ritmo de postagem, meus textos já não pareciam tão bons e os objetivos já não me preenchiam mais. A necessidade de mudança chegou e durante algum tempo eu ignorei, porque embora ansiasse por isto não havia tempo para por em prática este desejo, mas como todo incômodo que se instala este não passou com o tempo e por isto inciei o processo. Primeiro um novo nome para o blog, que cresceu de deixou de ser apenas meu e tornou-se nosso, senti que o Sou biblófila não era capaz de abranger toda a dimensão que o espaço estava tomando e por isto depois de três anos optei por mudar. O Nosso mundo literário já chegou arrasando com domínio próprio e um layout em tons de azul e branco, que com o tempo também amadureceu e ganhou as características que tem hoje, um azul mais sóbrio e inclusivo, com tons mais escuros. Admito que isto renovou minhas energias e me estimulou a prosseguir. Já me sentia em casa novamente. Minha visão do mundo mudou e consequentemente minha forma de expressão também, me sinto mais a vontade para compartilhar minhas impressões e isto tem refletido em meus textos, que acredito eu melhoraram consideravelmente. Atualmente estou satisfeita com onde cheguei mas isto não me impede de continuar meu processo de evolução, não é mesmo?

Cinco anos se passaram desde o dia em que criei o blog. Aquele espaço desconhecido, hoje possui leitores que consideram verdadeiramente o que escrevo e isso me enche de orgulho mas também me trás um senso de responsabilidade que me impele a trabalhar sempre mais e melhor, não é como se eu me sentisse obrigada a produzir conteúdo, na verdade é um estímulo positivo que me dá ânimo mesmo nos dias em que penso em desistir. Então este ano estou aqui porque quero e gosto, porque me faz bem e acima de tudo por todos aqueles que acompanham este espaço, por todos que dedicam alguns minutos do seu tempo para me contar o que acham do que eu escrevo, por todos que vibram, se indignam ou se resignam comigo e também por todos os que se juntarão a nós neste novo ano. Sou grata a cada um e por mais clichê que pareça, tenho que deixar registrado que grande parte do que faço aqui é por e pra vocês.


Como em todos os anos anteriores, neste também tenho minhas metas, no entanto meus objetivos mudaram mais uma vez. O porque deu estar aqui ganhou um novo sentido e por isto sinto que amadureci mais um pouquinho no ano que passou e quero compartilhar isto com vocês.

POSTAGENS COM RITMO MELHOR DEFINIDO
Eu gosto de padrões. Já falei inúmeras vezes aqui que sou obcecada por pontos em comum, gosto de organização e rotina, estas coisas simples que acalmam e fazem felizes e por isso andei me estressando com o ritmo de postagem do blog e suas redes. Inicialmente a ideia era posts diários mas não existe a menor possibilidade disto dar certo em minha rotina atual, então optei por dias alternados mas devido a falta de disciplina e organização as coisas não fluíram como o planejado, então pretendo fazer dar certo este ano. Dias alternados para o blog e posts diários no ig, twitter e na fan page.

DIVERSIDADE DE CONTEÚDO
Já faz um tempinho que estou me sentindo incomodada com a monotonia dos conteúdos aqui do blog. Óbvio que somos um espaço de resenhas e que o foco aqui são os livros e suas histórias, mas isto tem me soado limitado, então optei por falar sobre filmes e séries, mesmo que apenas aqueles que foram adaptados de obras literárias. Contudo não me pareceu suficiente e por isto, andei me arriscando em postagens como Papo de blogueira e Bate papo literário, tenho percebido bastante aceitação deste conteúdo e por isto pretendo mantê-lo e quem sabe ampliar as opções. Acho super válido interagir mais aqui, já que nunca foi meu objetivo ofertar um conteúdo engessado e repetitivo.

MAIS INTERAÇÃO
No último ano finalmente consegui entender a importância da interação. Por mais que eu acredite que um bom conteúdo diz muito da qualidade do seu espaço, hoje eu sei que é a interação que de fato conquista o leitor, eu me coloquei no lugar daqueles que leem e se interessam por determinado post, fazem um questionamento e nunca tem suas dúvidas sanadas, e por isto me empenhei em preencher esta lacuna. Não quero ser uma ilha rodeada de seguidores, quero criar vínculos, compartilhar opiniões e informações, quero jogar conversa fora nos comentários e absorver o que aqueles que acompanham o blog tem a oferecer e por isto farei o impossível para interagir o máximo possível com todos.


Sei que os tópicos descrevem mudanças simples, que de tão básicas já deveriam estar em vigor a bastante tempo. Até admito que já estava trabalhando algumas delas, mas a questão aqui é que estas serão algumas das novas bases que sustentarão o projeto e por isso ganharão ênfase a partir de agora. E para finalizar quero mais uma vez agradecer a companhia de vocês, obrigada aos que estão aqui desde o inicio e aos que chegaram no decorrer dos anos, vocês são especiais e fazem parte dos meus dias. BYE!

Nenhum comentário

Postar um comentário