20 de novembro de 2017

Papo de blogueira: Como me tornar parceiro de editoras?

Um novo ano está chegando e com ele novas possibilidades e oportunidades surgirão. No meio literário, - pelo menos no que se refere a "blogs, booktubers, bookgrans" e etc.- esta é uma época importante para aqueles que almejam entrar ou permanecer no mundo das parcerias, isso porque é nesse período que um grande número de editoras abrem inscrições para processos seletivos, visando conhecer novos trabalhos e encontrar novos parceiros que as acompanharão pelo próximo ano (as vezes apenas metade disto). E foi pensando nisso que resolvi vir aqui conversar com vocês a respeito das tão sonhadas parcerias. Antes de tudo quero deixar claro que não sou nenhuma expert no assunto e como tudo que faço aqui no blog, estou usando como base para esta postagem apenas os conhecimentos que adquiri com a vivência diária que tenho tido nos últimos quase cinco anos por aqui. Sendo assim, se aconchegue e venha conhecer algumas dicas a serem consideradas antes da participação de um processo seletivo.


PARCERIA? DO QUE SE TRATA ISSO MESMO?
Antes de tudo acho importante esclarecer o que de fato é uma parceria, creio que todo mundo tem uma noção do significado, que basicamente consiste na "união de indivíduos para alcançar um objetivo comum", então antes de buscar firmar uma ligação que lhe proporcioná alguns direitos mas também deveres, decida qual é o seu objetivo. O que você busca com essa parceria? A pergunta é bem simples e poucas pessoas se propõem a fazê-la antes de dar esse passo, a resposta pode ir desde "receber livros de graça" até "ter conteúdo para o blog/youtube/instagram". Uma vez definido o objetivo, é chegado o momento de pesquisar o perfil de parceiros em potencial.


UMA DICA IMPORTANTE
Não se deixe levar pela euforia, como em tudo na vida nem sempre mais é o melhor.

Sei o quanto a ideia de ser parceiro de uma editora seja ela grande, média ou pequena pode ser atraente, para dizer o mínimo e por isso entendo que em um primeiro momento o desejo geral da nação é apostar todas as fixas em todas as mesas possíveis. Não cometam esse erro. Sim, é um erro inscrever-se em todas as seleções possíveis no intuito de aumentar as chances de ser selecionado. Em uma parceria você recebe mas também precisa dar um feedback, então opte pelas editoras que já acompanha e conhece o trabalho, aquelas que tem uma linha editorial que fazem o seu perfil e do seu publico, caso contrário qual a relevância de receber um conteúdo que não te agrada e que não despertará o interesse daqueles que te acompanha? Pense nisto!

E COMO EU FAÇO PARA SER SELECIONADO COMO PARCEIRO?
Quando já se sabe a quais editoras pretende associar-se, é hora de ficar atento a abertura do processo seletivo, geralmente as divulgações dos formulários para as inscrições são feitas nas redes sociais das próprias editoras (no inicio, meio e fim do ano, varia de editora para editora), então recomendo que as acompanhe. Outra forma de não perder as datas é acompanhar posts únicos que contenham a lista das seleções que vão abrindo, já vi muitos desses posts em vários blogs, fanpages e grupos literários, e só pra facilitar um pouquinho tem um banner desses na página do Nosso Mundo literário no facebook.


OUTRA DICA A SE CONSIDERAR
Atente-se para as políticas de parcerias, as vezes a balança pende e tenha certeza que não é para o seu lado.

Mais uma vez é preciso ter calma e pensar de forma racional para não se arrepender depois. Tá, a parceria tão sonhada acabou de abrir e agora? Errou quem achou que é hora de correr e preencher o formulário como se aquele que chegar primeiro tivesse a maior chance, não precisa desespero, todos os blogs são analisados (pelo menos é o que dizem), então respire fundo e aja com consciência. Já ficou definido que você curte o catálogo e almeja essa parceria, mas isso não é tudo, existe algo muito importante que pode definir o sucesso ou o fracasso dessa união. Acertou quem pensou na política de parceria.

POLÍTICA DE PARCERIA. O QUE É? PRA QUE SERVE? PORQUE DEVO CONSIDERAR?
Nada mais é que os termos que ditarão o que será proporcionado e o que será cobrado durante o período em que a parceria estiver em vigor. Algumas vezes já no formulário de inscrição existirão alguns pré requisitos que serão exigidos caso a aprovação ocorra, leia com atenção! E se por acaso, não estiver presente no formulário certamente a política de parceria virá linda e bela no primeiro contato realizado com os parceiros. Certifique-se de estar de acordo com os termos antes de dar prosseguimento, para depois não ter que ficar chorando pelos cantos, mergulhado em um mar de frustração. É muito importante que todos os envolvidos na parceria estejam satisfeitos com o que foi acordado.

Uma vez realizada a inscrição só resta aguardar e torcer para que dê tudo certo, se o resultado for uma negativa, não se deixe abalar. Continue trabalhando seu conteúdo e espaço, melhore no que puder e tente de novo quantas vezes desejar. Lembrando que não é uma obrigatoriedade ter parceiros mas isso certamente gera algumas possibilidades que dinamizam a coisa toda, contudo só faça se realmente desejar, não se deixe levar pela maré, tenha seus próprios objetivos dessa forma tudo será mais fácil e prazeroso.


Gostaram das dicas? Então lá vai um tópico bônus!

APÓS A APROVAÇÃO, É POSSÍVEL SEGUIR COMO PARCEIRO ALÉM DO PERÍODO PRÉ DETERMINADO? O QUE FAZER PARA QUE ISSO OCORRA?
Sim, é possível. Uma vez aprovado dê o seu melhor. Lembre-se que você quis esta parceria, organize suas leituras, cumpra os prazos, seja produtivo e mostre a que veio. Algumas editoras não são adeptas da renovação, outras no entanto procuram manter aqueles parceiros que realizaram um bom trabalho, então algumas vezes estará em suas mãos manter-se como parceiro ou não. As editoras são empresas e como tais elas trabalham com resultados, então se o acordo for satisfatório e desejar mantê-lo, dedique-se.

21 comentários

  1. Olá Delmara, tudo bem?

    Acho que dicas para se tornar parceiro algo muito relativo. Segui isso por anos e foi quando larguei finalmente mão que as parcerias chegaram. E se foram na mesma velocidade. Muitas das editoras aparentam ser o que na realidade não são.... E digamos que eu não tenha papas na língua, então já viu. Se você faz uma solicitação em janeiro e o livro é entregue somente no ano seguinte, sem respaldo e respostas por parte delas, pra que permanecer com isso? E outra, vi editoras selecionarem todos parceiros novos. Muitos realizaram um trabalho impecável. O que aconteceu no final do ano? Aquele velho pé na bunda. O olho no lucro tá maior que na qualidade. Uma pena.


    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Pamela,
      eu entendo sua frustração e sei bem que existem prós e contras em se firmar uma parceria como essa, inclusive pretendo falar mais sobre o assunto em outras postagens. Aqui são apenas algumas dicas a serem consideradas antes de se iniciar uma parceria. Claro que não existe uma receita ideal que lhe dará resultados garantidos sempre, e mesmo não tendo sortido resultados para você funciona com muita gente, eu sou exemplo disto. Quanto as renovações, realmente não são unânimes, inclusive eu citei o fato de algumas editoras não serem adeptas, mas elas existem ta? Inclusive eu já renovei mais de uma vez com editoras grandes e quando por fim a parceria findou foi por minha escolha. De qualquer forma obrigada pelo comentário, levarei em consideração suas palavras quando for elaborar o próximo post sobre o assunto.

      Abraços e
      volte sempre!

      Excluir
  2. Oi, Delmara!
    Acho as dicas bastante válidas e ainda digo mais: não adianta ir com muita sede ao pote, porque às vezes você acaba pegando mais livro do que consegue ler e dá-lhe ressaca e dá-lhe resenha atrasada. Conciliar as leituras com a vida real é essencial para não ter atrasos.
    Bjos!
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  3. Gosto muito quando vejo este tipo de postagem, ela alerta a muitos desavisados que acha que é só ganhar livros e mais livros, se esquecendo da qualidade que precisa ter para manter uma parceria.
    Parabéns pela iniciativa.

    Beijos
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem?
    Meu sonho conseguir uma parceria! Tenho o blog ha apenas um ano então ainda nãp comsegui nada do tipo 😢 Mas quero MUITO conseguir pra 2018! Vamos torcer, amei as dicas, acho que poderia ter dicas do que eles maia avaliam, onde precisariamos melhorar e tals ❤

    ResponderExcluir
  5. Oi Delmara!

    Primeiramente gostaria de dizer que amei ver o Castiel tantas vezes por aqui, eu amo este homem demais. Em relação às suas dicas, achei todas extremamente válidas e agradeço pelo carinho em escrevê-las. Eu ainda não tenho nenhuma parceria com editoras grandes, mas gostaria muito que esta situação mudasse em 2018. Irei observar todos os seus apontamentos e irei torcer com muito afinco. Obrigada, viu?!

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  6. Oi!
    Por muitos anos eu tentei fazer parceria com as editoras, mas depois de tanta insistência e também de algumas mudanças de opinião minha, eu desisti... Ano que vem nem vou tentar. Mas as suas dicas são muito úteis para quem quiser tentar parceria.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, adorei as dicas. É, nesse mundo literário a gente vai aprendendo aos pouquinhos e descobrindo que fazer o nosso trabalho da melhor forma possível é sempre o melhor. Vou acompanhar o baner sobre as parcerias que estão abrindo, obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bom?

    Quando eu comecei a utilizar o blog, nem entendia como funcionava direito a parceria e acaba me increvendo em várias, sem sucesso. Passei um tempo longe, voltei novamente do zero e agora estou mais preocupada em criar conteúdo do que, necessariamente, conseguir parceria. Logicamente eu acabarei me inscrevendo, mas nada desesperador para conseguir, rs.
    O seu post foi muito interessante e acredito que muitas pessoas vão se interessar em saber, já que há diversas dúvidas sobre o assunto. Eu, particularmente, gostaria que você fizesse mais postagens com essa temática, já que você tem parcerias e poderia nos explicar como elas são, na realidade.

    Enfim, adorei a postagem e agradeço as dicas :)
    Abraços.

    ResponderExcluir
  9. Adorei as dicas!
    Eu já me desanimei/desapontei com algumas editoras.
    Por isso hoje eu só trabalho com o que conheço mesmo para não rolar nervoso rs.
    E quando vc faz um bom trabalho, a chance de renovar é muito grande.

    <3

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo Bem??

    Adorei as dicas. É sempre bom pra quem está começando ficar de olho nisso tudo que você falou. As vezes no começo a pessoa se inscreve em todas as parceria. Sendo que muitas vezes o catálogo da mesma nem faz o estilo da pessoa. Eu escolho as que gosto muito e me inscrevo. Se não consigo de primeira, tento de novo no próximo ano.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá amore,

    Que delícia de dicas.
    Post completinho, ideal pra quem tá começando.


    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Ótimas dicas!
    É muito bom quando outros blogs se empenham em ajudar os colegas ao invés de derrubar, esconder informações sobre as parcerias e tal...
    Tem lugar pra todo mundo na blogosfera rsrs
    Boa sorte pra tu nas seleções ;)

    ResponderExcluir
  13. Oie...
    Nossa que dicas valiosas... já é o meu terceiro ano com o blog, confesso que no primeiro ano pecamos muito em decorrência a essa euforia, mas depois disso, tudo se normalizou, graças a Deus e percebemos que as vezes o menos é mais.
    Obrigada pelas dicas s2

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  14. Olá! Esse post caiu como luvas, desde que abriram vários parcerias e estou bem perdida sobre por onde começar esse ano! Achei bem interessante os pontos que você ressaltou, principalmente sobre tomar cuidado ao se inscrever para todas as parcerias abertas. Enfim, vou levar suas dicas para a vida, rs. Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Oii!!!
    Gostei muito do seu post, bem esclarecedor para quem está começando no mundo literário. Eu sempre fui bem racional na hora de participar de parcerias. Menos é mais sempre! Melhor qualidade do que quantidade sempre.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Algumas dicas são muito bacanas pra quem tá começando colocar o pé no chão e sentir que parceria não é só ganhar livro, é compromisso e responsabilidade. E também pra perceber que nem tudo é tão lindo como parece: "as vezes a balança pende e tenha certeza que não é para o seu lado".
    Ótimo post.

    ResponderExcluir
  17. Olá,

    Muitas dicas boas! Espero que todos façam bons usos delas. Eu só me inscrevo para parcerias de editoras que acompanho e que gosto do catálogo. As pessoas têm mania de só apostar em editoras grandes, valorizem as pequenas também, estão começando agora, mas tem umas com muito potencial. Gostaria muito de firmar uma parceria, mas senão vier, paciência haha.

    Beijos,
    oculoselivrosblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá!Muito boas as dicas.É sempre bom ficar atento às parcerias,pois na maioria das vezes quem ganha é a editora.Eu não procuro mais parceiros em editoras pois eu vejo que eles só pensam em números e resenhas positivas,mas nem tudo é positivo.
    Muito boa as dicas.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Oi Delmara, tudo bem?
    Adorei seu post. Muitas pessoas não têm ideia do que se trata a parceria e acham que é apenas para ganhar livro de graça. A nossa imagem, por conta disso, fica, infelizmente, denegrida :(
    Acho que você trouxe dicas valiosas e vou compartilha-las com minhas amigas.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Eu realmente AMEI o seu post! Super concordo com essa de que mais nem sempre é bom. Faço tudo sozinha e as vezes pesa bastante ter uma quantidade grande de editoras parceiras, afinal não é só ler o livro, é ler, fotos, resenhas, divulgação e entre outras coisas.

    Um beijo ♥

    ResponderExcluir