4 de junho de 2017

[Resenha] O jogo - Elle Kennedy

Hello peoples!
Estamos chegando ao final dessa série maravilhosa e eu não consigo evitar a dubiedade de sentimentos que esse momento me faz sentir. A cada livro que leio amo mais e mais a Elle, êta escritora "arretada de boa", não tenho o que reclamar das histórias dela, ao contrário disso me rasgo em elogios, tantos que já nem sei mais como prestigiá-la sem parecer repetitiva. Por outro lado, logo logo não vou poder conhecer novas histórias sobre meu quarteto favorito, os meninos estão saindo da faculdade, a série está no finalzinho e eu já estou com muitas saudades mesmo. Queria tanto poder prolongar isso, mas sei que esse desejo é uma faca de dois gumes, afinal sempre ouvi dizer que menos é mais, né? Vai que a Kennedy prolonga o negócio e bagunça tudo... Então, deixemos as divagações para um outro momento e vamos logo falar de O jogo, o livro que superou todas as minhas expectativas.

Título Original: The Goal
Série: Amores improváveis #03
Autor (a): Elle Kennedy @ElleKennedy
Publicação: Paralela (Cortesia)
ISBN: 9788584390571 | Skoob
Gênero: Romance +16
Ano: 2017
Páginas: 343
Avaliação: 5/5★
Talentoso, inteligente e festeiro, Dean Di Laurentis sempre consegue o que quer. Sexo, notas altas, sexo, reconhecimento, sexo… É sem dúvida um galanteador de primeira, e ainda está para encontrar uma mulher imune ao seu charme descontraído e seu jeito alegre de encarar a vida. Isto é, até ele se envolver com Allie Hayes. Em uma única noite, essa jovem atriz cheia de personalidade virou o mundo de Dean de cabeça para baixo. E agora ela quer que eles sejam apenas amigos? Dean adora um desafio, e não vai medir esforços para convencer essa mulher tão linda quanto teimosa de que uma vez não é suficiente. Mas o que começa como um simples jogo de sedução logo se torna a experiência mais incrível e surpreendente de sua vida. Afinal, quem disse que sexo, amizade e amor não podem andar de mãos dadas?
A vida de Dean Di Laurentis é perfeita, ele possui pais maravilhosos, irmãos amorosos, saúde e fortuna em abundância, é extremamente lindo e popular e mais um milhão de coisas que você imaginar. Ele sempre teve tudo e todas que quis, com seu charme e conversa fiada ele já conquistou incontáveis corações "avisados", afinal ele não pretende se comprometer com nenhuma de suas conquistas e sempre procura deixar isso claro. Mas toda a descontração da vida fácil do rapaz vai por água abaixo quando ele ousa se envolver com a melhor amiga de Hannah, até então proibida para ele. Allie Hayes está determinada a não se envolver de forma alguma com o cara mais galinha da faculdade, primeiro porque ela não curte casos amorosos, ela precisa da boa e velha estabilidade de um namoro e segundo, porque ela acabou de terminar um relacionamento de três anos que apesar de não estar lhe fazendo bem, era importante. Então não, ela não iria fazer sexo casual com o descarado do Dean, claro que essa determinação será posta a prova, Di Laurentis adora um desafio e irá usar até a última gota de seu charme e poder de convencimento para mostrar para essa garota linda que a existência de apenas uma amizade entre eles é algo fora de questão.  

Após mais uma leitura incrível o desejo que fica é de quero mais. A autora possui um jeito próprio de criar suas histórias que sim, são previsíveis quanto a maioria dos fatos, mas a forma que Kennedy usa para chegar lá é alucinante e extremamente saborosa. Como nos títulos anteriores experimentamos nesse, mais um relacionamento entre pessoas completamente opostas, que se descobrem atraídos um pelo outro e com o decorrer da trama vão construindo um romance apaixonante, mas creio eu que o que diferencia esses livros dos demais do gênero são especialmente dois componentes comuns em todos os livros da série até aqui, o primeiro deles é o humor descarado que a autora emprega em sua narrativa e que reflete em diálogos afiados e atraentes, tornando impossível não devorar cada página com anseio, esse elemento em especial torna a leitura ágil ao ponto de se ler mais de cem páginas sem perceber. O segundo componente é que os badboys não são bad de fato. Com a popularização dos livros do gênero, as reclamações com relação a romantização de romances abusivos nessas histórias se tornaram muito mais frequentes, então eis aqui um NA, que não faz parte dessa estatística. Os caras dessa série não são perfeitos, não é isso o que estou dizendo, mas com toda certeza do mundo não são abusivos.

Obviamente existe aquela dose de ciúme e cuidado, mas também existe respeito ao espaço e as decisões da outra pessoa. Isso por si só eleva os livros da série a um outro nível. Digo isso, porque diferente dos outros dois esse tinha tudo para seguir o mal padrão do gênero, afinal Dean é extremamente rico, não tem qualquer interesse em se comprometer, já ficou com quase todas as alunas da Briar, nunca sentiu a dor da perda e como costuma dizer "ele sempre consegue o que quer", já a Allie é o oposto disso, óbvio. Pra começo de conversa ela não é o tipo de garota que curte sexo casual, estando mais voltada para namoros longos e seguros, só teve dois namorados na vida e não costuma receber as coisas de bandeja, já passou pela dor de perder a mãe precocemente, mas de forma determinada passou por tudo de cabeça erguida e é dessa mesma forma que ela enfrenta todos os dias o medo de perder o pai acometido por uma doença degenerativa. Mas é ai que está o x da questão.

Tenho certeza que tendo como base as informações supracitadas você criou um perfil bem desfavorável para o Dean, eu admito que minhas informações podem ter influenciado tal situação, e é exatamente isso que acontece no livro, a princípio formamos uma imagem de playboy, mimado e indiferente só para aos poucos irmos quebrando a cara, pois o Dean é um personagem tão profundo que não sei como consegue se esconder debaixo dessa casca fútil que todos que estão de fora enxergam, inclusive acredito que nem seus próprios amigos e colegas de time o conhecem verdadeiramente, para eles o Dean é só um fanfarrão que gosta de sexo e não quer se comprometer com nada, o loiro burro do grupo. Essas definições e conceitos não poderiam estar mais errados, eu não vou detalhar nada aqui porque quero que quem for ler esse livro sinta o prazer de conhecer o verdadeiro Dean Di Laurentis, e se apaixone por ele devagar e gradativamente como a Allie se apaixonou (e eu também, é claro. A essa altura do campeonato quem sou eu para negar rs).

Este livro é apaixonante, vai além do romance encantador e sensual que se apresenta de forma espetacular ao abordar temáticas realistas, como a doença do pai da Allie por exemplo, mas não apenas isso. Existe uma crítica social bem interessante no livro, que mostra claramente o outro lado da moeda. O envolvimento entre Dean e Allie é didático para ambos e possibilita a compreensão do que é amar, estar lá para apoiar a pessoa que se quer bem, saber repeitar o tempo e a forma de lidar de cada um, inclusive a própria, e é maravilhoso acompanhá-los nessa jornada de descobrimento. Mais uma vez a Elle nos presenteia com uma trama arrebatadora que vale ser lido sem sombra de dúvidas.

O jogo é o terceiro livro da série Amores improváveis que conta a história de quatro amigos, jogadores de hóquei universitário e suas mazelas amorosas. Apesar de interligados, os volumes possuem protagonistas próprios e podem ser lidos de forma independente (mas acredito que seja mais prazeroso seguir a cronologia).

23 comentários

  1. Ola
    Eu estou muito ansiosa para começar essa série, ainda mais porque só leio bons comentários a respeito e não tenho dúvidas de que deve ser um livro apaixonante. Eu gosto muito desse estilo, e estou cheia de expectativas, e é claro que sua resenha me deixou ainda mais motivada. Curiosa sobre a interação dos personagens ♥
    Beijos, F

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Essa é uma série que está em minha lista.
    Assim como você, gosto de ler os livros na ordem, embora sejam independentes. A vantagem é que pude ler sua resenha sem problemas.
    Gostei de saber que é um romance mais profundo, que aborda temas externos ao casal. Sempre gosto mais de livros assim.
    Sem falar que as ótimas personagens me estimulam a ler.
    Adorei ler sua empolgada e detalhada resenha. Me fez lembrar que preciso ler essa série rápido!
    Beijinhos
    Rizia Castro - Livroterapias

    ResponderExcluir
  3. Oie, tudo bem?
    Realmente, ja não curti o personagem Dean, rs.
    Apesar de achar que gostaria da leitura, achei bem clichê.
    Mas sua resenha demonstra que vc curtiu bastante, talvez tente ler quando tiver tempo eoportunidade 😀

    ResponderExcluir
  4. Oiee Delmara ^^
    O único ponto negativo (nem tanto) de gostar tanto de ler, é que a gente sofre horrores de saudades dos personagens quando os livros acabam, né? Eu só li "O erro", mas estou com "O acordo" aqui, e doida para ler os outros. Confesso que não estou pensando muito bem sobre o Dean...haha' mas sei que vou mudar de ideia assim que começar a ler o livro. Estou doida para fazê-lo ♥
    MilkMilks ♥
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Essa é uma das séries mais caladas no momento, e confesso que a série tem um enredo que gosto muito, porém o fato de ser série me desanima um pouco pois estou com um monte de séries para concluir e iniciar uma agora ... Não é boa ideia.
    No fundo , no fundo quase todas as histórias caminham para um final previsível , mas como você falou o modo de contar do autor é que nos faz gostar tanto de uma obra. Que bom que esse série te cativou tanto, espero poder lê-la quando tiver terminado algumas. Beijos !

    ResponderExcluir
  6. Eu que não curto livros do gênero, já li O erro da série e fiquei simplesmente apaixonada. É clichê? É, mas é bem escrito, e pra mim é o que importa.
    Tô louca pra ler os outros livros da série que parece, pelas resenhas que leio, são sempre os mesmos comentários positivos: apaixonante!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  7. Eu amooo este livrooo
    Está autora escreve muito bem e um livro comum se torna um arraso .
    E o boleto mais a editora não demorou para lançar estes livros.amei os 4
    Parabéns pela rsenhas ficou show .
    Nunca li uma resenha negativa sobre a série e isto já é super positivo

    ResponderExcluir
  8. Não li a nenhum livro dessa série e nem sei se lerei. Até hoje não me senti atraída pela série, embora veja muita gente gostando e mega elogiando. O enredo me lembra enredos de obras que já me decepcionaram, sei que é feio julgar um livro por causa de seu enredo que lembra outros, mas fazer o quê! [rs] Pode ser que no futuro eume dê uma chance de mudar de ideia, mas por hora passo adiante a dica, por conta de um entusiasmo inexistente. Bexitus!

    ResponderExcluir
  9. Oie!!
    Ahhh gente eu simplesmente me apaixonei por esse livro!!!
    Não tive a oportunidade de ler os livros anteriores ainda, mas esse? Gente eu me encantei pelo Dean!
    A sua resenha está perfeita e mostrou exatamente os mesmos sentimentos que eu tive ao ler o livro. Dean é lindo, encantador e minha nossaaaaaaaaa perfeito do jeito dele! hahaha

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu estou morrendo de vontade de ler essa série, tenho certeza que irei me apaixonar assim como todos! Acho que todo mundo no começo tem essa má impressão do Dean, até porque acho que só isso nos é passado mesmo, mas adorei saber que ele muda isso com as suas ações rapidinho. Mal posso esperar para poder começar a ler!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Olá, como não ficar ainda mais maluca para ler essa série após ler uma resenha super positiva como essa? Gostei muito de você ressaltar que a obra não traz relacionamentos abusivos, tenho procurado ler romances com relacionamentos mais saudáveis. E legal também o protagonista ser muito mais do que se espera dele.

    ResponderExcluir
  12. Adoro essas séries que são com personagens diferentes a cada volume. Adorei também a sinopse desse livro, apesar de ser um clichê daqueles haha, parece um romance que vale a pena ser lido. Além disso os personagens parecem ser bem construídos e isso é um ponto positivo. Sua resenha também ficou ótima, extremamente bem escrita!

    ResponderExcluir
  13. Oii tudo bem? Gostei da sua resenha viu, este título que você descreveu O Jogo parece ser um romance incomum mais ao mesmo tempo previsível. Mas eu gostei parece bem interessante, parabéns pela resenha! Beijos http://fonte-da-leitura.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  14. Eu amei esse livro. E olha que eu detestava o Dean, mas depois percebi que ele queria mesmo que agente detestasse ele! hahahaha
    Não tem como não se apaixonar por essa história, aliás, por todas as histórias dessa série. O último volume será uma das minhas próximas leituras e sei que vou ficar inconsolável! hahahah
    Eu também acho mais prazeroso seguir a cronologia...
    Fico contente por você ter curtido também.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. São tantos elogios para com a serie inteira que não me resta outra alternativa ler o mais rápido possível. Até agora, não li uma critica mediana quanto ao romance destes jogadores e claro, quero muito ler!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Olá!!!

    Estou completamente doida para ler esses livros, só escuto coisa boa a respeito. Mesmo sendo unanime a opinião que se trata de um clichê o importante para mim é ser dos bons e parece que é. Espero por um tempo para que eu possa conferir o trabalho dessa autora e parar de sofrer de curiosidade lendo resenhas maravilhosas como a sua.

    Beijos e Sucesso!!

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Li esse livro recentemente e me encantei com a trama, pois ela é bem elaborada e colocou tudo o que eu pensava do Dean a baixo, pois mostrou que ele não é aquilo que as pessoas pensam. Só acho que o relacionamento não começou da forma correta, no mais, é uma história encantadora e extremamente envolvente.
    Sua resenha está incrível.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá!

    Ai, Delmara! A cada resenha que eu leio sobre algum volume dessa série, percebo o quanto eu quero lê-los logo. A última resenha que li, me deixou bem curiosa para saber como a autora havia trabalhado toda a questão do romance, sem que ele fosse o plano de fundo principal e agora lendo sua resenha e me deparando com tantos comentários elogiosos, só posso pensar que estou perdendo tempo de leitura de um livro incrível. Fico muito feliz em saber o quanto o livro te agradou e o quanto a história ultrapassa os limites do romance. Obrigada pela dica! ♥

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem?
    Eu confesso que estava com a expectativa muito baixa para esse livro, desde que li O Erro. Eu amei O Acordo e fui surpreendida positivamente pela escrita da Elle Kennedy, mas achei a história de O Erro difícil de engolir.
    Depois de ler sua resenha, fiquei mais animada para conferir O Jogo e dar continuidade a série. Pelo que percebi, esse livro tem um romance mais gradual e bem construído, como no primeiro livro, o que já é algo que considero muito positivo. Além disso, adorei saber que a protagonista será a melhor amiga da Hannah.
    Gostei muito da sua resenha e espero gostar desse livro tanto quanto você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Oi!
    Nossa, eu amei a sua resenha, sério!
    Sempre me recomendam a série Amores improváveis, eu anoto na lista e vou enrolando, enrolando e enrolando. A questão é que eu amo clichês, mas eu não suporto mais a romantização de relacionamentos abusivos. Dá vontade de entrar no livro e sacudir os personagens. E olha que eu era louca por histórias de badboys e agora não suporto (decepção com algum livro superestimado, só pode). Vou tentar a leitura desse (na ordem, como você aconselhou haha), e espero não me decepcionar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bom?
    Vejo tantas pessoas apaixonadas por essa série que fico com o pé atrás de começar a lê-la. Ver sua opinião e a forma apaixonada que falou da série e inclusive desmistificando essa questão do relacionamento abusivo que supostamente acontece nesse exemplar me deixou bem curiosa para ler e tirar minhas próprias conclusões. Apesar da premissa ser bem clichê, você falou que é a forma como a autora constrói sua história que deixa tudo especial e, por isso, vou dar uma chance a série. Adorei sua resenha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oi!
    Estou com esse livro para a leitura e morrendo de vontade de começa-lo logo pois adoro esse gênero e como a história se desenrola com dois protagonistas tão 'diferentes.
    Não li muito da sua resenha com medo de spoilers já que não linenhum da série ainda, mas espero gostar também do livro, só não decidi ainda se vou ler a série na sequência ou começar por esse que é o que tenho aqui

    ResponderExcluir
  23. Ooi,
    AAAh, eu li O Acordo esses dias e me apaixonei perdidamente pela escrita da autora. Eu compartilho do mesmo dilema que você, gostaria que ela escrevesse mais, mas ao mesmo tempo tenho medo que pudesse dar tudo errado ahaha
    Quero continuar a ler a série e espero que só melhore!

    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir