Resenha #216 Sedução - Nicole Jordan

agosto 19, 2016
Oieeee!
Hoje vamos falar do primeiro volume da série Notorious de Nicole Jordan, que teve sua segunda edição publicada recentemente pela Ed. Planeta de livros Brasil, através do selo Essência. As novas capas dessa série foram o principal atrativo que me levaram a desejar tê-la na minha estante, isso associado a curiosidade que sempre tive de conhecer a escrita da Nicole, é claro. Agora que conheço posso afirmar que essa mulher tem um talento capaz de derrubar forninhos.


Titulo: Sedução (Notorious #01)
Autor(a): Nicole Jordan
Editora: Essência
Ano: 2016
N° de páginas: 368
Lord Damien Sinclair dedica seu tempo a seu próprio prazer - o que pode ser resumido em duas palavras: jogos e mulheres. Mas essa rotina muda quando sua irmã, Olivia, sofre um acidente em uma situação comprometedora, que pode colocar em risco a sua honra. Damien estava disposto a acabar com Aubrey, o nobre que a teria ferido, mas não esperava encontrar um obstáculo tão... sedutor: Vanessa Wyndham, a irmã do rapaz. Ela se oferece para cuidar da inválida Olivia, e assim poupar a vida do irmão. Damien aceita, mas com uma condição: ela também teria de ser sua amante. Nesse romance de intriga e sedução, a autora explora sentimentos que nem sempre são revelados. Será que os corações escaparão ilesos quando o acordo for posto em prática?
Damien Sinclair, nunca se preocupou em disfarçar sua fama de libertino, dedicado a satisfazer seus prazeres ele passou boa parte da vida visitando salões de jogos, bordéis e metido em escândalos, o que nem de longe o tornou inapto para o casamento aos olhos da sociedade, muito pelo contrário, as jovens e suas mães embarcaram em uma caçada ao pote de ouro, afinal quem seria a jovem capaz de fisgar e aprisionar o coração de um dos maiores libertinos (rico, muito rico por sinal) de Londres? Damien se vê obrigado a mudar de postura (pelo menos temporariamente), quando sua irmã caçula sofre o infortúnio de ser atraída e enganada por um calhorda, o que ocasiona um acidente que resulta na invalidez da jovem. O tal calhorda é ninguém mais ninguém menos que o irmão de Vanessa Wyndham, uma viúva determinada que fará o impossível para proteger sua família dos anseios de vingança de Damien.

De má fama e de reputação duvidosa são dois dos possíveis significados da palavra Notorius, e não posso negar que Damien se encaixa perfeitamente em ambas. Sinceramente não me recordo de ter lido um personagem tão cínico como o protagonista desse livro, o que não chega a incomodar de fato, já que costumo apreciar o humor ácido dos libertinos londrinos. No entanto, não posso garantir-lhes que essa é uma característica universal da trama, já que o lorde possui sua cota de conflitos internos, desencadeados após seu primeiro encontro com Vanessa (claro, né?). O que nos trás de volta a determinação dessa jovem. Primeiro quero deixar claro, que a decisão de tornar-se amante de Damien não se deu de forma leviana, Vanessa foi vítima de um casamento sem amor e de um marido libertino que morreu ao duelar por outra mulher (é, ele era um cretino), deixando para Vanessa inúmeras dívidas e a vergonha de ter que lidar com o escândalo que sua morte causou.

O que por si só já é um absurdo, afinal o finado apronta todas e as vergonhas recaem sobre a viúva? (tá, eu sei que isso era muito comum naquela época, até hoje tem disso, né?) Sem nada, ela retorna para a casa de seu nascimento, onde toma para si a função de cuidar de sua mãe e irmãos. E ela até tenta por as contas em dia e organizar as finanças, mas Aubrey (irmão, tolo e inconsequente), é o único responsável legal pela fortuna (inexistente, só para constar) da família. Uma péssima combinação de responsabilidade e jovem imaturo, que aparentemente não se cansa de meter os pés pelas mãos, que resulta em um problemão. Primeiro o rapaz enganou a irmã de Damien e depois perdeu todas as propriedades que lhe restavam para o mesmo, o que tornaria sua mãe e irmãs sem teto. E chegamos (finalmente), ao motivo por trás da decisão desesperada de Vanessa, ela não poderia permitir que as burradas de seu irmão prejudicassem tao diretamente a única família que lhe restou e por isso decide aceitar a proposta infame do lorde, mesmo que isso possa arruinar de uma vez por todas sua reputação.

Um ponto que me agradou muitíssimo é que o título do livro retrata perfeitamente os acontecimentos da trama, o envolvimento entre Vanessa e Damien possui um desenvolvimento que pode ser considerado lento (tendo como base o ritmo desenfreado característico do gênero), mas que possibilita um maior envolvimento entre leitor e personagem, bem como põe em prática o poder de convencimento da trama. Com o desenrolar da história, a evolução entre o casal se torna nítida e é possível vislumbrar, o medo e a desconfiança de Vanessa se transformando em entrega e paixão. Admito que todos os méritos devem ser atribuídos a Damien e seu poder de sedução, sem deixar de lado sua paciência de jó. Mas Vanessa não é a única a se render, com o passar do tempo Damien vê sua má impressão inicial desvanecer e em seu lugar surgem sentimentos deveras perigosos que podem arruinar de uma vez por toda sua imaculada fama de libertino.

Sedução, é uma obra charmosa de leitura agradável que possui um desenvolvimento próprio. Nos apresenta uma história previsível, mas ao mesmo tempo instigante, além de personagens muio bem desenvolvidos tanto em suas histórias de vida, como em suas personalidades, sendo assim me arrisco a dizer que este não é apenas mais um adulto por ai, há diversos elementos a serem apreciados e absorvidos, conforme a narrativa se desdobra, Nicole conseguiu reunir os aspectos mais atraentes do gênero em uma única história, por isso recomendo para todos aqueles que curtem livros eróticos, mas que estão cansados do ritmo desvairado do gênero, e procura de uma trama que se aproxima do realismo de outrora.

|| Skoob || Compare e compre: AmazonSaraivaSubmarino || Gênero: Erótico ||

Esta postagem está concorrendo ao TOP COMENTARISTA

13 comentários:

  1. Sou fã de carteirinha de romance de época! Inclusive, terminei de ler um ontem. Não conhecia esse livro, nem a autora, mas.. Que capa linda é essa, hein? A história pelo que li da tua resenha é o velho clichê de mocinho libertino, e tal. Mas achei bem diferente a mocinha ser uma viúva... Geralmente, nos que eu costumo ler, as mocinhas estão na temporada de bailes de debutantes. Gostei muito disso e fiquei com vontade de ler e conhecer a Vanessa. Dica anotada, Delmara! Tô amando acompanhar os posts do blog <3

    Bjão

    ResponderExcluir
  2. Romance de época não é dos meus gêneros literários favoritos, porém li um livro e amei o que me deixou animada para ler mais alguns desses estilos.

    ResponderExcluir
  3. Olá, Delmara.
    Também me apaixonei por essa capa. Vestido de época e azul ainda por cima, me fisgou na hora. Ainda não li nada dessa autora e esse livro me interessa bastante. Eu fico com muita raiva de como as mulheres eram tratadas naquela época, mas se pensarmos bem não mudou muita coisa não. As mulheres ainda são menos que os homens em quase tudo. Já está na lista de futuras compras.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Gosto muito de romances de época, sempre com histórias tão envolventes e personagens cativantes. Não conhecia esse livro, mas por sua ótima resenha, percebe-se uma leitura muito prazerosa. Se tiver oportunidade, vou ler. Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Não sou muito de romances de época, mas pela sua resenha tenho certeza que esse será um ótimo livro, e com personagens muito bem construidos,e estou curiosa sobre o desenrola dessa trama.

    ResponderExcluir
  6. A capa do livro é bem clichê, né? Não costumo ler romances de época, mas vi que a capa não tem nada de especial. Apesar disso, pude perceber que o livro é bem trabalhado, com uma ótima trama, personagens bem desenvolvidos e uma leitura agradável. Além disso, adorei saber que o nome do livro tem uma grande relação com a história!

    ResponderExcluir
  7. Eu já li esse livro e amei kkk dou 5 estrelas tem gente que não gosta da capa eu sinceramente gostei muito. Não é o meu favorito entre os livros de época, mas posso dizer que está entre os melhores que eu já li.

    Bjuss

    ResponderExcluir
  8. Sempre tem aquele clichê né? Mas algumas partes da história sempre a torna diferente. Primeira resenha que leio desse livro e gostei bastante.
    Vamos ver no que essa vingança vai dar haha

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Ainda não li nenhum livro da série Notorious mas depois dessa resenha fiquei bem interessada nessa historia, gostei muito desse romance e que a autora consiga desenvolver ele não deixando uma historia forcada e gostei de saber que temos personagens bem desenvolvidos me deixando bem curiosa para poder ler !!

    ResponderExcluir
  10. Amo romances de época, mas não leria esse pela presença do erotismo. A escrita de Nicole parece ser o grande ponto forte da trama, alem de um casal que vai se conquistando pela sedução. Parece um clichê bem criado

    ResponderExcluir
  11. Eu sou completamente apaixonada por histórias hot..rs Viajo nelas. Apesar de serem poucas histórias que realmente tragam esse lado hot/amor misturados. Não precisa ser algo cru, mas sim algo que envolva o leitor de tal maneira que ele se sinta na história.. e na pele, o conteúdo!
    Como não conhecia o livro, fiquei super curiosa em relação aos personagens. essa época, os tabus, preconceitos..tudo! O que me deixa embaçada pe ser uma sperie!

    ResponderExcluir
  12. Sei lá, apesar de parecer ser um bom livro, nao consigo associar uma leitura de época à esse fundo erótico. Acho que eu não leria...

    Mesmo assim, parabéns pela resenha! 😉

    ResponderExcluir