30 de maio de 2016

Resenha #194 Relato de uma vida anônima

Oi pessoal!
Primeiramente quero pedir mil desculpas pelo sumiço, ando na correria com o bebê e não estou tendo tempo pra quase nada. Mas agora que aparentemente ele está entrando em uma fase mais calminha, corri aqui pra compartilhar com vocês a história desse conto. Ainda na novela tentando desencalhar os e-books do meu kindle, apresento Relato de uma vida anônima de Nanda Nascimento.


Titulo: Relato de Uma Vida Anônima
Autor(a): Nanda Nascimento
Editora: Amazon
Ano: 2015
N° de páginas: 09
Ela buscou o amor e encontrou o ódio, pediu ajuda encontrou o preconceito. Queria paz ganhou violência.
Diante do momento em que estamos vivendo atualmente no país, onde há um grande clamor pelos direitos das mulheres, ao mesmo tempo em que um grande número de "juízes" inflam o peito para declarar que essa classe a tanto tempo oprimida e massacrada é merecedora dos abusos que vem sofrendo, resolvi trazer a resenha desse conto. Primeiro porque me lembrou o momento atual e segundo porque mais uma vez me peguei pensando o quão relativa uma situação pode ser, não é mesmo? A verdade está nos olhos de quem a vê.

21 de maio de 2016

Resenha #193 After - Anna Todd

Oie galerinha!
Antes de mais nada eu quero fazer um pequeno desabafo, sabe quando você sabe que não deveria fazer algo e mesmo assim faz? Então, eu não deveria ter criado a meta de não iniciar novas séries esse ano. Sério mesmo pessoal! Não tem condição, acho que já bati meu record pessoal de novas séries iniciadas e que levarei um bom tempo pra conseguir terminar. Mas também, esse negócio de meta nunca funcionou muito bem comigo e pra confirmar estou fazendo o contrário do que deveria desde que o ano começou, sendo assim quero oficialmente derrubar essa meta, a essa altura do campeonato não conseguiria cumpri-la nem e se eu quisesse, e a grande verdade é que eu não quero. Estou verdadeiramente amando conhecer todos esses novos personagens. 


Titulo: After (After #01)
Autor(a): Anna Todd
Editora: Paralela
Ano: 2014
N° de páginas: 524
Tessa, de 18 anos, sai de casa, onde mora com a mãe, para ir para a faculdade. Até então sua vida se resumia a estudar e ir ao cinema com o namorado doce que conheceu ainda criança. No primeiro dia na faculdade, onde ela passa a dividir um quarto com uma amiga que adora festas, Tessa conhece Hardin, um jovem rude, tatuado e com piercings que implica com seu jeito de garota certinha. Logo, no entanto, os dois se envolvem e Tessa, que era virgem, vê sua sexualidade aflorar. Tessa logo descobre que Hardin possui um passado cheio de fantasmas e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Depois dele, ela nunca mais será a mesma.
Ler esse livro foi deliciosamente frustrante. Nunca havia passado por algo semelhante, foram mais de quinhentas páginas travando uma batalha de amor e ódio com esses protagonistas. Anna Todd trouxe a tona o que há de melhor e o que há de pior nos livros do gênero, por isso afirmo categoricamente que não poderia ter amado e odiado mais a história. Confuso? É sim, estou aqui envolta em uma confusão de sensações e sentimentos sem tamanho, mas sabe o que é pior? Não consigo parar de ler. Talvez, só talvez seja melhor assim, né?

Tessa teve uma infância difícil, desde cedo foi obrigada presenciar os abusos do pai alcoólatra e posteriormente teve que aprender a lidar com a mãe controladora, que após o divórcio depositou todas as suas energias e expectativas na filha. Com a partida do pai, Tessa pode viver uma vida tranquila e equilibrada, aos dezoito anos ela está satisfeita com a pessoa que é e onde conseguiu chegar, recém aprovada WCU (Universidade de Washington) e cursando letras ela se vê a cada dia mais próxima de alcançar a vida perfeita, pela qual vem batalhando. Mas seu ingresso na faculdade irá mudar completamente sua perspectiva de futuro e isso não tem nada a ver com o curso e os aprendizados que ele  pode lhe proporcionar. Hardin é o responsável por virar a vida de Tessa de pernas pro ar e confundir todos os seus planos, o badboy grosseiro e arrogante é o oposto completo de Noah, o namorado fofo com quem desde a infância Tessa pretendia casar. Mas isso não impede a jovem de se deixar envolver completamente pelo cretino insensível que detém o poder de destruir seu coração.

Gente, eu amei Hardin desde o primeiro instante. Não é segredo pra ninguém que sou apaixonada por esses universitários badboys vulgo Travis Maddox, por que enquanto a personalidade de Hardin se revelava era impossível não compará-lo com o Travis, essa foi a razão que me fez amar esse personagem e mais tarde odiá-lo. Não estão entendendo? Eu explico. Hardin pode ser descrito como 99% o pior (mas o pior mesmo) lado do Travis e apenas aquele 1% do lado fofo do meu Maddox querido. Okay, vou parar por aqui com a comparação, pois não quero ser injusta, afinal esse badboy tem sua própria história e suas próprias cargas (bem pesadas por sinal) emocionais. Mas nem todo drama do mundo aliviaria o fato de Harding, ser violento, ciumento e possessivo ao extremo, tornando uma relação que a principio se mostrou conturbada em uma relação doentia e prejudicial. Mas minha inconformidade aumenta ainda mais quando Tessa se sujeita a esse tipo de tratamento, buscando sempre uma justificativa para os atos abusivos do rapaz.

Com uma narrativa intensa no sentido mais amplo da palavra, Anna Todd nos apresenta dois opostos extremos que se atraem e juntos rumam em direção ao precipício emocional. Estou com tanta raiva de mim, vocês nem imaginam. Ainda não acredito que me deixei fisgar dessa forma e o pior, por personagens que nem gosto. Reflitam comigo, como posso estar tão envolvida com a história de Hardin e Tessa? Trata-se de um clichê descarado, onde a jovem puritana se deixa envolver pelo badboy insensível, isso não chega nem a ser atraente, certo? Errado, erradíssimo. Apesar de ter sentido falta de um desenvolvimento mais elaborado para as histórias e personalidades dos personagens secundários, não tenho do que reclamar desse quesito quando o assunto são os protagonistas. Hardin tem uma relação conturbada com o pai, que pasmem, também foi alcoólatra durante sua infância, além disso ele possui tantos fantasmas no armário que não importa quantos mistérios descubramos a seu respeito, sempre terá algo oculto, aguçando a curiosidade do leitor. Já Tessa é transparente em demasia (opostos extremos, eu disse), não há nada oculto nela, mas sua evolução e a transformação de sua personalidade são tão radicais que é impossível não se surpreender. Juntos esses dois compõem um dos romances mais intempestivos que tive a oportunidade de ler.

Sabe o que mais odeio nesse livro? Que apesar de todos os sentimentos conflituosos que ele me proporcionou eu não consigo odiá-lo de fato. Na verdade não consigo odiar nada nele, admito que não amo também, mas não consigo parar de ler. O que é isso produção? Talvez essa ânsia desenfreada esteja sendo desencadeada pela infinidade de situações que a autora criou no decorrer da trama e mesmo sendo um livro até grandinho não existem altos e baixos, durante a leitura me senti como se estivesse parada no ponto mais alto de uma montanha russa e sem cinto de segurança, durante mais de quinhentas páginas fiquei lá pendurada com o coração na mão. E talvez o fato de Hardin ser um escroto e a Tessa uma fraca seja apenas um detalhe (importantíssimo, eu admito), em meio a tempestade que a autora criou. O desfecho surpreendente e ao mesmo tempo arrasador e indignante não da margem para dúvidas e torna o segundo volume leitura obrigatória.

After trás uma história agridoce, contada exclusivamente pela perspectiva de Tessa, que confunde e envolve a ponto de você desejar mais e mais. Sinceramente não sei o que me reserva nos próximos volumes, já que acho um exagero cinco livros (o sexto e último é a versão de Hardin dos fatos do primeiro livro e esclarecimentos a cerca de sua infância conturbada) enormes contando uma mesma historia, mesmo assim já me encontro bem avançada na leitura do segundo título da série e já adianto que a sensação de aprisionamento é a mesma que senti lendo o primeiro. Torço para que esse ritmo frenético que estou desfrutando, perdure até que eu finalize a leitura de todos os livros, me impedindo de adicionar mais uma série incompleta a minha lista de leitura. Por fim, vou deixar a opção de ler ou não esse livro por sua conta em risco. Diante de tudo que falei aqui, sintam-se a vontade para decidir se vale ou não a pena se emaranhar nessa teia de acontecimentos, sentimentos, emoções e conflitos.

 || Skoob || Compare e compre: SubmarinoSaraivaAmazon || Gênero: Romance, jovem adulto, ficção ||

19 de maio de 2016

Primeiras impressões: A garota no trem de Paula Hawkins

Oi galerinha!
Já queria ter publicado a resenha desse livro a muito tempo, mas infelizmente ainda não consegui terminá-lo, se não me engano já conclui umas três ou quatro leituras depois que iniciei A garota no trem, mas terminar ele que é bom, nada. Infelizmente, apesar dos diversos elementos intrigantes a história não tem funcionado muito bem pra mim. Então vamos de Primeiras impressões por hoje.

15 de maio de 2016

Resenha #192 Mentira Perfeita - Carina Rissi

Oie pessoal!
Finalmente li um livro da Carina Rissi, heeeeee \o/!
E felizmente, a escrita dela é tudo isso que andam falando por ai. Esse foi o maior livro que li esse ano e li em tempo record, levei apenas uma noite e meia. Como meu filho tem apenas dez meses, os dias acabam sendo dedicados a ele, até porque não gosto de ficar interrompendo uma boa leitura a todo instante, então, enquanto ele dormia, eu devorava esse livro madrugada a fora e podem acreditar, valeu cada segundo das minhas noites em claro.


Titulo: Mentira Perfeita (Procura-se Um Marido #Spin-off)
Autor(a): Carina Rissi
Editora: Verus
Ano: 2016
N° de páginas: 462
Júlia não tem tempo para distrações. Ela é brilhante e sempre se esforça para ser a melhor naquilo que faz; por essa razão, sua vida pessoal acabou ficando de lado. Algo que sempre preocupou sua tia Berenice. Gravemente doente, a mulher teme que Júlia acabe completamente sozinha quando ela se for. Júlia faria qualquer coisa qualquer coisa mesmo! por tia Berê e, em seu desespero para agradar a única mãe que já conheceu, inventa um noivo enquanto torce por um milagre... E então o milagre acontece: Berenice se recupera e, assim que deixa o hospital, gasta todas as suas economias com o casamento dos sonhos para a sobrinha. Como Júlia pode contar a ela que mentiu, com a saúde da tia ainda tão frágil? É quando Júlia conhece Marcus Cassani. Ele é irritantemente cínico, mulherengo e lindo de um jeito que a deixa desconfortável. Marcus também está enfrentando problemas, e um acordo entre eles parece ser a solução. Tudo o que Júlia sabe é que deveria se afastar de Marcus. Mas seu coração tem uma ideia muito diferente.

13 de maio de 2016

Layout 3.0

Oieee pessoal!
Claro que vocês já perceberam que o blog está de cara nova né? Por acaso estão notando algo mais? Fiquem tranquilos, vou explicar todas as mudanças timtim por timtim. Já faz muito tempo que estou esperando por esse momento, não sabia quando, mas era certo que chegaria. Posso afirmar categoricamente que chegou, o blog cresceu, não se trata mais de um adolescente imprudente, ainda é um jovem descobrindo o mundo, mas está inquestionavelmente mais maduro e centrado. Ainda há de trilhar longos caminhos, mas o primeiro passo já foi dado. Quer saber mais? Então vem comigo!

8 de maio de 2016

Resenha #191 O guardião? - Eleonor Hertzog

Oiee!
Desde que soube do lançamento deste spin-off, da série Uma geração. Todas as decisões, desejei loucamente ler esse livro. Sou apaixonada pela escrita dessa autora e leria tudo que ela se propusesse a escrever, sem sombra de dúvida a Eleonor é uma das minhas autoras nacionais preferidas, o que torna esse livro ainda mais especial. 


Titulo: O guardião? (Uma geração. Todas as decisões. #2.5)
Autor(a): Eleonor Hertog
Editora: Mundo Uno
Ano: 2015
N° de páginas: 134
Vida e morte
Dia e noite
Sombra e luz
A cada verso, seu reverso. A cada ação, sua reação. A cada poder... Seu preço! Seu poder é gigantesco, meu jovem. Por isso, você é o Guardião. Na verdade, você é mais do que um simples Guardião. Mas... E se o preço do seu poder for a vida de quem você ama?

7 de maio de 2016

Resenha #190 A rainha da primavera - Karen Soarele

Olá pessoinhas lindas!
Hoje temos mais uma resenha! O livro da vez é A Rainha da Primavera escrito por Karen Soarele. mesma autora das Crônicas de Myríad, que tem os dois primeiros títulos resenhados aqui. Vamos conferir essa belíssima história! 


Titulo: A rainha da primavera
Autor(a): Karen Soarele
Editora: Cubo Mágico
Ano: 2012
N° de páginas: 100
Em um reino em decadência, um guerreiro em busca de redenção e um conselheiro real trilham uma jornada para encontrar a princesa há muito tempo desaparecida. Flora, que foi criada em uma ilha remota, é surpreendida ao ser confrontada com seu passado. Mas, no fundo de seu coração, ela sabia que a vida lhe reservava uma grande aventura, além do Mar Eterno.
Escoltada pelos dois forasteiros, ela partirá à procura de respostas sobre sua origem, embarcando na maior aventura de sua vida. E o que vai encontrar mudará não só sua relação com o universo, como também o destino de toda uma nação.

6 de maio de 2016

Resenha #189 Namorado de aluguel - Kasie West

Oi pessoal!
Finalmente retomei minha maré de boas leituras. Estou em um ritmo de leitura tão frenético que tenho dificuldade até pra dormir. Essa é minha primeira experiência com a escrita Kassie West, mas já adiando que quero muitas outras, uma leitura super positiva que funcionou muito bem pra mim.


Titulo: Namorado de aluguel
Autor(a): Kasie West
Editora: Verus
Ano: 2016
N° de páginas: 250
Quando Bradley, o namorado de Gia Montgomery, termina com ela no estacionamento do baile de formatura, ela precisa pensar rápido. Afinal, ela vem falando dele para suas amigas há meses. Esta era para ser a noite em que ela provaria que ele não é uma invenção de sua cabeça. Então, quando vê um garoto esperando pela irmã no estacionamento do baile, Gia o recruta para ajudá-la. A tarefa é simples: passar por namorado dela - apenas duas horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas. Depois disso, ela pode tentar reconquistar o verdadeiro Bradley. O problema é que, alguns dias depois do baile, não é em Bradley que Gia está pensando, mas no substituto. Aquele cujo nome ela nem sabe. Mas localizá-lo não significa que o relacionamento de mentira deles acabou. Gia deve um favor a esse cara, e a irmã dele tem a solução perfeita: a festa de formatura da ex-namorada dele - apenas três horas, nenhum compromisso, algumas mentirinhas.

5 de maio de 2016

Resenha #188 Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor? - Allan e Barbara Paese

Olá queridíssimos!
Hoje trouxe resenha de um livro indicado por uma professora da minha Faculdade da matéria de Gestão de Pessoas I, um livro bem interessante, diga-se de passagem. Vamos conferir a resenha!


Titulo: Por que os homens fazem sexo e as mulheres fazem amor?
Autor(a): Allan e Barbara Paese
Editora: Sextante
Ano: 2000
N° de páginas: 234
Neste livro você vai conhecer os importantes avanços da ciência da evolução humana e como suas descobertas se aplicam ao relacionamento entre homens e mulheres. Serão apresentadas algumas conclusões perturbadoras e controvérsias vão surgir, mas vamos nos reconhecer, entender melhor muitas coisas e, certamente, aprender a conviver melhor. Você vai saber entre outras coisas: Por que as mulheres se desesperam com o silêncio dos homens; por que os homens não devem mentir para as mulheres; por que as mulheres são mais fiéis do que os homens; por que os homens monopolizam o controle remoto; por que as mulheres têm dificuldade de estacionar junto à calçada; e por que os homens detestam crítica; por que quando estressados os homens se calam e as mulheres falam tanto.

3 de maio de 2016

Resenha #187 A menina do Vale - Bel Pesce

Olá galera linda!
Para quem não sabe ainda, eu sou estudante do quinto período do curso de Administração. Nesse mundo universitário recebemos várias indicações de livros por parte dos professores, mas esse não foi um deles HAHAHA. Achei o livro em uma das minhas buscas pela internet e hoje trarei um pouquinho do meu outro universo para vocês. Então, vamos conferir!


Titulo: A menina do Vale
Autor(a): Bel Pesce
Editora: Casa da Palavra
Ano: 2012
N° de páginas: 160
Iniciativa? Trabalho em equipe? Networking? Determinação? Quais são as coisas que podem fazer toda a diferença para quem sonha em empreender? Em A Menina do Vale, Bel Pesce conta o que tem aprendido em sua jornada empreendedora e cita diversos cases de sucesso que mostram como o perfil empreendedor pode mudar uma vida.
Se prepare para mergulhar em histórias cativantes, que mostram que tudo é possível se você se dedicar de cabeça e coração.

2 de maio de 2016

Resenha #186 O quarto dia - Sarah Lotz

Oi pessoal!
Hoje vou compartilhar com vocês os momentos alucinantes que esse livro me proporcionou, a genialidade de Sarah bateu todos os recordes e me deixou de cabelos em pé mais de uma vez. 


Titulo: O quarto dia
Autor(a): Sarah Lotz
Editora: Arqueiro
Ano: 2016
N° de páginas: 352
Janeiro de 2017. Após cinco dias desaparecido, o navio O Belo Sonhador é encontrado à deriva no golfo do México. Poderia ser só mais um caso de falha de comunicação e pane mecânica... se não fosse por um detalhe: não há uma pessoa viva sequer no cruzeiro. As autoridades acham indícios de uma epidemia de norovírus, mas apenas descobrem os corpos de duas passageiras. Para piorar, todos os registros e gravações de bordo sofreram danos irreparáveis. Como milhares de pessoas podem ter sumido sem deixar rastro? Teorias da conspiração se alastram, mas só há uma certeza: 2.962 passageiros e tripulantes simplesmente desapareceram no mar do Caribe.