28 de janeiro de 2016

Resenha #166 Rush sem limites - Abbi Glines

Olá! Continuo minha maratona #RosemaryBeach e acabei de concluir mais um título dessa série. Essa foi a forma que encontrei para recuperar o tempo perdido e ainda bem que está dando tudo certo e fluindo muito bem. A cada livro mergulho mais e mais nesse mundo criado pela Abbi e quanto mais fundo eu vou, menor é a minha vontade de retornar.

Titulo: Rush Sem Limites (Sem Limites #04)
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
N° de páginas: 208
Rush merece sua reputação de bad boy. Com seus carros de luxo e sua mansão de três andares à beira-mar, o filho de um famoso astro do rock tem uma fila de garotas a seus pés. No entanto ele precisa apenas de duas pessoas para ser feliz: seu irmão postiço e melhor amigo Grant e sua meia-irmã Nan. Até que Blaire Wynn chega à cidade em sua velha caminhonete. A beleza angelical da garota do Alabama logo chama a atenção de Rush. Mas, por causa de um segredo de família, ele decide manter distância de Blaire. Mesmo que ela precise de sua ajuda. E mesmo que ela lhe desperte sentimentos desconhecidos. Órfã de mãe e abandonada pelo pai, Blaire está sozinha no mundo – porém Rush entende que se aproximar dela pode destruir a vida da irmã, a quem protegeu desde que eram crianças. A relação secreta entre as duas e o ódio que Nan nutre por Blaire são mais do que bons motivos para Rush manter-se afastado. Só que ele não consegue. O desejo fala mais alto.

27 de janeiro de 2016

Falando de livros #14


Eu leio… Releio… Aprendo e conheço. Faço uma viagem pelo mundo, Respiro fundo… E sou mais feliz! Um outro mundo é Possível, através dos livros. Há um outro mundo a sua espera. Conhecimento, Cultura e Felicidade.. Lhe esperam a partir da primeira página! Poetas, Professores, Estudantes ou simples Trabalhadores… Todos beneficiados com este Mundo mágico dos Livros! Ah…meu livro! quando te abro, não quero te fechar! Ah…meu livro! quando te acho, não quero te deixar! Ah…meu livro! quando te leio… me encontro, me completo, não quero descansar! - Sérgio Guedes

26 de janeiro de 2016

Resenha #165 Simples perfeição - Abbi Glines

Olá pessoal! Olha eu aqui de volta com a série Rosemary Beach da Abbi Glines. Essa é mais uma dentre as tantas que estou atrasada, mas como diz o ditado "devagar e sempre". Após tanto tempo longe dessa série não esperava um retorno tão fluido. A escrita da Abbi é uma loucura, já virei fã de carteirinha. Apesar disso encontrei alguns percalços pelo caminho. Confiram a resenha.

Titulo: Simples perfeição (Perfeição #02)
Autor(a): Abbi Glines
Editora: Arqueiro
N° de páginas: 208
Woods teve sua vida traçada desde o berço. Cuidar dos negócios da família, casar com a mulher que os pais escolheram, fingir que riqueza e privilégios eram tudo de que ele necessitava. Então a doce e sensual Della apareceu e conquistou seu coração, abrindo seus olhos para um novo futuro. A vida do casal seguia para um final feliz, até acontecer um imprevisto: a morte do pai de Woods. Da noite para o dia, o rapaz herda o império Kerrington e, embora sempre tenha almejado essa posição, precisará de toda ajuda possível para provar que está à altura de tanta responsabilidade. Della está determinada a ser o apoio de que Woods necessita, mas os fantasmas do passado ainda estão presentes e mais intensos do que nunca. Pressionada pela ex-noiva e pela mãe de Woods, ela toma a decisão mais difícil de sua vida: abdicar da própria felicidade pelo homem que ama. Mas os dois terão a força necessária para seguir em frente um sem o outro? 

25 de janeiro de 2016

Dia Nacional do Esqueça um Livro

Olá queridos! Vocês sabiam que existe um dia nacional para "se esquecer" livros em lugares públicos? É uma ideia loucamente incrível vocês não acham? Bom, não é novidade que, nós aqui do blog, amamos compartilhar nosso amor pela leitura e incentivar a mesma. Por isso resolvemos participar do projeto "Esqueça um Livro" esse ano. Mas antes, vamos conhecer um pouco sobre esse projeto!


Essa ideia foi desenvolvida pelo jornalista, blogueiro e colunista em literatura Felipe Brandão em abril de 2013 com a campanha  “Esqueça um Livro”, inspirada no site BookCrossing, fundado nos Estados Unidos em 2001, que possui uma proposta parecida. Saiba mais (www).

24 de janeiro de 2016

[Resenha] Canção da Rainha - Victoria Aveyard

Olá cariños!
Sabe quando você entra no clima de uma história e quer saber tudo que for possível a respeito dela? Estou assim, entrei na vibe de A rainha vermelha e quero ler tudo que tenha a ver com ela. Sendo assim, a resenha de hoje é de um conto, que trás a história de Coriane, primeira esposa do rei Tiberias VI e mãe do príncipe herdeiro Tiberias VII ou simplesmente Cal para os mais íntimos. Chega mais e vamos conhecer essa história.

Canção da rainha (Queen Song)
Coleção: A rainha vermelha #0.1
Autor (a): Victoria Aveyard @VictoriaAveyard
Publicação: Seguinte
ISBN: B016OX9W2S | Skoob
Gênero: Fantasia
Ano: 2015
Páginas: 51
Minha avaliação: 5/5★
Ainda jovem, Coriane Jacos foi obrigada a se mudar para o palácio real e lutava para lidar com os perigos e armadilhas do convívio com as outras Grandes Casas. A garota e o então príncipe herdeiro ficaram cada vez mais próximos, provocando a inveja e o ciúme de outras jovens da nobreza, sobretudo Elara Merandus — que tinha o poder assustador de entrar na mente das pessoas. Apaixonado, o príncipe descartou a Prova Real e escolheu Coriane como sua esposa, mas a vida da jovem rainha estava muito longe do tradicional “felizes para sempre”…
Já havia percebido em A rainha vermelha, que os prateados não são tão fortes como querem que todos pensem. O que eu não tinha visto tão de perto e com extrema nitidez, é o quando podem ser sórdidos e desumanos, em Canção da rainha temos acesso a história da primeira esposa do rei Tiberias VI, a rainha Coriane que registrou seus sentimentos mais íntimos em um diário que ganhou do irmão Julian, seus pensamentos ocultos que ninguém mais poderia saber são compartilhados conosco, nos enchendo de uma melancolia sem tamanho.

23 de janeiro de 2016

[Resenha] A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

Olá personas!
Já faz bastante tempo que desisti de esperar alguma coisa dos livros "sucesso" do momento, e com esse não foi diferente. Achei a capa linda, a sinopse me chamou a atenção e foi só. Não buscava nada demais na leitura desse livro. E ao lê-lo despretensiosamente me deparei com a melhor distopia que já li em toda a minha vida. Apresento a vocês o livro que superou todas as minhas expectativas.

A rainha vermelha (Red Queen)
Coleção: A rainha vermelha #01
Autor (a): Victoria Aveyard @VictoriaAveyard
Publicação: Seguinte
ISBN: 9788565765695 | Skoob
Gênero: Fantasia
Ano: 2015
Páginas: 422
Minha avaliação: 5/5★
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.
Mare vive em uma sociedade dividida, onde a desigualdade entre os vermelhos e os prateados são gritantes. Os vermelhos são pobres miseráveis, escravizados e oprimidos pela elite prateada que detém todo o poder. Além de serem subjugados pelos deuses prateados, os vermelhos ainda são obrigados a lutarem uma guerra que não é sua, enviados para os campos de batalha, servindo como escudo para os soldados da elite, eles tem suas forças e esperanças esmagados diariamente por um governo tirano e desumano. Prestes a completar dezoito anos, Mare não vê saída para se livrar do recrutamento iminente, ela não possui um emprego ou qualquer talento, o que a obrigará seguir os destinos dos seus três irmãos mais velhos, que foram enviados a força para as frentes de batalha.

20 de janeiro de 2016

Resenha #162 A rainha - Kiera Cass

Estou hiper, mega atrasada com a leitura dos livros dessa série. Os três primeiros li em uma maratona desenfreada e acabei entrando em um hiatos demasiado longo o que comprometeu minhas leituras do ano passado. Agora no entanto, resolvi correr atrás do tempo perdido, confesso que não está sendo fácil, maaas apesar disso está super prazeroso retomar tudo. 

Titulo: A rainha (A seleção #0.4)
Autor(a): Kiera Cass
Editora: Seguinte
N° de páginas: 70
Uma das personagens mais cativantes de A Seleção é a rainha Amberly, mãe do príncipe Maxon. Ao longo da série, descobrimos pouca coisa a seu respeito, e muitas dúvidas permanecem: como uma pessoa tão bondosa e gentil se apaixonou por um homem rígido e impiedoso? Por que Clarkson a escolheu, considerando que ela vinha de uma casta baixa e de uma província pobre? E qual era exatamente seu estado de saúde?

19 de janeiro de 2016

Revelada a arte da capa de "Talismãs" de Eleonor Hertzog

Oi pessoal!
A autora parceira do blog Eleonor Hertzog divulgou a arte da capa do terceiro livro da série "Uma geração, todas as decisões", Talismãs trás de volta o tema azul que conhecemos na primeira edição de Cisne, mas nem de longe esse se parece com aquele azul claro e tranquilo. Podemos perceber claramente que os Melborne estão em apuros e o Cisne correndo sérios riscos. A arte foi feita por Rafael Krás, o mesmo desenhista das artes de Cisne e Linhagens. Mas, desta vez, Krás também foi responsável pela cor, que ficou espetacular, não é mesmo?

Admito que sou suspeita para falar a respeito dessa série, sou apaixonada pelos gigantes da Eleonor, desde o meu primeiro contato com Cisne a cerca de três anos atrás. Logo de inicio cai de amores pelos Melborne, bem como passei a nutrir um carinho todo especial pelo enredo envolvente e cheio de lições que a autora desenvolveu. A escrita é um espetáculo a parte, Eleonor nos transporta para um mundo fantástico ímpar, cheio de aventuras, emoções e muita diversão.

18 de janeiro de 2016

Layout 2.0


Hello people! É com uma alegria que não cabe no peito que trago esse post hoje. Após três anos de blog resolvi mudar o layout pela segunda vez.

Mas essa não é apenas uma simples mudança, acredito que seja um ponto que demarca a transição que estamos passando, quero deixar pra trás o ano de 2015 no qual estive completamente ausente e aproveitar tudo o que 2016 tem para oferecer. O layout 2.0 retrata bem isso, ele é diferente de tudo que já passou por aqui, as cores vibrantes vem no intuito de alegrar ainda mais os visitantes. Além disso, outros detalhes como o slide de capas das ultimas resenhas, o arquivo em forma de calendário, entre outros, irão deixar o Sou Bibliófila mais funcional.

E mais uma vez eu agradeço essa belezura a Beatriz Nathaly, do blog Escrevendo Mundos, que acreditou e sonhou esse layout junto comigo. Sem falar dos baldes de ansiedade que despejei em cima dela e as incansáveis alterações nas quais ela trabalhou até o 45 minutos do segundo tempo. Obrigada Bia por toda paciência e compreensão. A Bia é minha zona de conforto, já conheço, admiro e confio no trabalho dela e por isso recorri a ela assim que decidi fazer a mudança. Além da Bia, quero agradecer a Daiane Silva, minha irmã e colaboradora aqui do blog, ela me ajudou a personalizar esse layout,  me deu dicas valiosíssimas e vem participando de forma significativa nessa retomada.

Estou me sentindo realizada, começando essa nova fase com o pé direito. Desejo que muitas outras coisas boas possam vir pra todos nós esse ano. E que nunca nos falte inspiração.

17 de janeiro de 2016

Mais um ano...


Olá amores! A exatamente três anos atrás 17.01.2013, ia ao ar o primeiro post do Sou Bibliófila, eu não tinha ideia do que fazer, não tinha nada além do desejo de que o blog ganhasse força. Nunca passou pela minha cabeça que íamos chegar até aqui, era tudo tão incerto na época que apenas me joguei e esperei para ver o que aconteceria. E muita coisa aconteceu, ganhei muito mas também perdi, aprendi e acredito que ensinei (uma troca mútua e continua), me surpreendi e me decepcionei. Vivi um misto de emoções e sentimentos. Houve momentos em que me dediquei 110%, em outros no entanto me fiz totalmente ausente. 

O Sou Bibliófila, não é apenas amar ler e compartilhar esse amor, são pedaços de mim, que chegam até vocês através de cada post. Amo estar por aqui e pretendo continuar esse trabalho por muito tempo ainda.

E como venho falando desde que o ano começou, 2016 será diferente, o blog está mais maduro e a blogueira aqui também, não sou mais aquela acadêmica de enfermagem que escrevia nas horas vagas. Hoje sou Enfermeira, esposa e mãe. Tenho tantas responsabilidades no dia-a-dia, que para manter o blog tive que elevá-lo a outro nível, não o vejo mais como distração ou passa tempo, entrar aqui faz parte da minha rotina, é algo a mais para se dedicar e fazer dar certo. Sendo assim, continuem por aqui, pois eu estarei buscando sempre dar o meu melhor, trazendo muitos outros pedacinhos de mim e compartilhá-los com vocês com muito amor e carinho.

Obrigado a todos os que fizeram e fazem parte dessa nossa trajetória. Os que se foram e os que estão por vir. Agradeço cada seguidor, curtida, comentário... Todas as demonstrações de carinho que tenho recebido frequentemente. 

Que venham muitos outros anos! E juntos nós iremos vivê-los, um de cada vez.

16 de janeiro de 2016

Séries Literárias: A rainha vermelha de Victoria Aveyard

O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso. Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.

15 de janeiro de 2016

Resenha #161 Antes do filme começar (Fazendo meu filme #0) - Paula Pimenta

Hey personas! Vim compartilhar mais um conto top com vocês, esse é de uma série bem conhecida. Quem ai nunca ouviu falar de Paula Pimenta ou de sua Série Fazendo meu filme? Pois bem, esse conto foi uma espécie de bônus da autora para os fãs das suas obras, estão curiosos para saber mais detalhes das vidas de Fani, Leo e seus amigos? Então confiram logo abaixo.

Titulo: Antes do filme começar (Fazendo meu filme #0)
Autor(a): Paula Pimenta
Editora: Gutenberg
N° de páginas: 11
História que deu origem ao roteiro de Fazendo Meu Filme Em Quadrinhos, Fani e a turma vão fazer um aniversário surpresa para o Leo, mas será que vai dar certo?
Sempre quis ler os livros dessa série, mas infelizmente sempre aparecia um motivo qualquer que impossibilitava minha leitura. Recentemente me deparei com esse conto que em poucas páginas nos insere no mundinho de Fani. A escrita da Paula é fluída e apaixonante e por se tratar de um infanto-juvenil a história é leve e agradável. Percebi diversas características positivas lendo apenas essas onze páginas e acho que nem preciso falar que foi amor a primeira lida. Mas do que nunca desejo ler essa série.

14 de janeiro de 2016

Falando de livros #13


"Poucas coisas marcam tanto um leitor como o primeiro livro que realmente abre caminho ao seu coração. As primeiras imagens, o eco dessas palavras que pensamos ter deixado para trás, nos acompanham por toda a vida e esculpem um palácio em nossa memória ao qual mais cedo ou mais tarde – não importa os livros que leiamos, os mundos que descubramos, o quanto aprendamos ou nos esqueçamos – iremos nos retornar.” (Carlos Ruiz Zafón)

13 de janeiro de 2016

Queima de Estoque Ed. Selo Jovem

Olá meus queridos e minhas queridas!!! Como estão? 
Estou de volta e com uma super novidade! Heeeee (fogos!!) kkkk ... Ok, ok, vamos ao que interessa... A Editora Selo Jovem, está com um super Queima de Estoque. Isso mesmo que vocês leram Q-U-E-I-M-A D-E E-S-T-O-Q-U-E!!!

Os livros estão no valor de R$ 9,99 podendo sair de 9,49 no depósito. Sim, sim, eu estou surtando aqui, porém o dinheiro está pouco esse mês. Fazer o que neh? 

Alguns dos títulos que me deixaram com aquela vontade de não pagar as contas para poder aproveitar essa super oferta.

12 de janeiro de 2016

Resenha #160 Laços de Amor - Maureen Child

Olá amores! Resenha quentinha saindo do forno pra vocês. Sempre amei os romances de banca, por sua leitura rápida e intensa, esse livros trás essas características de forma bem nítida, as histórias desse tipo de livro são quase sempre clichês, mas temos que admitir que certos clichês são viciantes. Eu devorei esse livro e terminei a leitura muito mais que satisfeita. Ficaram curiosos? Então conheçam Laços de Amor.

Titulo: Laços de Amor
Autor(a): Maureen Child
Editora: Harlequin
N° de páginas: 182
Papai... em dose dupla! Gêmeos?! Era quase impossível aceitar a impressionante revelação de que seu caso com Jenna Baker lhe dera dois filhos. O magnata Nick Falco jamais se considerara do tipo que constituía família. Ainda assim, quando a paternidade o pegou de surpresa, ele decidiu que seus filhos teriam um pai presente. No entanto, por mais sedutor que ele fosse, Jenna não estava disposta a tê-lo novamente em sua vida... não sem antes ouvir as três palavras que Nick jamais lhe dissera...

11 de janeiro de 2016

Trilogias: Desejo Proibido de Sophie Jackson

Olá pesosal!
Hoje trouxe pra vocês a trilogia Desejo proibido da escritora Sophie Jackson que está sendo publicada atualmente no no Brasil pela Editora Arqueiro. A trilogia foi publicada originalmente como uma fanfic de TwillingPound of Flesh (título original) foi lida mais de 4 milhões de vezes. O sucesso obtido no exterior parece estar se repetindo no Brasil. O primeiro livro já possui avaliação 4.2 no skoob e inúmeras resenhas positivas. E o conto, disponibilizado gratuitamente no site da Amazon (www), está entre os mais baixados. Confesso que estou curiosa e pretendo lê-lo em breve, então aguardem pois vocês ainda irão ouvir falar dele por aqui.

Desejo Proibido (Desejo Proibido #01) e Eternamente Você (Desejo Proibido #1,5)

10 de janeiro de 2016

Resenha #159 Só Agora - Vitor Emmanuell

Olá! Hoje trouxe a resenha de um livro que tenho a bastante tempo no meu kindle, (esse ano vou tentar desencalhar uns livros e e-books que já passaram da hora de serem lidos), apesar de não ter sido uma das melhores leituras, acredito que esse livro tem características que valem ser contadas. Sendo assim, chega mais pra conferir a resenha de Só agora.

Titulo: Só Agora
Autor(a): Vitor Emmanuell
Editora: Independente
N° de páginas: 192
Martin, um guitarrista irresistível. Vanessa, uma vocalista temperamental. Claro que ele achou sua voz parecida com a da Pitty, sua cantora favorita. E ela o achou idêntico ao Chris Pine, seu ator preferido. Mas ambos possuem personalidades diferentes. Ele é incrível... Ela tem tantos sonhos... Pena que uma ex-namorada maluca e um professor sexy farão da vida desses dois um inferno. Só Agora é um retrato da capacidade de tornar sonhos em realidade. Uma história de amor quase perfeita, onde duas pessoas lutam para ficarem juntas, mesmo que o universo diga o contrário.

7 de janeiro de 2016

Feliz dia do leitor


Me apaixonei pelos livros.
Foi inesperado e imperceptível, quando dei por mim, lá estava ela... Uma paixão enorme e pulsante. 

De repente eu estava sedenta pela leitura. Não conseguia dormir, precisava ler mais e mais, passei a devorar livros como se minha mente precisasse daquele alimento viciante para continuar existindo. Conheci novos mundos, pensamentos e sentimentos. Os personagens tornaram-se meus amigos, parentes e conselheiros.

Fui invadida, minhas palavras e meus sonhos, eram sempre sobre livros, histórias e personagens. Logo já não sabia o que havia vivido e o que havia lido, era como se eles fizessem parte de mim... Não me importei com essa confusão, me envolvi ainda mais nessa paixão arrebatadora. Me deixei levar, os livros me faziam pensar, sorrir, imaginar, algumas vezes até chorar, os livros me faziam sentir.

Alguns criticavam meu envolvimento... Você vai enlouquecer. - Eles diziam. Eu não me importei, eu estava feliz. Continuei alimentando esse desejo de ler sempre mais, fui expandindo, aprendendo, sendo.

Hoje não sou mais apaixonada, eu mudei, cresci, amadureci e esse sentimento antes tão fugaz e arrebatador se transformou em amor. Eu amo ler, simples assim. Me faz bem, me acalma e faz feliz. Os livros entraram na minha vida de repente, mas foi gradativamente que eles se fixaram no meu mundo

Na tentativa de saciar minha mente sedenta transformei os livros em meu refúgio.

Feliz dia do Leitor!

4 de janeiro de 2016

Ed. Única irá lançar "Horas Decisivas" de Michael J. Tougias e Casey Sherman

Cadê os fãs dos livros históricos? Espero que estejam por aqui, porque acabei de receber um e-mail da Ed. Gente e corri para compartilhar com vocês essa novidade. A Ed. Única irá lançar esse mês o livro "Horas decisivas" que inspirou o filme estrelado por Chris Pine e que estreia em 4 de fevereiro nos cinemas do Brasil. Confiram abaixo a capa e a sinopse do livro.

Título: Horas Decisivas
Autor(a): Michael J. Tougias e Casey Sherman
Páginas: 256
Skoob

“VOCÊ TEM QUE IR, MAS NÃO TEM QUE VOLTAR.”
O lema não oficial da Guarda Costeira martelava na cabeça de Bernie Webber depois de ter sido convocado para resgatar os tripulantes de um petroleiro que se rompera ao meio, numa das mais aterrorizantes tempestades de inverno da costa norte-americana. As chances de sobrevivência dele e dos três outros jovens que o acompanhariam na missão eram mínimas. Nessa mesma noite, um segundo petroleiro também se partira ao meio a poucos quilômetros do primeiro, e outra equipe de resgate estava em busca dos sobreviventes da outra embarcação. Aquele 18 de fevereiro de 1952 ficaria para sempre na memória de todos os envolvidos. 

3 de janeiro de 2016

Capas pelo mundo #10 Como eu era antes de você

Hey pessoas!
Pra matar a saudade em grande estilo, resolvi trazer uma das colunas que mais amo. E protagonizando o Capas pelo mundo de hoje temos o querido Como eu era antes de você que além de ser minha leitura atual causou um grande alvoroço recentemente após a revelação de que uma sequência dessa história que arrancou lágrimas de inúmeros leitores, está por vir. Sendo assim espero que vocês curtam bastante, porque tive um trabalhão para selecionar apenas essas dentre mais de noventa capas disponíveis. Confiram e deixem sua opinião a respeito. 

BRASIL, BRASIL (CAPA DO FILME) E ESTADOS UNIDOS

  

1 de janeiro de 2016

Voltamos!

Olá pessoal!
Como todos que por aqui andaram no último ano puderam perceber o blog está parado a mais de um ano. Na época comentei superficialmente sobre a razão que estava me afastando do mundo literário.

Benjamim Caleb (Meu filho)
Não sei se vocês se lembram (bem provável que não), mas eu engravidei no final de 2014, desde então passei por maus bocados, por se tratar de uma gestação difícil, cheia de internações e mau estar, não tive como manter o blog nessa época, sai até do trabalho por não ter condições de realizar minhas atividades trabalhistas. Após o nascimento do bebê resolvi aguardar um pouco mais para retornar, acreditei que com o passar do tempo seria mais fácil conciliar o blog com as tarefas maternas.

Pois bem, aqui estou seis meses (quase sete) depois do parto e garanto que as coisas estão a cada dia mais difíceis. Conforme meu Benjamim vai crescendo, maiores são minhas atribuições. Não consigo enxergar quando isso será menos intenso. Diante disso resolvi chutar o balde e arriscar, afinal, se não me esforçar jamais retornarei a blogosfera e sinceramente mais de um ano longe já foi mais que suficiente pra me deixar desesperadamente com saudade de tudo.

Então é isso galera, o Sou bibliófila está de volta, no decorrer desse mês pretendo me situar direitinho. Perdi muita coisa nesse ano longe, não estou desesperada para retomar tudo em um dia, sinto como se estivesse começando do zero, tenho que ver direitinho o que mudou, procurar velhos (as) amigas blogueiras, entre outras milhares de coisas.

Vou tentar manter a rotina anterior do blog, mas acredito que algumas mudanças serão inevitáveis e bem vindas né? Conforme for decidindo o que vou fazer vou informando vocês queridos. Conto com vocês por aqui.

P.S: Como minha saída ocorreu de repente não deixei ninguém responsável pelas pendências do blog, algumas consegui resolver, outras no entanto acabei não dando conta. Sendo assim, se fiquei devendo algo pra você, envie um e-mail para delmysc@hotmail.com e me informe direitinho do que se trata e eu estarei resolvendo com o maior prazer.

Agradeço a todos pela compreensão de todos, espero compartilhar mais esse ano com todos vocês, sejam bem vindos ao terceiro ano do Sou Bibliófila.