25 de maio de 2014

Resenha #121 Austenlândia - Shannon Hale

Quem nunca sonhou em viver em um livro favorito?? Quem nunca desejou ser e se vestir como um personagem querido?? E se você tivesse essa oportunidade, o que faria? Uma estória divertida e cativante, preparem-se para embarcar em Austenlêndia e conhecer personagens marcantes que te farão sorrir e esquecer um pouco da realidade cotidiana.

Título: Austenlândia (Austenlândia #01)
Autor (a): Shannon Hale
Editora: Record
N° de Páginas: 240
Jane Hayes tem 33 anos e mora na Nova York atual. Bonita, inteligente e com um bom emprego, ela guarda um um segredo constrangedor: é verdadeiramente obcecada pelo Sr. Darcy. Embora sonhe com ele, os homens reais com os quais se depara são muito diferentes dos que habitam sua fantasia. Justamente por isso, ela decide deixar de lado sua vida amorosa e aceitar seu destino: noites solitárias aconchegada no sofá assistindo a Colin Firth em seu DVD. Porém, esses não são os planos que sua rica e velha tia-avó Carolyn, tem para a moça. A única a descobrir o segredo de Jane deixa, em seu testamento, férias pagas para a sobrinha-neta na Austenlândia. A ideia é que Jane tenha uma legítima experiência como uma dama no início do século XX e consiga se livrar de uma vez por todas de sua obsessão. Contudo, para isso, ela terá que abrir mão do celular, da internet e até do uso de sutiãs em troca de tardes de leitura, espartilhos e... a companhia de belos cavalheiros. 

Jane é uma mulher que já está cansada de tantos relacionamentos fracassados, foram cerca de treze namoros que terminaram muito mal. A cada fracasso Jane embarcava mais ainda na sua paixão oculta pelo Sr. Darcy que na opinião da garota (e de muitas outras) trata-se do homem ideal. Aos trinta e três anos essa obsessão por um personagem literário não cai nada bem, por isso Jane tem que lidar com as críticas frequentes de sua mãe que claramente desaprova o estilo de vida solteirona que a filha adotou após ter decidido abrir mão dos homens e dos fracassos amorosos.

Mas Jane ainda não está pronta para deixar para trás anos de admiração pelo Sr. Darcy então após receber um presente de uma de suas tias, ela embarca para Austenlândia, um lugar onde todos se comportam como se vivessem em 1816. As roupas, a forma de falar e agir são baseadas nos costumes da época, lá Jane acredita que terá a oportunidade de viver seu sonho, e quem sabe consiga superar toda essa fantasia e seguir no mundo real como todos esperam. Mas será realmente um sonho? Jane se depara com costumes e situações que divergem daqueles aos quais ela está habituada, ela será capaz de mergulhar nesse mundo de fantasia onde os galanteios não passam de meras falas decoradas? Em sua busca pela realidade em um mundo de fantasia Jane nos comove e nos cativa, nos faz desejar que no final das contas o Sr. Darcy que ela tanto almeja seja sim um cara da vida real.

A principio esse livro não me chamou muito a atenção, mas quando comecei a ler várias resenhas positivas a respeito confesso que fiquei curiosa, mas era só isso, mera curiosidade em saber onde a autora havia acertado. Quando iniciei a leitura, me vi instantaneamente envolvida com o dilema de Jane, uma personagem autêntica e que apesar do desastre de sua vida amorosa não enfrenta o terrível sentimento de negação, ela sabe que seus relacionamentos foram péssimos e fala isso claramente apesar de não estar confortável com essa situação (e nem deveria). Jane é uma mulher adulta e madura, acredito que ela lidaria com qualquer problema de forma racional, exceto pelo seu "probleminha", a bendita obsessão pelo Sr. Darcy é o único ponto que parece desestruturar o equilíbrio da personagem. Em Austenlândia ela vive dilemas e não tem medo de se arriscar, adorei as interações entre Jane e um certo Sr. Nobley, as conversas de ambos estavam sempre repletas de ironias e provocações (sou apaixona por esse tipo de diálogo).

No decorrer do enredo podemos presenciar o amadurecimento e a superação da personagem, que de forma simples mas concreta vai ganhando espaço no coração do leitor, em meio a fingimentos e mentiras, Jane parece ser o pouco de autenticidade em Austenlândia, isso por si só já me deixou muito orgulhosa da personagem. O desfecho me decepcionou um pouco, o livro apresenta um drama por vezes cômico, mas esperava algo no estilo contos de fadas para o final, me ocorreu que seria algo mais sólido e sério. Mas apesar disso o livro não perdeu seu brilho, uma história que devorei avidamente e que não me arrependo de ter lido de forma alguma, muito pelo contrário tornou-se um dos meus favoritos. Ao concluir a leitura estava querendo mais e então fui em busca do filme baseado no livro, mas não consegui assisti-lo, pelo pouco que pude ver no trailler, o filme é bem diferente do livro e sinceramente não tenho mais tanta vontade de assistir, prefiro a versão do livro. E por fim eu indico para todos os que curtem drama leve, comédia romântica e aos que buscam um livro leve e divertido, mas que lhe mantêm preso nas páginas e que faz com que o tempo voe enquanto você o lê.

Ótimo

Confira esse e outros livros, além de muitas novidades 
legais na Fan Page da editora.

10 comentários

  1. Eu tenho um sério problema com Jane Austen. Tentei ler Orgulho e Preconceito, mas empaquei e acabei abandonando. Tô pra ver o filme pra me animar a retomar a leitura. Mas achei a premissa desse livro bastante interessane, me lembrou um pouco Perdida nesse lance de abrir mão da tecnologia e voltar no tempo.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro a capa desse livro e sei que é um romance bem gostosinho, com certeza sera uma leitura minha de 2014

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  3. Você acredita que nunca li nada da Jane Austin?! Recentemente tem sido publicados vários livros com alguma relação com a autora... Isso tem me deixado com mais e mais vontade de lê-la. Achei esse livro uma gracinha e assim que eu tiver a oportunidade de conhecer o famoso sr. Darcy irei ler esse =)

    Beeijos, Dreeh.
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  4. Que pena que o desfecho te decepcionou um pouco, mas que bom que você indica mesmo assim, porque acabei de comprar esse livro! rs... Amo livros em que a gente percebe o amadurecimento da personagem, e estou louca pra ler esse. Sou muito fã de Jane Austen! *-*

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi Del, como você já sabe não curto muito romances não.
    Mas esse parece ser bem legal, e essa capa é muito bonita e chamativa.
    Abraços
    www.booksever.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Del!
    Estou querendo MUITO esse livro! A história me atrai muito, ainda mais por ter Jane Austen no meio. <3
    Uma pena não ter sido tudo que vc esperava, mas não parece ser uma leitura ruim, então vou me jogar de cabeça. \o/
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  7. Ah eu queria que fosse possível viver meu livro favorito com meu personagem preferido, seria uma sonho maravilhoso rsrs.
    Mesmo ciente que o final não te agradou, eu quero conhecer mais dessa história.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  8. Oiee ^^
    Eu gostei muito desse livro, apesar de ter achado Jane um pouco infantil no começo, mas como você disse, dá para acompanhar o amadurecimento da personagem, e esse é um dos pontos fortes do livro.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oie! Amei a capa, estou de olho nesse livro faz tempo!
    Bjs, comenta por favor nessa resenha ajudaria muito:
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2014/05/cidade-da-meia-noite.html

    ResponderExcluir
  10. Sou louca pra ler esse livro e fiquei muito animada quando soube que ia ser lançado aqui. Só não sabia que a protagonista era adulta, imaginava que fosse adolescente. Quanto ao final, entendo que você tenha se decepcionado um pouco, mas como esse é só o primeiro de uma série, imagino que a autora se redima nos próximos, né?
    Enfim, adorei a resenha!

    Bjs!
    Nas Quartas Usamos Rosa

    ResponderExcluir