22 de março de 2014

Resenha #104 Murmúrio - Alyson Nöel

Olá Bibliófilos.!
A série Riley Bloom chegou ao fim para mim. Hoje trago para vocês a resenha do livro Murmúrio, o último volume da série. Esse se tornou um dos meus livros favoritos, pois me surpreendeu, me fazendo até me questionar do por que não o li antes. Um leitura super agradável e cativante.  

Título: Murmúrio
Autor(a): Alyson Nöel
Editora: Intrínseca
N° de páginas: 217
Após uma missão bastante problemática, Riley praticamente implorou ao Conselho que lhe atribuísse uma tarefa mais desafiadora – algo que lhe permitisse provar todo o seu imenso potencial como Apanhadora de Almas. O novo desafio, porém, parece estar muito além de seu alcance- Riley precisa tirar de circulação o fantasma de um gladiador romano. E não se trata de qualquer gladiador, e sim do mais brutal e temido de sua época, tão feroz que era conhecido como ‘Pilar da Destruição’. Mas como ela, uma menina magrela, de apenas doze anos, conseguirá chegar até ele? A resposta está em uma bela moça, que sempre o observa de longe, chamada Messalina. Há séculos vagando nas ruínas da Roma Antiga, ela garante que a única alternativa de Riley é tornar-se parte daquele universo. Para isso, a menina passa por uma transformação radical – mais alta, mais velha, mais bonita, ela se torna a jovem que sempre quis ser, e talvez esteja, enfim, vivendo sua primeira grande história de amor. Com tantos sonhos realizados, será que Riley vai mesmo levar a cabo sua missão e voltar ao encontro de Bodhi e Buttercup, deixando para trás o mundo novo e perfeito do qual passou a fazer parte?

Em Murmúrio, Riley se depara com o maior desafio de toda sua pós-morte. Sua missão, designada pelo Conselho, é persuadir o espirito de Theocoles - um gladiador denominado Pilar da Destruição. E, apesar de muitos outros Apanhadores de Almas terem tentado e falhado, ela terá que realizar essa missão sozinha.

Para cumprir sua missão, Riley concorda em entrar no Mundo de Messaslina - uma garota estonteantemente bonita que ela conhece no Coliseu -, porém, para consegui se aproximar de Theocoles, ela precisa se adaptar a época, e com a ajuda de Messalina, ela acaba se transformando radicalmente. Riley muda seu nome para Aurora e se transforma, fisicamente, em uma adolescente, realizando o seu maior desejo. 

Após a transformação Messalina conduz Riley para um salão de festa onde ela conhece Dacian - um garoto extremamente bonito que se interessa por ela. Riley fica encantada com o garoto, porém não se desvia de sua missão.  Ela tenta de tudo para se aproximar de Theocoles, enquanto Messalina tenta afasta-la. Com o encanto do seu mundo, Messalina tenta fazer com que Riley perca sua personalidade, e se torne Aurora, uma personagem de sua estória.

O quarto livro da série, na minha opinião, foi o melhor, me fazendo desejar muito um quinto, um sexto e talvez um sete volume hehe. O livro me surpreendeu, assim como os personagens. Eu adorei  ver a Riley "crescer" e se tornar uma pessoa mais madura e responsável. O tema abordado no livro é bem interessante e me fez pesquisar um pouco mais sobre o assunto. Adorei o livro e recomendo para todos que desistiram de ler a série, pois vale muito a pena ler, e para todos que não leram e curtem livros de aventuras recheados de lições.

Bom

4 comentários

  1. Oi
    adoro seu blog!
    sempre com ótimas dicas de livro!!
    bjs

    http://mundosecretodalulu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Luciana,
      que bom que você curte o Sou bibliófila,
      fazemos tudo por aqui com muito carinho e esse retorno positivo é muito instigante.

      Excluir
  2. Que capas lindas, nunca tinha ouvido falar nos livros mas gostei da história.

    CONCORRA UM KIT DE SILICON MIX, CRECEPELO, 30% DE DESCONTO NA SILICOMANIA MAX OU UMA SANDÁLIA INDAIÁ: http://bit.ly/1cfg5LF

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As capas realmente são lindas,
      foi a primeira coisa que chamou a atenção nessa série... Mas depois que embarquei na história pude ver que além das capas bonitas a uma boa história.

      Excluir