23 de fevereiro de 2014

Resenha #98 Radiante - Alyson Nöel

Olá pessoal.!
Acabei de ler o primeiro livro da série Riley Bloom da autora Alyson Nöel, e posso dizer que é uma estória bem original sobre a vida pós-morte. Diferente de tudo que já li ou ouvir a respeito.

Titulo: Radiante
Autor(a): Alyson Nöel
Editora: Intrínseca
N° de páginas: 174
Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia. Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley...

 O livro conta a estória de Riley Bloom - quem já leu a série Os Imortais já a conhece -, uma garotinha de 12 anos que perdeu a vida em um trágico acidente de carro, em que somente sua irmã, Eve - uma das protagonistas da série Os Imortais - sobreviveu. Riley se encontra em uma dimensão além da nossa, que ela denomina de Aqui & Agora, pois, aparentemente, não existe um tempo certo para as coisas acontecerem por lá, ou, melhor dizendo, não existe horário à seguir. 

Ela se prepara para conhecer a nova escola - isso mesmo, essa dimensão possui uma escola onde os alunos encontram seu lugar na vida pós-morte -. Riley é designada para persuadir e/ou conduzir as almas que ainda estão presas no plano terrestre a seguir em frente e cruzar a ponte. Seu dever é ser uma Apanhadora de Almas. 

Em sua primeira missão Riley, Buttercup - seu labrador amarelo e medroso - e seu guia Bodhi - um garoto ao qual Riley denominava de Bobão pelo fato de sua aparência de nerd - partem para Inglaterra na missão de desassombrar o Castelo Warmington e convencer o Garoto Radiante a seguir em frente. Mas pelo visto essa missão não será nada fácil, vários apanhadores por séculos tentaram e fracassaram. Riley enfrentará seus maiores medos e junto de  Bodhi e Buttercup aprenderá lições importantes que levará para vida toda, quer dizer, para a morte toda.

Radiante é o primeiro livro da série Riley Bloom, possuindo uma leitura rápida e agradável. A protagonista - Riley - me surpreendeu e se mostrou uma garota mimada e muito infantil para uma garota de sua idade. Embora eu entenda o lado dela, achei que em algumas momentos ela superou  na infantilidade me deixando bastante irritada. 

Bodhi foi o personagem que mais gostei. Seu jeito de durão e ao mesmo tempo de preocupado me conquistou, sua estória me comoveu e eu desejei a todo momento saber mais sobre ele.

Bom, mesmo com a infantilidade de Riley eu gostei do livro e da estória, a principio nem tanto, mais depois que me envolvi com os personagens a leitura se tornou agradável. Recomendo o livro a todos os fãs de aventura e fantasia.

Bom

4 comentários

  1. Oi Dai, nunca tinha ouvido falar neste livro e simplesmente adoro tudo que envolve a temática "pós-morte". Vou comprá-lo agora! Valeu a dica. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. Olá Daiane,

    Leio sempre resenhas positivas desse livro e a sua não foi diferente, mas confesso que ele não faz meu estilo....parabéns pelo blog...seguindo.....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha, esse livro parece ser muito bom ^^
    Vou tentar lembrar dele e tentar ler *--* a cada dia
    que passa a lista de livros cresce omg! kkk
    Bijoka
    confienounicornio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho esse livro a mais de um ano e ainda não li, na verdade as pessoas me aconselharam a ler Os imortais antes, mas quero fazer essa leitura com certeza.

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir