24 de janeiro de 2014

Resenha #91 Um estudo em vermelho - Arthur Conan Doyle

Hoje trago a resenha do primeiro livro que li do cientista/investigador mais convencido e genial de todos os tempos. E felizmente trata-se da primeira obra Arthur Conan Doyle retratando o primeiro encontro entre os grandes amigos Sherlock Holmes e Dr. Watson. Adorei o livro, confiram a resenha.

Titulo: Um estudo em vermelho
Autor(a): Arthur Conan Doyle
Editora: Zahar
N° de páginas: 192
O cadáver de um homem, nenhuma razão para o crime. É a primeira investigação de Sherlock Holmes, que fareja o assassino como um “cão de caça”. Lamentava-se de que “não há mais crimes nem criminosos nos nossos dias”, quando, nesse instante, recebe uma carta a pedir a sua ajuda — o cadáver de um homem foi encontrado numa casa desabitada, mas não há qualquer indício de roubo ou da natureza da morte. Sherlock Holmes não resiste ao apelo, mas sabe que o mérito irá sempre para a Polícia. Um Estudo em Vermelho (1887), de Arthur Conan Doyle (1859- 1930), é a estreia de Holmes. A história foi editada pela primeira vez na revista Beeton’s Christmas Annual e logo fascinou inúmeros leitores, para quem o endereço do detective — 221B Baker Street, Londres — se tornou uma das ruas mais famosas da literatura. As deduções do investigador são narradas pelo seu amigo, o Doutor John Watson, uma espécie de Sancho Pança de Holmes. 

Watson tornou-se médico do exército desde muito cedo, ao ser enviado para o Afeganistão cumpriu com bravura e coragem o dever que lhe foi designado, mas durante a guerra é quase impossível um soldado mesmo sendo médico sair ileso, ferido o Dr. Watson é enviado pelo governo para a Inglaterra visando sua recuperação. Mas Watson não é rico, com suas poucas posses encontra dificuldades em sobreviver na cidade de Portsmouth, até que um amigo antigo lhe fala a respeito de um jovem incomum que está a procura de um companheiro para dividir o aluguel de um apartamento. E ao conhecer Sherlock Holmes, o médico descobre um bom passa tempo para si durante a sua recuperação. Ele decidi estudar esse homem tão incomum, que demonstra ser um gênio incompreendido.

No inicio a convivência entre ambos trata-se apenas de grandes descobertas para Watson, conforme isso vai desenrolando ele percebe que Holmes é bem mais complexo do que ele poderia imaginar, aos poucos Watson se envolve no mundo de mistérios em que Holmes vive e se vê tentando solucionar um crime que nem a própria policia foi capaz. Um homem apareceu misteriosamente morto em uma casa desabitada. Quem o teria matado? O corpo não apresenta marca alguma, nem uma gosta de sangue foi derramada pelo cadáver, como ele poderia ter sido assassinado? O que levou aquele homem a ser morto? Essas e muitas outras indagações serão respondidas quando Holmes finalmente pegar o assassino.

Confesso que sempre quis ler algum livro que falasse sobre o Sherlock Holmes, já assisti dois filmes dele e fiquei encantada com a genialidade do personagem, e apesar das histórias do Holmes serem clássicas jamais havia lido nada dele, tenho que dizer que adorei, Sherlock com todo seu sarcasmo e inteligência me prenderam na trama de uma forma tão profunda que não conseguia largar o livro. Por outro lado também pude perceber que apesar de não querer demonstrar ele também é um homem sozinho e vulnerável, as vezes se portando como uma criança birrenta, outras abrindo largos sorrisos só de ouvir um elogio. Durante esse livro ficou claro o descontentamento do personagem com relação a falta de reconhecimento dos bem feitos, acabei ficando comovida com a situação do rapaz. Já Watson é um amor, me encantou com sua narrativa precisa e detalhada a respeito de Holmes, é notável que o médico já admira imensamente o cientista/investigador. O desfecho foi triste, principalmente porque quando descobrimos quem matou a vítima, somos transportados para anos antes e descobrimos o que motivou o assassinato, não quero parecer má, mas no fim das contas foi merecido. 

Por fim só tenho a dizer que o livro é uma boa pedida para quem gosta de mistérios e detalhes, o livro é curtinho então é uma leitura para não se apegar, e apesar disso se prepare para se envolver emocionalmente e moralmente, um livro pequeno que trás grandes questionamentos. Se você está a procura de um mistério envolvente, então esse é o livro.

Bom
.

20 comentários

  1. Oi Delmara!
    Estou louco pra ler Sherlock tem um bom tempo e esse livro parece ser muito legal, rs!
    Espero pode fazê-lo em breve e gostar tanto quanto você!! :)
    Adorei a resenha!
    Beijos,
    Ká Andrade
    http://teens-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também demorei um pouco para ler algo dele, mas agora que comecei não quero parar por aqui, já adquiri outros volumes e vou resenhá-los aqui em breve.

      Excluir
  2. Parece ser ótimo heim, adorei!

    Beijoos, Ana Carolina
    http://simplesglamour.blogspot.com
    Instagram e Twitter: @simplesglamour

    ResponderExcluir
  3. Nunca li nenhum livro sobre Sherlock Holmes, porém concordo que o personagem cativa ( já vi dois filmes também). Penso que esse livro poderia ser um bom começo sim.

    Thoughts-little-princess.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Os filmes são incríveis né?
      Agora pense que nos livros ele é bem parecido, só que bem melhor hehe

      Excluir
  4. Já tinha ouvido falar do livro, mas nunca cheguei a ler e nem tenho interesse (não gosto muito de livros assim). Mas achei a capa linda.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é uma linda capa... Eu diria até que essa é a mais bonita de todas as edições dele.

      Excluir
  5. Gosto muito dos livros do Sherlock, mas ainda acho que ele não se compara ao Hercule Poirot. Gosto muito mais das celulas cinzentas do detetive belga do que da correria do Holmes. Mas ainda quero ter a minha coleção dos livros dele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço os livros do Hercule,
      mas não achei o livro do Holmes corrido, só uma história dinâmica.

      Excluir
  6. Parece ser um livro muito bom. Gosto muito das aventuras do Sherlock Holmes. Bjus!

    galerafashion.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É muito bom, e além de conhecermos mais uma aventura de Holmes ainda conhecemos o outro lado da moeda e somos presenteados com um estória super bacana.

      Excluir
  7. Nunca li os livros do Sherlock, mas os filmes são ótimos. Os livros devem ser muito mais emocionantes, espero ler um dia. Beijos
    http://estudiodasamigas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também sou apaixonada pelos filmes dele,
      quanto aos livros, gostei bastante desse, pretendo ler outros..

      Excluir
  8. Nunca li nenhum livro que falasse de Sherlock Holmes. Esse parece ser bom!

    Beijos,
    Blog | Youtube

    ResponderExcluir
  9. Oi Del..
    Tenho curiosidade em ler algo que envolva Sherlok Holmes.
    Este eu ainda não conhecia.
    É uma boa para fugir um pouco dos romances, vou anotar.
    Boa dica.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Leticia, mas sem querer
      esse também conta uma história de amor hehe

      Excluir
  10. Oie Delmara =)

    Sou apaixonada pelo mundo de Sherlock. Gosto do ritmo como as histórias dele se desenvolvem e de todo o senso lógico e objetivo da narrativa.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente Ane,
      você citou os pontos autos das narrativas que contam as histórias de Holmes... Esses também são os elementos que mais me chamam a atenção nos livros dele.

      Excluir