Resenha #52 Uma curva a estrada - Nicholas Sparks

sexta-feira, julho 26, 2013

Resenha de mais um livro do Nich, gente não sei se só eu estou achando isso, mas a escrita do Nicholas mudou totalmente nesses últimos livros, antes ele conseguia ser maçante, mas agora a escrita está mais leve e não cansa o leitor, pelo menos eu acho né hehehe. Apesar de que a característica previsibilidade está mais presente que nunca.

Titulo: Uma curva a estrada
Autor (a): Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
N° de páginas: 304
A vida do subxerife Miles Ryan parecia ter chegado ao fim no dia em que sua esposa morreu. Missy tinha sido seu primeiro amor, a namorada de escola que se tornara a companheira de todos os momentos, a mulher sensual que se mostrara uma mãe carinhosa. Uma noite Missy saiu para correr e não voltou. Tinha sido atropelada numa rua perto de casa. As investigações da polícia nada revelaram. Para Miles, esse fato é duplamente doloroso: além de enfrentar o sofrimento de perder a esposa, ele se culpa por não ter descoberto o motorista que a atropelou e fugiu sem prestar socorro. Dois anos depois, ele ainda anseia levar o criminoso à justiça. É quando conhece Sarah Andrews. Professora de seu filho, Jonah, ela se mudou de Baltimore para New Bern na expectativa de refazer sua vida após o divórcio. Sarah logo percebe a tristeza nos olhos do aluno e, em seguida, nos do pai dele. Sarah e Miles começam a se aproximar e, em pouco tempo, estão rindo juntos e apaixonados. Mas nenhum dos dois tem ideia de que um segredo os une e os obrigará a tomar uma decisão difícil, que pode mudar suas vidas para sempre.

Após a morte da sua esposa Missy, Miles perdeu o chão, e além dessa perda enorme ele convive durante dois anos sem ter descoberto o causador da morte da esposa, para ele esse fato extremamente imperdoável já que ele sendo subxerife não foi capaz de descobrir quem destruiu sua vida e a de seu filho. Por esse motivo Miles meio que desenvolveu uma sede de vingança e uma necessidade sem tamanho de descobrir o culpado, dessa forma ele dedicava suas energias para tentar solucionar o caso.

Isso muda quando ele conhece Sarah, professora do seu filho Jonah, ela trás suas próprias marcas de dor, mas se dispõe a ajudar Jonah com as dificuldades que apresenta e que Miles não foi capaz de perceber. Ao se aproximar de Jonah, Sarah se aproxima de Miles, um vê no outro uma possibilidade de recomeço, de quem sabe cicatrizar as feridas do passado. O envolvimento dos personagens se dá de forma gradativa, sem correrias, um romance maduro e bem construído.

Mas como nada na vida é perfeito, Miles não esquece da dívida que tem para com a esposa morta (solucionar sua morte) e essa obsessão pode de alguma forma prejudicar seu envolvimento com Sara, já que um segredo liga profundamente a vida desses dois. Será que o amor realmente supera tudo?? Ou existe um limite para isso?

Gostei do livro, mais um para a lista dos livros do Nich que não me fez chorar. Estou encantada com Jonah, o garotinho é uma fofura só, muito inteligente e sensível, a relação dele com Sarah foi algo muito lindo de se ler, foi surgindo aos poucos e acabou virando um sentimento forte e recíproco. Mas tenho que falar que em alguns momentos o Miles com toda a sua irracionalidade conquistou a minha antipatia, eu tentei relevar alguns pontos pela dor a qual ele foi submetido, mas sinceramente não deu, esse personagem sabia ser insuportável principalmente quando algo dizia respeito a morte de Missy, por diversas vezes ele foi grosso e irracional se achando o dono da verdade e não ouvindo ninguém mais além da sua raiva e desespero (não suporto irracionalidade), nesses momentos ele não se importava com ninguém que estava ao seu redor nem mesmo o coitado do Jonah, pensei que eu o odiaria pra sempre, mas nas últimas páginas ele conseguiu se redimir.
"Esta é acima de tudo uma história de amor, e como tantas outras histórias de amor, a de Myles Ryan e Sarah Andrews começa com uma tragédia. Ao mesmo tempo, é também uma história de perdão. Ao terminar de lê-la, espero que você entenda os desafios que Miles e Sarah tiveram de enfrentar.Espero que compreendam as decisões que eles tomaram, tanto as boas quanto as ruins, assim como espero que um dia entendam as minhas".
O livro é escrito na primeira pessoa, os capítulos são alternados entre Sarah, Miles e o causador do acidente que narra o acontecido naquela noite fatídica. O livro trás lições de vida, tem uma moral da estória e no fim gostei bastante da mensagem passada, o fato do Miles ser insuportável algumas vezes só prova que ele é humano e passível de erros, ele é um bom homem que sofreu uma grande dor e tenta superá-la, embora ainda guarde alguns fantasmas no armário. Recomendo a leitura, mas digo por experiência própria que ela não trás grandes surpresas, apesar do autor ter tentado fazer suspense, nas primeiras páginas já imaginava como seria o desfecho, e como disse anteriormente, não houve grandes surpresas. Mas a leitura vale a pena.

Muito bom

Confira Também

14 comentários

  1. Eba, bom saber que a escrita do NS está mudando, quem sabe eu não dê uma nova chance a ele?! Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  2. Nossa, que resenha! Adorei os pontos que você ressaltou. Bom, só não o leria agora por que estou um pouco saturado do tio Nicholas! haha

    Abraços,
    Igor Gouveia.
    http://www.diariodebordodeumleitor.com/
    (Espero seu comentário lá.)

    ResponderExcluir
  3. A escrita dele esta mudando?!
    Cara, preciso pegar os últimos livros rrsrs
    o ultimo que eu li foi a primeira vista, e eu nao achei a mesma coisa de sempre. Meu próximo é uma curva na estrada, espero sentir essa mudança - para muito melhor - dele *-*

    Beeijinho. Dreeh
    Livros e tudo o que há de bom

    ResponderExcluir
  4. Oie, tudo bem?
    Confesso que adoro as histórias do Nicholas, mesmo sendo previsíveis. Bom saber que a escrita dele está mudando, porque nós como leitores gostamos de ser surpreendidos. hehe

    Beijos
    http://osnarnianos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Sou completamente apaixonada pelo Nicholas, acho ele incrível. Adorei saber sobre esse livro, nunca li, mas me interessei bastante.

    Beijinhos, Lari do bylarissamocellin.blogspot.com.br <3

    ResponderExcluir
  6. Você acredita em extraterrestres? Pois é bom acreditar: eu sou um! Quero, quem mais nesse planeta nunca leu Nicholas Sparks?kkkk
    Mas acho que agora é a hora certa para começar a lê-lo. Percebe-se que ele tem inovado bastante em seus últimos livros, investindo até mesmo no mistério.
    A resenha ficou ótima, esse parece ser um grande livro!

    Abraços!

    http://pecasdeoito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Interessante, sua resenha prendeu bastante a minha atenção, deu vonta de ler esse livro.
    Amooo livros, mas desde que comecei a faculdade não consigo mais ler o tanto que lia antes :( Geralmente só leio nas férias.
    Beijão

    Sandra Schiavolin
    unhasdasbenhes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Gostei da sua resenha.
    Até hoje só li um livro deste autor, mas pretendo ler mais.
    Beijos

    cocacolaecupcake.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Delmara!
    Que bom saber que gostou do livro! Eu ainda pretendo ler ele um dia, e empolgou saber que a escrita de Nicholas está mais leve.
    Sem contar que teve ser mais uma história linda.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Não consigo gostar de Nicholas Sparks. Apenas li um livro dele que foi A Ultima Musica. Mas não pretendo ler outro. Apesar de ter gostado muito do livro. Mas a sua resenha ficou muito boa.
    BJokas

    http://livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Adorei a resenha, to querendo comprar ele...

    unhasnatalenses.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Delmara,

    Eu li esse livro também, em vários momentos eu achei que era a Sarah a culpada pelo atropelamento da Missy, e acredito que esse é o primeiro "homem" de Nicholas que não tenho a impressão de ser um "Super Herói", ele tem várias falhas, eu gostei também do livro e adorei sua resenha!

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi Delmara! Esse foi o primeiro livro do Nicholas que eu li e gostei muito! Não sei se realmente vou achar a narrativa dele diferente nos outros livros, mas já que você disse... Adorei a resenha e já estou te seguindo, se puder retribuir : http://letrasdepijamas.blogspot.com.br/, adoraria!
    Abraços,
    Gabriel

    ResponderExcluir

  14. Oi adorei.. muito obrigado, amei a maneira que vc usou para descrever essa resenha...me fez se interessar pelo livro....mas vc já leu o livro reverso escrito pelo autor Darlei... se trata de um livro arrebatador...ele coloca em cheque os maiores dogmas religiosos de todos os tempos.....e ainda inverte de forma brutal as teorias cientificas usando dilemas fantásticos; Além de revelar verdades sobre Jesus jamais mencionados na história.....acesse o link da livraria cultura e digite reverso...a capa do livro é linda
    www.livrariacultura.com.br/scripts/resenha/resenha.asp?

    ResponderExcluir