Resenha #36 Adormecer do Fogo - Ben Green

sábado, junho 01, 2013

Hoje trago a resenha de mais um livro singular, ultimamente tenho lido estilos variados de livros, que estão repletos de situações incomuns, ou seja, nada de clichês, apenas novidades que me chocam e/ou surpreendem. Este livro é do autor parceiro do blog Ben Green. Espero que curtam a resenha.

Titulo: Adormecer do Fogo
Autor: Ben Green
Editora: Dracaena
N° de páginas:  285
Haverá um tempo em que os povos verão os dragões como deuses e as criaturas da floresta como demônios. As guerras se espalharão como pragas. Amigos e irmãos irão se reconhecer somente como inimigos. O mundo se dividirá entre aqueles que creem e os que desprezam as criaturas aladas. Adormecer do Fogo é o primeiro livro da saga do Império a Ferro e Fogo. Tem o início nas montanhas devastadas pelo frio congelante. Quando mulheres são obrigadas a ceder seus corpos à libido de homens brutais. Filhos não conhecem seus pais. Crianças são mutiladas. E o amor, inexistente. Quando a chama sagrada se apaga, só o que lhes resta é atirar-se ao desconhecido e encontrar a salvação. Sabendo que tudo dependerá somente de sua interpretação dos escritos antigos, Ri-zir, a escriba da tribo, se vê na difícil tarefa de guiar um grupo de caçadores em busca de uma nova chama. Através de seu olhar, a história se desenrola ao redor e no interior das personagens. Enfrentando perigosas aventuras e situações impossíveis, passam a questionar o sucesso da missão. E mais ainda, sua própria sociedade bárbara. Rodeados pelo medo da extinção, alguns colocam em cheque os antigos costumes. Será aquela, a melhor forma de se viver? As mulheres devem mesmo ser tratadas assim? Estariam certos ao negarem a si próprios a existência do amor? Quais serão os dois irmãos que darão origem aos dois grandes impérios que se enfrentarão em sangrenta guerra através das décadas? A única certeza é que precisarão manter suas forças diante dos perigos e espantar de vez a sombra mortal.

Quando comecei a ler esse livro nem sequer imaginava todas as emoções que ele despertaria em mim, é um livro diferente pela época em que se passa (era primitiva), mas em nenhum momento tive dificuldade em visualizar as imagens em minha mente, pelo contrário a escrita do autor é clara o que permite que entendamos bem o enredo apesar da sua complexidade.

O livro conta a estória da tribo Gha-laad, os únicos que detinham o fogo (denominado Ghaad), a chama sagrada era protegida por uma líder a Ma-Ghaad. A tribo possuía caçadores que eram irmãos e filhos de Ma-Ghaad, os caçadores Sa-Tûr (Conhecedor da terra), Me-Nec (Trabalhador da pedra), Me-Feu (Trabalhador da música) e Me-Deu (Trabalhador das perguntas), eram os responsáveis pela caça e proteção da tribo, seus nomes me pareceram estranhos inicialmente, mas conforme a leitura foi se desenrolando ficou fácil memorizar, já que cada nome diz muito da personalidade e talentos de cada um.

Os Gha-laad viviam em tendas durante o verão, mas quando o inverno chegava eles se dirigiam a Caverna do Frio e lá se abrigavam e se aqueciam com o auxilio da chama sagrada. Em uma dessas migrações os Gha-laad foram atacados pelas Aixians (monstros gigantes e perversos que destruíam e matavam tudo e todos que cruzavam seu caminho). Durante o ataque os monstros mataram vários homens e mulheres  e apagaram a chama pertencente à tribo.

Após o ataque eles seguem seu caminho e chegam a caverna apreensivos e certos da morte iminente que os rondam, afinal não há como sobreviver ao inverno rigoroso da região sem a chama sagrada. Então os valentes caçadores decidem partir em uma missão de vida ou morte em busca de um novo fogo sagrado. 

O grupo que parte em busca da chama é composto pelos quatro caçadores, Sa-Tûr, meu preferido, já que ele é o mais inteligente do grupo, observador e ávido por aprender, é temido e rejeitado por todos. Me-nec, que assume a posição de líder do grupo, em alguns momentos se torna omisso (isso me incomodou um pouco). Me-feu, mais velho que Me-nec, porém um pouco mais imaturo, tem grande talento para a música. E Med-deu, o caçador que mais me irritou, nele há todas as características de um ser primitivo, ele era impulsivo, nunca parava pra pensar, se dizia corajoso, mas no momento que ele precisou demonstrar coragem, simplesmente abaixou a cabeça e fugiu (é eu fiquei com muita raiva dele).

Para ajudar  os caçadores nessa jornada foi enviada uma Ri-zir (guardiã dos escritos antigos) responsável por guiá-los até o fogo sagrado, duas Ma-Mar (membros femininas do séquito real e guardiãs da Ri-Zir) e quatro Ma-Fi (que emprestavam a força do seu útero para os caçadores).

Eis aqui um ponto que me incomodou, as mulheres (as Ma-Fi), eram partilhadas entre os caçadores (exceto Sa-tûr que não era bem visto pelas Ma-fi e ele se recusava a obrigá-las), não havia respeito ou qualquer sentimento no ato era simplesmente para satisfazer ao homens (O fato disso se passar com homens primitivos que tinham crenças completamente distorcidas não diminuiu minha revolta). 

Durante a jornada muita coisa acontece, o grupo se depara constantemente com o perigo, o risco de morte é iminente e ninguém sabe se essa chama realmente exite, e se existe quem garante que eles a encontraram? E se encontrarem será que encontraram a tempo de salvar a vida dos que ficaram na caverna? Situações inusitadas são apresentadas a esses caçadores e a essas mulheres. Sentimentos surgem, Ri-zir tem que lidar com um sentimento que começa a nutrir por Sa-tûr, o guerreiro mais temido (confesso que amei isso).

O livro é muito bom, apesar do detalhe que mencionei a cima, acompanhamos o crescimento e o aprendizado dos personagens e tenho que dizer, que eles amadurecem bastante, os caçadores ficam quase civilizados. 

O livro é escrito na primeira pessoa cada capitulo contado por um personagem diferente, a capa e a lombada são lindas e tem muito a ver com o livro. A resenha ficou bem grandinha e olha que tem tanta coisa ainda por vir. O livro está repleto de aventura, ação, romance, com um enredo bem elaborado, nos leva por um mundo com aspectos culturais bem evidentes. A leitura é rápida e surpreendente, mas requer muita atenção já que a estória apresenta muitos detalhes e pouco dialogo. Confesso que estou desesperada pela continuação já que o final deixou um leque de possibilidades para a continuação. 

Recomendo para quem gosta de aventura, ação e está disposto a voltar para o tempo em que o homem sequer sabia como criar o fogo.

Muito bom

Confira Também

23 comentários

  1. Nunca tinha ouvido ou lido nada a respeito desse livro, mas agora com a sua resenha fiquei bem curiosa, até inclui na minha lista de leituras.

    Tem tag para você responder lá no meu blog. Dá uma passadinha lá. Beijos, Rê.

    leituradeumageek.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Só pela capa já me chamou atenção!
    Vou procurar pra ler!
    Beijos

    Blog DresRouge

    Seguindo

    ResponderExcluir
  3. Oiee..

    Eu também sou assim, estou lendo todo tipo de livro, é claro tenho os meus queridinhos e preferidos genêros. Mas abro minha mente para novas leituras..rs

    Nossa juro que vendo sua resenha, imaginei o Apocalipse da Bíblia. É praticamente igual.
    Deve ser muito bom.

    Mais uma dica valiosa. Parabéns!

    Beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ei Del, tudo bem?

    O livro me lembrou um pouco Guerra dos Tronos. Claro que não exatamente. Mas acho que essa ideia de criaturas da floresta, inverno chegando... me lembrou um pouco =P. O livro parece ser bem interessante, mas não sei se eu o leria.Mas valeu a dica. A capa é linda!!!

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A história parece bem cativante, adorei sua resenha, mas estou dando uma fugidinha desse estilo de leitura e me entregando mais aos dramas românticos... É o amor, haha.

    Beijos,
    http://www.segredosentreamigas.com/

    ResponderExcluir
  6. Haha, hoje em dia ainda existem mulheres "partilhadas". Te confesso que não me interessei muito rsrsrs. Mas a resenha foi boa, deu uma noção bem clara do livro... Parabéns!
    Obrigada pela visita!

    www.inadequada.com.br

    ResponderExcluir
  7. O autor teve uma ideia inovadora, pois nunca li nenhum livro que se passe na era primitiva e acho que mesmo se passando nessa época se eu estive-se lendo o fato de as mulheres serem partilhadas entre os caçadores também me incomodaria O.o

    beijos da Mari
    http://amostradelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amei o blog *-*
    Adoro ler!!!


    http://isabellalessa.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá, boa tarde ^-^
    Bem interessante esse livro; nunca li nada sobre o homem pré histórico. Tem alguns filmes sobre o assunto, mas livro me parece algo bem inovador *-*
    Entendo seu ponto de vista sobre as mulheres serem "exploradas"; assisti um filme sobre pré história uma vez e tinha isso, odiei aquilo!

    Parabéns pela resenha. Fiquei curiosa para ler esse livro :)
    Beijinhos e boas leituras.
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. A resenha está maravilhosa e o livro parece ser perfeito *o* oh Deus tenho tantos livros para ler e esse vai para minha listinha rsrs


    http://forever-teens-89.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Acho fantásticas as publicações da Dracaena, mesmo não gostando muito de fantasia e coisas do gênero, é impossível não admirar o trabalho da editora.

    Vanessa - Blog do Balaio
    http://balaiodelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Nossa, pela sua resenha o livro deve ser mais que bom! kkkk
    Apesar do contraponto, eu leria com absoluta certeza.
    Adoro esse tipo de livro, me prende do início ao fim.
    Curiosa demais agora.
    Beijão, bom final de semana :)
    http://clicandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá Delmara, tudo bem?
    Tem nova coluna no blog, e você foi escolhida para fazer
    parte do desafio!
    Segue o link: http://umpapoentrepaginas.blogspot.com.br/2013/06/desafio-literario-1.html

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, o livro parece
    ser muito bom, beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Gostei muito da resenha. Parece que tem um muitas aventuras. Bjus!

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Nossa a história pareceu bem interessante e foge realmente do clichê.
    Livro de aventura é tudo de bom mesmo e o enredo deste pareceu ser demais,vou procurar pra ler *-*

    Acabei de conhecer o blog e amei tudo por aqui, já estou seguindo <3

    x o x o Gabi :*
    http://perigosas-garotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Gosto de livro emocionantes. E esse parece transmitir isso bem, pela sua descrição. Vou seguir a sua recomendação e ler esse livro quando der para ir em uma livraria próxima. Obrigada por comentar no CF (Cafofo Feminino), volte sempre que será bem vinda. Beijos, Luiza!
    Cafofofemininoblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Eu nunca li nenhum livro dessa editora mas pelas sinopses e resenhas percebo que ela sempre lança livros com histórias super diferentes! E as capas são lindas. Esse livro parece ser muito bom, gostei da resenha!

    Beijos, Bianca
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Fiquei morrendo de curiosidade de ler agora. Nuss, vou já procurar pra ver se acho em algum lugar esse livro!

    sempre-divando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Gostei de mais da resenha, queria muito ler o livro parece ser interessante *u*
    -
    Flor, meu blog disponibilizou um layout free, poderia ver? http://chuvas-de-inverno.blogspot.com.br/2013/06/layout-free-1-atualizado.html

    ResponderExcluir
  21. Eu gosto muito quando o livro é narrado em primeira pessoa mas na visão de mais de um personagem sabe.

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  22. Muito legal sua resenha mas achei que tem muitos personagens não sei se eu conseguiria gostar do livro .

    Beijos

    Andressa
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Curti muito seu blog.Nunca vi esse livro,até porque leitura não faz parte do meu hobby,gosto mais de quadrinhos e mangás.Mas a sua resenha ficou show!
    obrigada pela visita no meu blog:)
    summerscomicsworld.blogspot.com.br

    ResponderExcluir