Fatos sobre o leitor

maio 01, 2013
Oi, bibliófilos.!

Trouxe para vocês hoje alguns fatos sobre a vida de um leitor, onde eu própria comentei com minhas experiências. Espero que vocês se identifiquem com o post que foi feito com muito carinho pra vocês.
1 - Você cuida dos seus livros como se eles fossem seus filhos.

Todo mundo fala que amor de mãe é incondicional, eu não tenho filhos, pelo menos não de carne e osso. Mas tenho muitos filhos de papel e cuido deles com afinco e dedicação, eles sempre estão limpinhos e arrumadinhos e não confio em quase ninguém para ficar com eles. SOU mãe coruja com orgulho e morro de felicidade quando alguém elogia meus pequenos.

2 - Nada te deixa mais feliz do que um amigo lendo um livro recomendado por você.

Ah! E como isso me deixa feliz, principalmente quando ele compra o livro que eu recomendei ao invés de me pedir emprestado. Todo leitor gosta de despertar a vontade de ler no próximo.

3 - Você se esforça ao máximo para terminar todos os livros que começa a ler, mesmo aqueles muito ruins.

É fato que não é porque eu gosto de ler, que eu sou obrigada a gostar de todos os livros e autores. Mas por outro lado quando inicio uma leitura, mesmo que o livro seja cansativo com um enredo ruim eu tenho que terminá-lo. Atualmente abandonei dois livros, mas todos os dias olho pra eles e digo "Ainda vou te terminar" rsrs

4 - É um grande motivo de orgulho quando você termina de ler um livro em menos de 24 horas.

Fico me sentido como uma leitora exemplar, quer ver eu ficar com vergonha é dizer que demorei mais de uma semana pra terminar um livro. Só que devido a algumas responsabilidades inadiáveis sou obrigada a prolongar algumas leituras.

5 - Você queima de raiva quando diz para alguém que está lendo ou leu tal livro e a pessoa responde: “eu vi o filme”.

Gente, todo leitor sabe que o livro sempre (ou 99% das vezes, salvo alguns casos raríssimos) o livro é melhor que o filme, então quando eu falo que estou lendo o livro, e alguém me diz que assistiu o filme eu simplesmente penso, " Vou encerrar a conversa porque essa pessoa não vai entender quase nada do que estou lendo".

6 - O melhor conselho que você já recebeu foi: “não existe isso de ‘ ter livros demais’”.

Já me disseram, confesso que uma pessoa apenas. Já que a maioria insiste em dizer "pra que tanto livro?? Isso é só papel. (Estou rodeada de ignorantes)

7 - Você não consegue se segurar e, sempre que entra numa livraria, precisa sair com pelo menos um livro.

É estou vivendo dias difíceis, desempregada, pagando faculdade e construindo minha casa (são tantos gastos que chega dar dó), mas ainda assim a minha compulsão é tanta que tenho que comprar algo, nem que seja uma edição de bolso que é mais baratinha.

8 - Quando alguém te pergunta qual seu livro favorito, você se sente como aquelas mães explicando que não existe isso de filho preferido.

Olha, tenho um livro favorito para cada momento da minha vida. E cada livro favorito, é de uma maneira especial, não tem como comparar, cada um me fez sentir de uma forma diferente, um me fez rir sozinha, o outro me emocionou grandemente, o outro me deixou sem fôlego, o outro me fez sonhar, refletir... E ai infinitamente rsrs

9 - Se você fica muito tempo sem ler um bom livro, tem a impressão de não estar fazendo nada de útil de sua vida.

Só aconteceu uma vez e eu fiquei com a sensação de que estava traindo meus amigos, ao abandoná-los. Retomei a leitura e isso nunca mais se repetiu e espero que não se repita.

10 - Algumas pessoas tem bolsas e sapatos favoritos, você tem um marcador de livro de estimação.

O meu favorito é do Smiliguido, o primeiro que comprei e eu o uso em quase todos os livros que leio, atualmente estou diversificando, já que ganhei uns novos e não quero deixá-los abandonados na gaveta. Então estou fazendo um rodizio.

11 - Alguém já te falou que você é meio desconectado da realidade porque lê demais, mas você não está nem aí.

Já houvi isso diversas vezes, "Volta pra terra Delmara", "Sai dos livros e volta pra vida real", o que essas pessoas não sabem é que os livros fazem parte da minha vida real, e que os livros aguçam minha mente mais do que qualquer conversa que eu poderia ter com pessoas de mente desconexas.

12 - Você sabe do que estou falando quando digo: “aquela sensação de virar a última página de um livro muito bom".

É a pior e a melhor sensação que um leitor pode sentir, a pior porque acabou, o que é bom deveria ser infinito não deveria acabar jamais. E a melhor porque, gente, ler um livro muito bom é simplesmente incrível, vem aquela euforia e a vontade descontrolada de ler tudo de novo.

13 - Você fica pensando que leu muito menos do que poderia quando criança.

Penso nisso quase sempre, e culpo meus pais que nunca se importaram em aguçar minha vontade de ler na infância, em contrapartida esse é um dos meu infinitos projetos pra quando tiver meus filhos, vou aguçar o amor pela leitura a partir do momento em que descobrir que estou grávida (rsrs vou mesmo, não é exagero).

14 - Parte o seu coração ter que devolver um livro querido para a biblioteca.

Se eu pudesse ter todos os livros do mundo eu os teria, mas como isso é impossível, sigo o meu dilema tendo que devolver os livros que não me pertencem, por mais que me doa. Mas não tem problema o importante é ler.

15 - Você já caiu na rua algumas porque lia enquanto andava, mas nem por isso desistiu da prática.

Gente, nem tive vergonha ao cair, fiquei preocupada com meu livro. Me desesperei, fiquei com medo de ter sujado, rasgado ou causado outro dano qualquer. Mas enfim, tropeçar na calçada é uma consequência para quem anda lendo na rua. Ah! E quase fui atropelada também rsrs

É isso, o post ficou um pouquinho grande, mas espero que não tenha ficado cansativo.

10 comentários:

  1. Nossa concordo demais com isso, meus livros também são meus filhos, quando empresto um e volta de um jeitinho diferente sinto uma dor no coração ;x

    Beijos
    Pepper Lipstick

    ResponderExcluir
  2. Oiie, adorei esse post, muito bom conhecer sua opinião que chegam a ser iguais as minhas em alguns pontos.
    Sou muito coruja com meus livros, detesto que me peçam emprestado porque a maioria nunca volta !!
    Meus pais sempre me incentivaram mas agora com muitos livros e sem lugar para guardar eles sempre me perguntam: pra que tanto livro ?? O máximo que faço é trocar rs
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis - http://florderaissalis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post. Você falou tudo o nós leitores sentimos. Por mais ruim que seja um livro eu termino, mesmo que seja para dizer que eu terminei hehehe. Olhe e o virar da ultima pagina de um livro querido é como se estivéssemos perdendo alguma coisa na nossa vida. Quando eu vejo que o livro é muito bom, eu vou lendo bem devagarzinho para não terminar logo.

    http://blogprefacio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hey Hey

    Incrível como nós leitores nos identificamos de uma forma
    que as coisas que acontecem com um sempre acontecem com os outros!
    hahaha

    Livros nunca são demais! Esse é o nosso lema.
    Marcador de estimação! Rindo aqui olhando por meu BB que não deixo nem minha mãe tocar,... hahaha

    Adorei o post! Criativíssimo! Amei
    Lucas Farias
    Apanhador de Livros*

    ResponderExcluir
  5. Adoreeeeeeei esse post, concordei com todos os fatos, eu sempre dizia que não tinha um livro preferido, sempre gostava de vários, ou de uma série inteira. Só no ano passado que eu descobri qual é o meu livro preferido. Que é Belo Desastre. hahahaha Lá li inúmeras vezes e sempre que me dá saudade, ou que eu estou triste, abro o livro e leio algum trecho que eu marquei e fico feliz novamente \o/ hahahaha
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Delmara!
    O seu post ficou maravilhoso! Me vi em muitas questões das quais você se posicionou, é tudo verdade - haha. E por mais ruim que seja o livro eu encaro até o fim, tenho pena de deixá-lo isolado! Eu termino e fecho com o maior prazer, haha, assim eu posso escrever uma boa resenha e avaliar o livro como um todo.

    Um beijo, http://umleitoramais.blogspot.com.br/.

    ResponderExcluir
  7. Hahaha que demaisssss!
    ADOREI o post e concordo com todos os itens!

    miragem-real.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Bom dia Delmara :D
    Amei o post *--* É exatamente o que todo leitor faz, o que só nós sabemos xD
    Tenho muito orgulho de meus babies (meu amados livros ^^); e quando vejo alguém lendo um dos livros que eu tenha lido?! Ai é só alegria :D Especialmente se eu tiver indicado a leitura a pessoa *---*
    Acho que a única coisa que não fiz (ainda) foi cair na rua enquanto leio; quando leio na rua eu geralmente fico parada, ai não caio. Tenho medo de andar, tropeçar, cair e danificar meu amado livrinho xD
    Beijinhos e parabéns pelo lindo post.
    Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. MUito boa lista, eu só não leio andando, sou desastrada demais já hahaha
    Sim, nossos livros são como filhos.

    http://iasmincruz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ei Del, tudo bem???

    nossa, eu simplesmente AMO quando algum amigo começa a ler um livro por indicação minha ou porque me viu lendo e ficou curioso, sabe? As vezes eu nem preciso fazer propaganda do livro, mas eles me veem com o livro na mão e se animam, sabe? Ainda não cai na rua lendo não, porém sempre fico me "lamentando" achando que quando eu era menor eu poderia ter lido mais =P

    beijos
    Kel
    porumaboaleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir