31 de janeiro de 2013

Resenha #05 Um dia - David Nicholls

Este livro me apresentou uma leitura bem diferente, nada extraordinário mas que vale a pena ser lido. O autor retrata uma estória completamente voltada para a realidade, esta não é uma estória cheia de floreios e felizes para sempre, é mais como um dia na vida real, com situações reais. Super indico pra quem curte livro do gênero.

Titulo: Um dia
Autor (a): David Nicholls
Editora: Intrínseca
N° de páginas: 416
Dexter Mayhew e Emma Morley se conheceram em 1988. Ambos sabem que no dia seguinte, após a formatura na universidade, deverão trilhar caminhos diferentes. Mas, depois de apenas um dia juntos, não conseguem parar de pensar um no outro. Os anos se passam e Dex e Em levam vidas isoladas - vidas muito diferentes daquelas que eles sonhavam ter. Porém, incapazes de esquecer o sentimento muito especial que os arrebatou naquela primeira noite, surge uma extraordinária relação entre os dois. Ao longo dos vinte anos seguintes, flashes do relacionamento deles são narrados, um por ano, todos no mesmo dia: 15 de julho. Dexter e Emma enfrentam disputas e brigas, esperanças e oportunidades perdidas, risos e lágrimas. E, conforme o verdadeiro significado desse dia crucial é desvendado, eles precisam acertar contas com a essência do amor e da própria vida.

21 de janeiro de 2013

Resenha #04 Pássaros Feridos - Colleen McCullough

Hoje trago para vocês a resenha do primeiro livro clássico que li. Confesso que tinha um pé atrás com esse gênero, mas a leitura foi agradável e eu pretendo continuar lendo livros do gênero.

Titulo: Pássaros Feridos
Autor: Colleen McCullough
Editora: Bertrand Brasil
N° de páginas: 546
Pássaros Feridos é a saga vigorosa e romântica de uma família singular, os Clearys. Começa no princípio do século XX, quando Paddy Cleary leva a mulher, Fiona e os sete filhos do casal para Drogheda, vasta fazenda de criação de carneiros, propriedade da irmã mais velha, viúva autoritária e sem filhos; e termina mais de meio século depois, quando a única sobrevivente da terceira geração, a brilhante actriz Justine O' Neill, muitos meridianos longe das suas raízes, começa a viver o seu grande amor. Personagens maravilhosas povoam este livro: o forte e delicado Paddy, que esconde uma recordação muito íntima; a zelosa Fiona, que se recusa a dar amor porque este, um dia, a traiu; o violento e atormentado Frank e os outros filhos do casal Cleary, que trabalham de sol a sol e dedicam a Drogheda a energia e devoção que a maioria dos homens destina às mulheres; Meggie, Ralph e os filhos de Meggie, Justine e Dane. E a própria terra: nua, inflexível nas suas florações, presa de ciclos gigantescos de secas e cheias, rica quando a natureza é generosa, imprevisível como nenhum outro sítio na terra. 

20 de janeiro de 2013

Resenha #03 Retalhos - Graig Thomson

Este livro é diferente de todos que eu já li, trata-se de uma graphic novel que resolvi ler depois que meus irmãos caçulas recomendaram.

Titulo: Retalhos
Autor: Graig Thomson
Editora: Companhia das Letras
N° de páginas: 592
Retalhos é um relato autobiográfico da vida no Meio Oeste americano. Thompson retrata sua própria história, da infância até o início da vida adulta, numa cidadezinha de Wisconsin, no centro dos Estados Unidos, que parece estar sempre coberta pela neve. Seu crescimento é marcado pelo temor a Deus — transmitido por sua família, seu colégio, seu pastor e as trágicas passagens bíblicas que lê —, que se interpõe contra seus desejos, como o de se expressar pelo desenho. Ao mesmo tempo Thompson descreve a relação com o irmão mais novo, com quem ele dividiu a cama durante toda a infância. Conforme amadurecem, os irmãos se distanciam, episódio narrado com rara sensibilidade pelo autor. Com a adolescência, seus desejos se expandem e acabam tomando forma em Raina — uma garota vivaz, de alma poética e impulsiva, quase o oposto total de Thompson — com quem começa a relação que mudará a visão que ele tem da família, de Deus, do futuro e, enfim, do próprio amor. Retalhos traz as dores e as paixões dos melhores romances de formação — mas dentro de uma linguagem gráfica própria e extremamente original.

10 de janeiro de 2013

Resenha #02 Tormenta - Lauren Kate

Aqui estou eu trazendo a resenha do segundo livro da série fallen. Li esse livro a algum tempo, quando ainda não tinha o blog. Resolvi fazer a resenha por que acho que esse livro merece. Espero que gostem. 

Titulo: Tormenta
Autor: Lauren Kate
Editora: Galera record
N° de páginas: 392
Quantas vidas você precisa viver antes de encontrar alguém que valha a pena morrer?
Como consequência do que aconteceu na Sword & Cross, Luce foi escondida por seu namorado que é um anjo amaldiçoado, Daniel, em uma nova escola repleta de Nefilim, descendentes de anjos caídos e seres humanos. Daniel prometeu que ela estará segura aqui, protegida daqueles que querem matá-la. Na escola a Luce descobre o que as Sombras que a seguiram durante toda a sua vida significam – e como manipulá-las para ver dentro de suas outras vidas. Ainda assim, quanto mais a Luce aprende sobre si mesma, mais ela percebe que o passado é sua única chave para desbloquear seu futuro… e que Daniel não lhe disse tudo. E se a versão dele do passado não é bem como as coisas realmente aconteceram… e se a Luce era para estar realmente com outra pessoa?

2 de janeiro de 2013

Resenha #01 Fallen - Lauren Kate

Hoje trago pra vocês a resenha de fallen. Sei que já tem um bom tempo que esse livro saiu, mas como meu blog é recente resolvi fazer a resenha mesmo sabendo que quase todo mundo já leu. Ah! esta resenha contém spoilers, portando caso não tenham lido ainda e não queiram saber como as coisas se desenrolam não recomendo a leitura, caso contrário, sinta-se a vontade. 

Titulo: Fallen
Autor: Lauren Kate
Editora: Galera record
N° de páginas: 401

Há algo estranhamente familiar em Daniel Grigori. Misterioso, ele captura a atenção de Luce Price desde o momento que ela o vê em seu primeiro dia no internato Sword & Cross, em Savannah, Georgia. Ele é o único brilho em um lugar onde celulares são proibidos, os outros alunos são toscos e câmeras de seguranças acompanham todos os movimentos. Mesmo que Daniel não queira nada com Luce, e faz com que isso fique bem claro, ela não consegue deixar pra lá. Atraída por ele como uma mariposa é atraída por uma chama, ela tem que descobrir o que Daniel está tão desesperado pra esconder, mesmo que isso possa matá-la.